ANÁLISE: Corsair Hydro Series H100i

ANÁLISE: Corsair Hydro Series H100i

No final de 2012, a Corsair lançou no mercado o water cooler Hydro Series H100i, uma versão melhorada do modelo H100. Além da diferença visual, o block (base que fica sobre o processador e é responsÁvel por dissipar o calor do CPU) sofreu alterações e as mangueiras possuem melhor qualidade e são mais flexíveis, mesmo com maior "calibre". Os FANs ganharam atualização para um novo modelo com melhor desempenho (e visualmente mais bonitos). Com isso, a empresa promete temperaturas de até 5 graus inferior.

A tecnologia "Corsair Link" se tornou mais simples, bastando a conexão de um cabo USB entre o block e a placa-mãe. Falando em block, o mesmo foi redesenhado ficando maior e mais eficiente, além de ser mais fÁcil de se fixar com sistema magnético.

Nos EUA, o preço do H100i é o mesmo do H100 quando lançado: US$ 119,99. Por aqui ele custa na casa de R$ 400,00. O valor é, em média, R$ 100,00 a mais que o H100. Provavelmente, até acabar o estoque do modelo antigo.


{break::Especificações e tecnologias}Abaixo, você confere os principais detalhes técnicos e tecnologias exclusivas do cooler.

Especificações gerais:
Garantia: Cinco anos
Material: Cobre
Especificações do Fan: 120mm (x2)
Sockets Suportados: AMD AM2, AMD AM3, AMD FM1, AMD FM2, Intel LGA 1150, Intel LGA 1155, Intel LGA 1156, Intel LGA 1366, Intel LGA 2011
Material do Radiador: Alumínio
Mangueira: Diâmetro largo, baixa permeabilidade
Dimensões do radiador: 120mm x 275mm x 27mm
Dimensões do ventilador: 120 mm x 120 mm x 25 mm
Velocidade do ventilador: 2700 RPM
Fluxo de ar do ventilador: 77 CFM
dBAs do ventilador: 37,68 dBA
Pressão estÁtica do ventilador: 4mm/H20

Tecnologias
Abaixo as tecnologias destacadas pela Corsair presentes no projeto do H100i:

Refrigeração de CPU com desempenho extremo

O gabinete do seu PC suporta um radiador de montagem superior de 240 mm? Leve a refrigeração da CPU para um novo nível. O H100i começa com o design avançado do Hydro série H80i e acrescenta um radiador de largura dupla para um desempenho ainda melhor.

- Continua após a publicidade -

Monitoramento e controle Corsair Link

Monitore a temperatura e controle a iluminação e a velocidade do ventilador de sua tela. Nenhum hardware adicional é necessÁrio, basta conectar o cabo do Corsair Link incluído a um conector USB da placa-mãe e fazer download grÁtis do software Corsair Link Dashboard. Você pode monitorar a temperatura e ajustar o desempenho do resfriamento diretamente pelo desktop.

Sistema de refrigeração autossuficiente

O Hydro série H100i vem pré-preenchido e nunca precisa ser cheio ou preparado novamente.

Radiador duplo com design de ventilador personalizado
O radiador de montagem superior de 240mm fornece o mÁximo em Área de superfície para o mÁximo de potência de refrigeração. Os ventiladores de 120mm usam pÁs largas de baixa densidade para melhor pressão estÁtica para relação de ruído, oferecendo maior eficiência a níveis de ruído mais baixos.

- Continua após a publicidade -

Kit de suporte de montagem magnética multiplataforma sem uso de ferramentas

O design modular simplifica a instalação e é compatível com processadores Intel e AMD.

Tubulação de grande diâmetro e baixa permeabilidade
A evaporação mínima do refrigerante ajuda a assegurar a longa durabilidade; e o material resiliente oferece alta flexibilidade e excelente proteção contra vazamentos.

{break::O que é um Water Cooler?}Um Water Cooler se resume a um sistema de refrigeração líquida, que utiliza a Água para resfriar os componentes do computador, ao contrÁrio dos coolers convencionais, que utilizam o próprio ar, como um ventilador, para a mesma função. A Água tem uma taxa de transferência de calor de cerca de 24 vezes maior que o ar, portanto, um water cooler se torna mais eficiente. Um refrigerador à Água gera menos ruído, jÁ que as bombas e fans trabalham a rotações baixas. Ele aumenta a vida útil dos componentes, jÁ que irão trabalhar a temperaturas mais baixas, e aumenta também a velocidade do computador.



Como funciona?
O fluido, que é a Água misturada com um aditivo, é impulsionado por uma bomba para um bloco metÁlico de cobre que fica sobre o componente que gera calor. Com a Água circulando pelo block, ocorre a troca de calor entre o fluido e essa base de cobre, refrigerando o chip. O fluido quente retorna para o radiador, onde é refrigerado novamente e volta para o block, passando pelo reservatório (que é opcional em um Water Cooler) e pela bomba, fechando um ciclo contínuo.


Água no computador? E se queimar tudo?
A probabilidade é muito pequena. Os Water Coolers são projetados para evitar que a mínima gota vaze e destrua a placa-mãe ou os outros componentes. E caso isso ocorra - lembrando sempre que o risco é praticamente zero -, o fluido utilizado (Água 100% pura + aditivo) não conduz eletricidade, eliminando o perigo de um curto-circuito.

- Continua após a publicidade -

{break::Fotos}Abaixo, uma série de fotos do cooler, que tem excelente acabamento como jÁ era de se esperar de um produto diferenciado da Corsair.

Ele vem em uma caixa de tamanho semelhante ao H100, com todos os acessórios para adaptar na maioria dos sockets do mercado.

Seu layout se difere do H100 no block, mangueiras e FANs, como jÁ destacamos. O block ficou com base de contato ao processador um pouco maior, além de trazer o conector Micro USB com suporte a tecnologia Corsair Link, que agora é integrada ao cooler, sem necessidade de um acessório comercializado separadamente (como acontecia com o H100). O sistema de encaixe do block ao socket também mudou, mas aprofundaremos esse assunto quando tratarmos do processo de instalação.

O radiador mantem o tamanho estendido(240mm), suportando dois FANs de 120mm, mas agora vem com mangueiras mais grossas, além de mais flexíveis. Outro detalhe é que o alimentador de energia passou a ser baseado em conexão Sata.

Os FANs de 120mm foram atualizados para uma nova versão, com melhor eficiência e novo layout. 

Corsair Link
Abaixo algumas telas do Corsair Link, software da empresa que monitora/gerencia o cooler e até mesmo outros hardwares do sistema. Como pode ser visto abaixo, além de características do H100i e do processador, por padrão ele também passou a monitorar a placa de vídeo conectada ao sistema.

O usuÁrio tem uma série de funcionalidades para "brincar" dentro do Corsair Link referente a esse tipo de monitoramento, inclusive fazendo configurações de velocidade dos fans através dos perfis pré-programados ou fazendo seus próprios perfis.

{break::Instalação}Fizemos a instalação do H100i sobre uma plataforma Intel LGA 2011 com mainboard ASUS Rampage IV Extreme e processador Core i7 3960X. 

Sobre essa plataforma, a instalação é bem simples por conta do sistema da Intel para socket LGA 2011. Basta selecionar a "presilha" referente a esse socket e prender os parafusos fixadores com o block jÁ encaixado na presilha.

Outro ponto, é que assim como grande parte dos water coolers sobre essa plataforma, a instalação foi facilitada. Isso porque a Intel desenvolveu o novo sistema de fixação, que não precisa de base pela parte inferior da mainboard - a maior dificuldade de instalação em outros sockets, tanto Intel quanto AMD.

Como podem ver nas fotos abaixo, nós prendemos os FANs ao radiador antes de fixar o block na base do socket. Em um gabinete, é importante tomar cuidado com as limitações que o mesmo possa ter com o radiador. Em alguns casos os FANs ficam na parte superior entre a armação do gabinete e o radiador.

O Corsair Link agora passa a ser suportado pelo cooler sem necessidade de acessórios, bastando conectar o cabo USB ao block e a placa-mãe. Depois disso, deve-se somente instalar o software, que pode ser baixado no site da Corsair.

O block sofreu uma mudança no que diz respeito à fixação sobre o socket, que tornou a instalação bem mais fÁcil e prÁtica, especialmente sobre o socket LGA 2011.

Lembramos que caso o usuÁrio faça a instalação sobre socket Intel LGA 115x, 775 ou sobre sockets AMD, serÁ necessÁrio instalar uma base pela parte de trÁs da mainboard, que é responsÁvel pela fixação do block que fica sobre o processador. Nesses casos, pode ser necessÁrio remover a placa-mãe do sistema, o que não acontece com o LGA 2011.

Abaixo podemos ver algumas fotos do processo de fixação do block sobre o processador em uma mainboard ASUS Rampage IV Extreme. O processo é bastante simples e rÁpido e funciona sem utilizar nenhuma ferramenta. Basta fixar os "parafusos" no socket, encaixar o block sobre e novamente parafusar para fixar o block. O único porém é que pelo fato do radiador ser grande e estar ligado ao block pelas mangueiras, o manuseio incomoda um pouco.

Com a instalação do block sobre o processador finalizada, agora falta conectar os cabos do Corsair Link e cabos dos FANs. Vale destacar que os dois FANs de 120mm são conectados ao block, sendo que o block tem um conector que se liga a conexão de CPU FAN na mainboard, além de um alimentador de energia padrão Sata.

{break::Testes}Para os testes, usamos a plataforma Intel LGA 2011 com mainboard ASUS Rampage IV Extreme e processador Intel Core i7 3960X, um dos modelos TOP da Intel para desktop.


Para os comparativos, utilizamos diversos coolers jÁ analisados sobre a plataforma LGA 2011: Thermaltake WATER 2.0 ProCooler Master TPC 812Cooler Master X6 EliteCorsair Hydro Series H80Intel RTS2011LC,Cooler Master Hyper 212 EVONoctua NH-D14 SE2011 e Thermaltake Frio OCK.

MARGEM DE ERRO: Consideramos a margem de erro em 2 graus, sendo que a temperatura pode variar dependendo da temperatura ambiente que estÁ associada à estação do ano, mesmo que no caso sempre estejamos usamos o ar-condicionado em 25 graus. Definimos essa margem de acordo com nossa experiência nas anÁlises que jÁ produzimos.

Começaremos pelo teste com o Core i7 3960X em modo stock, ou seja, com seu clock 3.3GHz padrão. O Turbo Boost foi desativado.

Os testes estão na seguinte sequência: IDLE (sistema em modo ocioso), 3DMark 11 e wPrime, sendo este último o mais exigente porque gera stress test em todos os núcleos do processador. 

Utilizamos o perfil "balanced", que tem bom desempenho sem gerar muito ruído.

IDLE (ocioso)
Começamos pelo teste em modo ocioso, com o sistema operacional em espera sem estar executando nenhuma tarefa onerosa para o processador.

O H100i conseguiu a primeira colocação na tabela com a menor temperatura entre os modelos comparados, mas com diferença bem pequena sobre vÁrios modelos. Podemos considerar que houve um empate técnico entre os cinco primeiros colocados.

3DMark 11
Quando exigimos um pouco mais do processador com o 3DMark 11, o H100i ficou na segunda posição, com 1 grau atrÁs do WATER 2.0 Pro, water cooler da Thermaltake. Diferença que na prÁtica pode ser considerada empate técnico, assim como quando comparamos com o terceiro colocado: o Cooler Master TPC 812, que possui sistema a AR com com compartimento líquido em seus heatpipes.

wPrime
Finalmente no teste que exige 100% da capacidade do processador, o H100i novamente ficou na segunda posição, com mesmo resultado do H80 e TPC 812: 1 grau atrÁs do WATER 2.0 Pro. O teste deixa claro que depois de atingir certa temperatura, caso o usuÁrio não faça overclock, a grande maioria dos coolers TOPs terão resultados semelhantes.

{break::Overclock}Colocamos o Core i7 3960X trabalhando a 4.7GHz, que é um clock alto se levarmos em conta que o clock padrão desse processador é 3.3GHz - ou seja, aumento de 42%.

Nessa situação além do perfil "balanced" (RPM médio de 1500), também fizemos testes com o perfil "maximum"(RPM médio de 2580), que devido ao fato de aumentar bastante a rotação dos FANs, acaba gerando muito mais ruído. No entanto, esse modo é indicado apenas para situações extremas de overclock.

IDLE (ocioso)
Com o sistema em modo ocioso tivemos uma boa surpresa do H100, que conseguiu manter a temperatura consideravelmente abaixo dos demais, ficando em 37 graus no modo "balanced", que representa diferença de 10% sobre o segundo colocado. Talvez esse seja um dos testes mais importantes para grande parte dos usuÁrios, afinal em uma boa porcentagem do tempo em que se usa um computador, as aplicações abertas pouco exigem do processador. Consequentemente manter a temperatura baixa nessas condições é muito importante, o que oferece um ponto positivo para o H100i, pois conseguiu trabalhar muito bem nessa circunstância. Quando utilizando o modo maximum, a temperatura caiu 1 grau, mas pelo ruído gerado não vale a pena usar esse perfil.

3DMark 11
Rodando o 3DMark 11 o desempenho do H100i se assemelha bastante com o WATER 2.0 Pro. Quando rodando com o perfil "maximum" o cooler da Corsair se sai melhor ficando 2 graus abaixo, mas gera muito ruído. JÁ em situação "padrão", o cooler da Thermaltake ficou 1 grau a frente do cooler analisado da Corsair em modo "balanced". Podemos inclusive considerar empate técnico entre esses dois modelos, que ficam consideravelmente a frente dos demais, comprovando melhor eficiência em situações onde o CPU gera mais calor.

wPrime
No wPrime fica confirmado que o H100i tem resultado semelhante ao WATER 2.0 Pro, sendo que ambos ficam empatados na tabela, uma vez que os dois se garantiram novamente com boa margem sobre os demais modelos comparados. O perfil "maximum" do H100i foi apenas 1 grau melhor que o perfil "balanced".

{break::Conclusão}O Hydro Series H100i é mais um bom water cooler da Corsair, empresa que se especializou nesse segmento, uma vez que os "air coolers" que produz são apenas FANs destinados aos gabinetes e aos próprios modelos de water coolers, jÁ que "todo" water cooler precisa de fans nos radiadores para resfriar o líquido que corre internamente pelo sistema. Inclusive, o fato dela não possuir coolers tradicionais é um ponto que diferencia a empresa de grande parte de seus concorrentes nesse ramo. Observando "de fora", parece que dessa forma existe uma busca maior em melhorar seus produtos e, ao pensar no lado do consumidor, uma cobrança maior da qualidade dos mesmos.

O H100i se destacou pelo seu excelente acabamento e diversas melhorias sobre o H100. Destacamos entre os avanços o processo para fixar o block ao socket/cpu e o tamanho superior do block, que gerou uma Área maior de contato com o CPU. Também podemos destacar as mangueiras mais grosas e flexíveis, além dos FANs que foram atualizados para uma versão mais bonita, com acabamento melhor e, na teoria, mais eficiente. No entanto, na prÁtica o H100i não foi superior ao WATER 2.0 Pro da Thermaltake, water cooler com radiador padrão de um FAN de 120mm.

Ficou claro que em muitos casos não hÁ necessidade de optar por um water cooler estendido, sendo que um modelo com radiador menor pode ter a mesma eficiência, em alguns casos ainda sendo mais barato e mais fÁcil de se manusear. Além disso, hÁ o fator compatibilidade com o gabinete, afinal quando se trata de modelos com radiador estendido esse quesito é um fator bastante importante. Radiador "simples" tem menos problemas de compatibilidade de instalação, jÁ que até mesmo modelos genéricos de gabinetes trazem suporte (através da parte traseira) à FANs de 120mm.

Outro grande destaque da Corsair com o H100i é o fato do cooler vir com suporte integrado à tecnologia Corsair Link integrada, sem necessidade de acessórios extras. O Corsair Link permite ao usuÁrio uma série de controles sobre o cooler, em especial da rotação dos FANs, o que implica diretamente no desempenho do mesmo - tanto no que diz respeito a temperatura do processador como também ao ruído gerado. Também é possível monitorar as temperaturas e "brincar" com uma série de características desse gênero.

O custo do H100i fica na casa de R$ 400 reais no Brasil, um valor alto por se tratar de um produto bastante diferenciado. O problema é que comparado ao H100 que custa em média R$300, 25% a menos, essa diferença de valor pode ser revertida em outro hardware para o upgrade do sistema, ou mesmo para baratear o custo. O lado positivo do H100i da Corsair é que um modelo como o WATER 2.0 Pro, que estÁ no mercado a mais tempo, tem um custo superior, o que torna o H100 uma das melhores opções custo/benefício para quem procura um cooler desse nível.

OBS.: Pesquisas de preço feitas no dia 16/05/2013 

Entre os melhores water coolers do mercado, com excelente acabamento e eficiência, mas que custa consideravelmente mais que versão anterior.

Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.