ANÁLISE: Cisco Linksys RE1000

ANÁLISE: Cisco Linksys RE1000

O Linksys RE1000 é um extensor do alcance de redes wireless operando no padrão N. Para isto, ele necessita apenas de uma conexão à energia elétrica e, após um processo rÁpido de configuração, ele passa a repetir o sinal de um roteador, ampliando o alcance desta rede.


 

Especificações técnicas
Tecnologia: Wireless-N
Faixas de frequência: 2,4 GHz
Transmissão/recebimento:     2 x 2
Antenas: 2 internas
Portas Ethernet x velocidade: 1 x 10/100

{break::Instalação e configuração}O programa de instalação do Linksys E1000, presente no CD que acompanha o kit do produto, estÁ entre as mais eficientes que jÁ testamos, com um tutorial rÁpido e simples, totalmente em português. Para executÁ-lo, basta conectar o aparelho em um computador através de um cabo de rede (o produto traz um), e rodar o programa.


Após finalizar o processo de instalação, algo que leva menos de 5 minutos, o extensor pode ser movido para o local final de instalação. Após isto, não é preciso fazer qualquer alteração em seus dispositivos conectados a rede, pois o repetidor irÁ exibir o mesmo SSID (nome da rede) que o roteador ao qual estÁ ampliando o sinal, herdando também a mesma senha.

Utilizamos o Linksys RE1000 para repetir o sinal de um roteador Linksys WRT54GS que chegava com qualidade insuficiente para um notebook Dell Inspirion 14, posicionado em um cômodo no andar superior. Logo abaixo estÁ a tela de status da conexão antes do uso do repetidor.


Status da conexão com o roteador

- Continua após a publicidade -

Posicionamos o Linksys RE1000 também no segundo piso, no cômodo ao lado de onde estÁ localizado o notebook. Após ligado o extensor, o notebook jÁ se conectou automaticamente com o RE1000 e o status da conexão melhorou sensivelmente, tornando possível a navegação na internet, algo inviÁvel antes.


Status da conexão através do repetidor

{break::Design e funcionalidades}O Linksys RE1000 tem um design bastante simples e discreto, com o logo da Cisco brilhando de forma sutil quando ativo. No restante do visual o aparelho não chama muito a atenção, com corpo em plÁtico fosco e no tom cinza escuro.

Um destaque é a possibilidade de conectar o aparelho de duas formas na energia: ou diretamente, ou com o uso de um cabo. Como a única conexão necessÁria para que o aparelho funcione como repetidor de sinal é justamente na energia,  esta versatilidade ajuda muito na hora de posicionar o dispositivo.

No quesito funcionalidades, o E1000 é um modelo bem especializado, uma das razões de sua facilidade de configuração. Diferente de outros aparelhos que agregam múltiplas capacidades, caso do Engenius EAP350, ele foca apenas na função de repetir o sinal e, conectando através do cabo de rede, pode servir também de bridge para um computador sem outra forma de conexão wireless, por exemplo. Como um "quebra-galho", é interessante.

Outra funcionalidade do RE1000 é a capacidade de ser configurado via browser, dispensando a instalação do aplicativo. A interface é acessada de uma forma semelhante a presente em outros dispositivos de rede, como roteadores, bastanto digitar o número ip do aparelho no navegador. Este processo não traz muitas vantagens, comparado a instalação via software, pois não hÁ muitos ajustes adicionais acessando as configurações por este "modo avançado".


- Continua após a publicidade -

{break::Qualidade e intensidade de sinal, velocidade de transferência}Começamos nossos testes comparativos com a qualidade de sinal em três situações: a um metro de distância, sem barreiras, a três metros com duas obstruções e um roteador de 2.4GHz próximo, e a dez metros com três obstruções e um número maior de redes interferindo no sinal. Utilizamos a aplicação iwconfig do Ubuntu 12.10 para capturar os dados.

A intensidade do sinal do repetidor ficou dentro da média verificada nos aparelhos wireless testados por aqui, o que inclui uma série de roteadores. Abaixo verificamos a qualidade do sinal, algo diretamente relacionado com a intensidade do sinal.

- Continua após a publicidade -

Como esperado, a qualidade do sinal do RE1000 também ficou dentro da média dos demais aparelhos de nosso comparativo, mostrando que apesar de portÁtil e de não possuir antenas externas, o dispositivo consegue entregar uma qualidade de sinal do mesmo nível que roteadores convencionais.

{break::Conclusão}O Linksys RE1000 é muito eficiente como um repetidor de sinal, solucionando de forma rÁpida e prÁtica os possíveis problemas de conexão em um ambiente, ou mesmo realizando o aumento da Área de ação de uma rede wireless.

A intensidade e qualidade de sinal foi ótima, mantendo-se na média alcançada por roteadores completos. A eficiência também estÁ presente no momento de instalar e configurar o aparelho, com um aplicativo que atua como tutorial mostrando todos os passos e finalizando a operação em menos de 5 minutos.

Quanto a funções adicionais, o Linksys RE1000 é um aparelho bastante "especializado", se limitando a atuar como um repetidor de sinal wireless (sua função principal) e, no mÁximo, servindo também como bridge, ligando através de sua porta de rede um dispositivo que não possui conexão wireless, por exemplo.

Por fim, o grande problema deste produto da Cisco é o custo: vendido por valores na casa dos 400 reais, ele fica próximo do cobrado em aparelhos mais complexos, como roteadores, e também bastante acima de repetidores de marcas "menos conceituadas" (os mais simples custam na casa de R$ 100). Este preço pode tornar o produto pouco atrativo para muito do público, se restringindo apenas a aqueles que não se incomodam em desembolsar mais por um produto muito bem adaptado e eficiente, especialmente na hora da configuração.

PRÓS
Instalação rÁpida, eficiente e em português
Ótima qualidade e intensidade de sinal
CONTRAS
Caro
Poucas funcionalidades adicionais
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.