ANÁLISE: ASUS Maximus V Extreme

ANÁLISE: ASUS Maximus V Extreme

A ASUS lançou hÁ pouco tempo a Maximus V Extreme, a mais poderosa placa-mãe do selo ROG com o chipset Z77, superando a Maximus V Formula. A mainboard é repleta das mais recentes e avançadas tecnologias. Assim como as demais placas com selo RoG, conta com layout nas cores preto e vermelho, visual bastante imponente e clÁssico de todos os produtos que levam o selo.

Seu preço nos EUA atualmente é de US$369, dentro do esperado por ser lançamento e pelo projeto consideravelmente acima da média como mostraremos no decorrer da review.

Entre os destaques, hÁ o suporte a quatro placas de vídeo através de Crossfire ou SLI, tecnologias como Bluetooth e Wireless, além de uma conexão Thunderbolt. A placa também foi desenvolvida com características avançadas de overclock, prometendo ser uma das melhores placas do mundo para essas condições na plataforma LGA 1155. Outro destaque é o acessório OC Key, que mostra diversas informações do sistema ao usuÁrio sem que o sistema sequer esteja rodando.


Abaixo nosso unboxing da placa:

{break::O que é uma placa-mãe}A placa-mãe é o componente central de todo computador (e alguns outros dispositivos eletrônicos, como smartphones e tablets). Ela fornece as conexões elétricas através das quais os outros componentes se comunicam, unificando-os em um só sistema. É na placa-mãe que são ligados elementos-chave como processador, placas de vídeo dedicadas e memórias. Além disso, modelos modernos oferecem suporte integrado a Áudio, controlador grÁfico (dispensando a existência de uma placa de vídeo para a funcionalidade bÁsica de um monitor), controlador de rede, USB 2.0 (com os 3.0 se tornando mais comuns) e algumas outras coisas.

- Continua após a publicidade -

Atualmente, podemos dizer que as placas-mãe são diferenciadas entre si por três características base: soquete, chipset e tamanho. O soquete é a "peça" feita para o encaixe e instalação do processador, que funciona como o cérebro de um computador. Os diferentes modelos de processadores exigem diferentes tipos de soquetes, e geralmente só funcionam com aqueles feito especificamente para eles. O chipset é o conjunto de circuitos integrados (chips) instalado na placa e também funciona apenas com determinadas famílias de processadores. Por controlar a comunicação entre processador e demais aparelhos externos, detém um papel crucial na performance do sistema, além das tecnologias disponíveis. O tamanho é a característica com menor importância, mas que define elementos fundamentais como suporte a múltiplas placas de vídeo. Além disso, pode impossibilitar a instalação em alguns gabinetes, no caso de placas maiores.

Por se tratar de uma peça tão central e que envolve tanta troca de energia constante, as placas-mãe modernas apresentam encaixe para cooler sobre o processador e fornecedores de energia para fans adicionais, além de poderem contar com dissipadores de calor integrados à sua própria estrutura. Algumas placas também contam com sensores de temperatura para detectar o calor, possibilitando o controle da velocidade dos fans através da BIOS (um sistema de controle bÁsico do sistema).

{break::Especificações}Confira os componentes e conectores da Maximus V Extreme:

Abaixo, todas as especificações da mainboard:

- Continua após a publicidade -

CPU
Intel Socket 1155 for 3rd/2nd Generation Core™ i7/Core™ i5/Core™ i3/Pentium®/Celeron® Processors
Supports Intel® 22 nm CPU
Supports Intel® 32 nm CPU
Supports Intel® Turbo Boost Technology 2.0
* The Intel® Turbo Boost Technology 2.0 support depends on the CPU types.
* Refer to www.asus.com for CPU support list


Chipset
• Intel® Z77 Chipset

Thunderbolt 

VGA output support
Data transfer rate up to 10 Gbps
Daisy-chain up to 6 Thunderbolt devices

Memory
4 x DIMM, Max. 32GB, DDR3 2800(O.C.)/2666(O.C.)/2600(O.C.)/2400(O.C.)/2200(O.C.) /2133(O.C.)/1866(O.C.)/1600/1333/1066 MHz Non-ECC, Un-buffered Memory
Dual Channel Memory Architecture
Supports Intel Extreme Memory Profile (XMP)
* Hyper DIMM support is subject to the physical characteristics of individual CPUs.
* Refer to www.asus.com or user manual for the Memory QVL (Qualified Vendors Lists).

Graphic
Integrated Graphics Processor
Multi-VGA output support : HDMI/DisplayPort ports
- Supports HDMI with max. resolution 1920 x 1200 @ 60 Hz
- Supports DisplayPort with max. resolution 2560 x 1600 @ 60 Hz
Supports Intel HD Graphics, InTru 3D, Quick Sync Video, Clear Video HD Technology, Insider™

Multi-GPU Support
Supports NVIDIA SLI Technology
Supports AMD CrossFireX Technology
Supports LucidLogix Virtu MVP Technology *1

Expansion Slots
5 x PCIe 3.0/2.0 x16 (x16 or dual x8 or x8/x16/x8 or x8/x16/x8/x8) *2
1 x PCIe 2.0 x4
1 x mini-PCIe 2.0 x1 *3

Storage
Intel Z77 chipset :
2 x SATA 6Gb/s port(s), red
3 x SATA 3Gb/s port(s), black
1 x mini-SATA 3Gb/s port(s) , black
Support Raid 0, 1, 5, 10
Supports Intel Smart Response Technology, Intel Rapid Start Technology, Intel Smart Connect Technology *4
ASMedia PCIe SATA controller : *5
4 x SATA 6Gb/s port(s), red

LAN
Intel, 1 x Gigabit LAN Controller(s)

Wireless Data Network
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n
Supports dual band frequency 2.4/5 GHz

Bluetooth
Bluetooth V4.0
Bluetooth V3.0+HS

Audio
Realtek ALC898 7.1-Channel High Definition Audio CODEC
- Supports : Jack-detection, Multi-streaming, Front Panel Jack-retasking
Audio Feature :
- Blu-ray audio layer Content Protection
- Optical S/PDIF out port(s) at back panel
- Optical S/PDIF in port(s) at back panel

- Continua após a publicidade -

USB Ports
Intel Z77 chipset :
4 x USB 3.0 port(s) (2 at back panel, blue, 2 at mid-board)
Intel Z77 chipset :
8 x USB 2.0 port(s) (4 at back panel, black+white, 4 at mid-board)
ASMedia USB 3.0 controller :
4 x USB 3.0 port(s) (2 at back panel, blue, 2 at mid-board)

Overclocking Features
mPCIe Combo (mPCIe/mSATA combo card)
ROG OC Key
- OSD TweakIt
- OSD Monitor
ROG Connect :
- RC Diagram
- RC Remote
- RC Poster
- GPU TweakIt
Extreme Engine Digi+ II :
- 8 -phase CPU power design + 4 -phase iGPU power design
- 2 -phase Memory power design
ROG Extreme OC kit :
- Subzero Sense
- VGA Hotwire
- Slow Mode
- LN2 Mode
- PCIe x16 Lane Switch
- EZ Plug
ProbeIt
UEFI BIOS features :
- ROG BIOS Print
- GPU.DIMM Post
iROG
Extreme Tweaker
Loadline Calibration
USB BIOS Flashback
Overclocking Protection :
- ASUS C.P.R.(CPU Parameter Recall)

Special Features
ASUS TurboV EVO :
- TurboV
ASUS EPU :
- EPU
ASUS Wi-Fi GO!
- Wi-Fi GO! Function: DLNA Media Hub, Smart Motion Control, Remote Desktop, Remote Keyboard & Mouse, File Transfer, Capture & Send
ASUS Exclusive Features :
- AI Suite II
- Ai Charger+
- USB Charger+
- USB 3.0 Boost
- Disk Unlocker
ASUS Quiet Thermal Solution :
- ASUS Fan Xpert 2
ASUS EZ DIY :
- ASUS O.C. Profile
- ASUS CrashFree BIOS 3
- ASUS EZ Flash 2
ASUS Q-Design :
- ASUS Q-Shield
- ASUS Q-Code
- ASUS Q-LED (CPU, DRAM, VGA, Boot Device LED)
- ASUS Q-Slot
- ASUS Q-DIMM
- ASUS Q-Connector

Back I/O Ports
1 x PS/2 keyboard/mouse combo port(s)
1 x Thunderbolt port(s)
1 x DisplayPort
1 x HDMI
1 x LAN (RJ45) port(s)
4 x USB 3.0
4 x USB 2.0 (one port can be switched to ROG Connect)
1 x Optical S/PDIF out
1 x Optical S/PDIF in
5 x Audio jack(s)
1 x Clear CMOS button(s)
1 x ROG Connect On/ Off switch(es)

Internal I/O Ports
2 x USB 3.0 connector(s) support(s) additional 4 USB 3.0 port(s)
2 x USB 2.0 connector(s) support(s) additional 4 USB 2.0 port(s)
6 x SATA 6Gb/s connector(s)
3 x SATA 3Gb/s connector(s)
2 x CPU Fan connector(s) (4 -pin)
3 x Chassis Fan connector(s) (4 -pin)
3 x Optional Fan connector(s) (4 -pin)
1 x S/PDIF out header(s)
1 x 24-pin EATX Power connector(s)
1 x 8-pin ATX 12V Power connector(s)
1 x 4-pin ATX 12V Power connector(s)
1 x 6-pin EZ_PLUG Power connector(s)
1 x 4-pin EZ_PLUG Power connector(s)
1 x Front panel audio connector(s) (AAFP)
1 x System panel(s)
1 x OC Key header(s)
2 x Subzero Sense connector(s)
2 x VGA Hotwire(s)
1 x Slow Mode switch(es)
15 x ProbeIt Measurement Points
7 x ProbeIt cable connector(s)
3 x Thermal sensor connector(s)
1 x Power-on button(s)
1 x Reset button(s)
1 x ROG Connect switch(es)
1 x LN2 Mode switch(es)
1 x Go Button(s)
1 x BIOS Switch button(s)
1 x mPCIe Combo header(s)

Accessories
User's manual
I/O Shield
2 x SATA 3Gb/s cable(s)
6 x SATA 6Gb/s cable(s)
1 x 3-Way SLI bridge(s)
1 x 4-Way SLI bridge(s)
1 x SLI bridge(s)
1 x CrossFire cable(s)
1 x Q-connector(s) (2 in 1)
1 x 2-port USB 2.0 and eSATA module(s)
1 x ROG Connect cable(s)
1 x ProbeIt cable set(s)
1 x 12 in 1 ROG Cable Label(s)
1 x mPCIe Combo card(s) with dual band WiFi 802.11 a/b/g/n module + Bluetooth v4.0/3.0+HS module
1 x 2-in-1 RF Cable(s)
2 x Wi-Fi Ring Moving Antenna(s)
1 x OC Key(s)
1 x OC Key cable(s)

BIOS
64Mb UEFI AMI BIOS, PnP, DMI2.0, WfM2.0, SM BIOS 2.5, ACPI2.0a Multi-Language BIOS

Manageability
WfM2.0, DMI2.0, WOL by PME, PXE

Support Disk
Drivers
Kaspersky Anti-Virus
DAEMON Tools Pro Standard
ROG CPU-Z
Mem TweakIt
ASUS AI Suite II
ASUS WebStorage
ASUS Utilities

Form Factor
Extended ATX Form Factor
12 inch x 10.1 inch ( 30.5 cm x 25.7 cm ) 

Note
*1: LucidLogix Virtu MVP supports Windows 7 operating systems.
*2-1: PCIe3.0 speed is supported by Intel® 3rd genernation Core™ Processors.
*2-2: Native x8/x8 mode is available when only PCIE_X16X/X8_1 and PCIE_X8_2B slots are in used.
*3-1: The mini-PCIe slot is on mPCIe Combo™ expansion card.
*3-2: The mini-PCIe slot is pre-installed with an Wi-Fi/Bluetooth module.
*4-1: 1 SATA 3Gb/s port at mid-board is reserved for eSATA.
*4-2: A 2-port USB 2.0 and eSATA module is bundled for 1 x eSATA port at rear.
*4-3: The mini-SATA slot is on mPCIe Combo™ expansion card.
*5: Supports on Intel® Core™ processor family with Windows® 7 operating systems.
*6: These SATA ports are for data drives only.

{break::Tecnologias by ASUS}Abaixo, vamos listar algumas das principais tecnologias da placa-mãe:

Tecnologias exclusivas para Windows 8

Inicialização rÁpida
ASUS lançou um novo design de software e hardware para diminuir o tempo de inicialização do sistema. No vídeo abaixo, é possível ver que em um pouco mais se seis segundos jÁ se tinha acesso à interface do Windows 8. Em outras versões do sistema o acesso também é mais rÁpido.

Configuração de inicialização
Graças à otimização ao Windows 8, o ASUS Boot Setting oferece uma maior flexibilidade na customização do processo de inicialização do PC. O usuÁrio pode entrar na BIOS diretamente com um clique através de uma interface amigÁvel e selecionar o método de inicialização: entrar no sistema em segundos ou optar pelo carregamento regular. Não importa a escolha, as configurações serão salvas, excluindo a necessidade de definir um método toda vez que ligar o PC.

OC Key
A ASUS criou uma pequena e útil ferramenta para quem faz overclock em especial. A OC Key é esta peça que você estÁ vendo na foto abaixo, e sua principal funcionalidade é dispor informações em tempo real sobre o estado do seu sistema, diretamente no monitor.

A peça é plugada na conexão DVI de qualquer placa de vídeo e integra-se a qualquer sistema, oferecendo opções de overclock e informação sobre o desempenho do sistema. Como você pode ver abaixo, ela vai ficar entre a placa de vídeo e o conector DVI do monitor. Outro grande atrativo é o ajuste automÁtico de voltagem, mas hÁ uma série de parâmetros disponíveis.
Não é preciso nem reiniciar o sistema. A OC Key faz ajustes instantaneamente desde que placa-mãe, placa de vídeo e monitor estejam conectados. Como se comunica diretamente com a BIOS da placa-mãe e da placa de vídeo, as informações aparecem na tela sem que qualquer software seja instalado.

Para conferir mais sobre a tecnologia, confira o artigo sobre o OC Key.

Conexão Thunderbolt

A interface de comunicação Thunderbolt foi desenvolvida pela Intel e lançada no mercado em parceria com Apple em fevereiro de 2011. O conector desta tecnologia usa o mesmo formato do Mini DisplayPort, com 20 pinos, e é capaz de enviar dados nos padrões PCIe e DisplayPort simultaneamente. A tecnologia é capaz de enviar dados no padrão PCIe e DisplayPort por um único cabo de forma bidirecional, ou seja, com dados sendo enviados e recebidos, simultaneamente e sem perda de velocidade nos dois sentidos. O cabo no padrão Thunderbolt pode ser em cobre ou do tipo óptico, e até sete dispositivos podem ser conectados em uma única porta. O padrão Thunderbolt possui velocidade de até 10 GBits/s (1.25 GB/s), em cada um dos canais (um para enviar, outro para receber dados), na teoria.

Para entender melhor a tecnologia, leia nosso artigo sobre o Thunderbolt.

Características Exclusivas da ROG

VGA Hotwire
Com o recurso VGA Hotwire é possível ligar dois cabos na placa e soldar dois fios no regulador de tensão da VGA para ajustar a voltagem e levar seu sistema para o próximo nível, evitando alguns riscos.

Subzero Sense
Você gosta de overclockar no modo LN2 mas tem problemas para saber o quão fria a placa estÁ? Com a tecnologia Subzero Sense, é possível consultar a temperatura do sistema mesmo com a temperatura abaixo de zero.

mPCIe Combo + Dual-band Wi-Fi / Bluetooth 4.0
Tenha conectividade imediata com a placa-mãe ROG e diga adeus às limitações físicas. O "combo" é localizado na traseira da placa e conta com uma porta mSATA que suporta a tecnologia Intel Smart Response de armazenamento híbrido, compatível com mSATA SSDs, e Wi-Fi com duas bandas de 2.4/5 GHz Wi-Fi 802.11 a/b/g/n e Bluetooth v4.0 integrada em sua porta mini PCI Express 2.0/USB 2.0. Assim, você pode conectar dispositivos extras sem utilizar espaço na placa-mãe e ter o melhor dos dois mundos: conectividade e expansão sem sacrificar recursos essenciais.

Extreme Engine Digi+ II
A mais recente versão deste design de fornecimento digital de energia exclusivo da ROG utiliza uma arquitetura de 8+2+2 fases, com componentes fortes para overclock mais estÁvel. VRMs digitais dedicados a CPU e memória significam que ambos podem ser ajustados com mais precisão, com a DRAM DDR3 facilmente atingindo velocidades acima de 2400 MHz.

ROG Connect
Monitore o estado do seu PC e ajuste os parâmetros em tempo real por um notebook, igual a um engenheiro de carros de corrida, com o ROG Connect. O ROG Connect liga o seu sistema principal a um notebook por um cabo USB, permitindo que você confira em tempo real o estado do seu hardware em seu notebook, e também que você faça ajustes em tempo real puramente no hardware.

LucidLogix Virtu MVP

LucidLogix Virtu MVP apresenta a tecnologia HyperFormance, que melhora o desempenho de sua placa de vídeo dedicada em até 60% além da performance original através do teste do 3DMark Vantage. Desenvolvida para processadores grÁficos Intel e PCs com Windows 7, combina o desempenho de placas de vídeo dedicadas com a rÁpida computação de uma GPU integrada. Além disso, com o recém-desenvolvido Virtual Sync, os usuÁrios podem aproveitar uma experiência em games mais suave ao eliminar os screen tearings. LucidLogic Virtu MVP também pode dinamicamente atribuir tarefas à melhor fonte grÁfica disponível, baseado em poder, performance e carregamento do sistema. Isso dÁ aos usuÁrios a possibilidade de desfrutar de uma conversão de vídeo três vezes mais rÁpida com a tecnologia Intel Quick Sync Video enquanto mantendo uma renderização 3D e uma performance no game de alta qualidade, fornecida tanto por placas de vídeo NVIDIA e AMD. Quando a placa de vídeo dedicada não for necessÁria, o consumo de energia cai automaticamente para próximo de zero, tornando o sistema mais amigÁvel ao meio ambiente.

PCIe 3.0 Ready
PCI Express 3.0 é a mais recente tecnologia PCI Express, com melhorados esquemas de codificação que oferecem o dobro da performance da atual PCIe 2.0. A largura de banda de um link 16x atinge um mÁximo de 32 GB/s, duas vezes os 16 GB/s da atual geração (em modo 16x).

Suporte a Multi-GPU SLI e Multi-GPU CrossFireX
A placa-mãe oferece ao usuÁrio a opção multi-GPU tanto para SLI ou CrossFireX. A placa-mãe apresenta a mais poderosa plataforma Intel Z77 para otimizar a localização PCIe em configurações de múltiplas GPUs.

{break::Softwares by ASUS}Dando sequência, uma lista de alguns softwares desenvolvidos exclusivamente para as placas da ASUS:

Wi-Fi GO!
Wi-Fi GO! permite a criação de hubs DLNA para transferência de conteúdo via streaming do computador diretamente para televisões, consoles e dispositivos que possuam suporte para essa tecnologia. O proprietÁrio dessa placa também pode usar um tablet ou smartphone como segundo monitor, permitindo até mesmo que um zoom seja aplicado sobre a tela extra. Também é possível operar o computador à distância (VNC) e configurar gestos que fazem uso do acelerador do smartphone, permitindo que o aparelho se transforme em uma espécie de wiimote. Dessa forma, é possível trocar de música ou passar para o próximo arquivo de vídeo com o movimento do celular.

Recursos de mouse e teclado do computador também podem ser utilizados pelos dispositivos móveis e, como se não bastasse, é possível usar o PC como um roteador, transformando-o em um ponto de acesso de rede Wi-Fi. Tudo isso, mais uma vez, aliado a softwares grÁficos que exigem apenas um clique do mouse para serem ativados.

A transferência de arquivos via rede wireless também fica mais fÁcil. Basta clicar com o botão direito sobre ao arquivo desejado e, a partir do menu de contexto, escolher a opção Wi-Fi GO! para enviÁ-lo diretamente para outro dispositivo.

Wi-Fi Engine

A tecnologia é um gerenciador gratuito de rede sem fio através dos modos cliente e AP, que permite compartilhar sua rede através da placa wireless.



USB Charger

O software permite carregar seu dispositivo através da porta USB com mais velocidade, entregando maior carga de energia.


FanExpert
O software traz a flexibilidade térmica e a capacidade de resposta para níveis ainda não alcançados. O modo de ajuste automÁtico da ventoinha analisa as ventoinhas individualmente para detectar as suas propriedades térmicas através da detecção automÁtica da velocidade.

A variação da velocidade da ventoinha pode ser ajustada automÁtica ou manualmente, atingindo um equilíbrio entre refrigeração e ruído. O Fan Xpert 2 também inclui um modo de RPM fixo para utilizadores que desejem reduzir os níveis de ruído para aproximadamente 0dB, com os controladores de velocidade da ventoinha muito precisos que reagem ao sistema atual de carregamento para uma resposta mais precisa.

GameFirst

Ativando o programa Game First II, é possível gerir e moldar o trÁfego da rede para eliminar a latência da rede interna, algo considerado crítico por jogadores. Os usuÁrios podem ouvir música on-line, fazer downloads ou uploads de ficheiros e conversar via chats na internet sem sacrificar os tempos de ping necessÁrios para dominar os seus oponentes.

{break::Fotos da placa-mãe}Analisamos uma série de placas-mãe com selo RoG da ASUS esse ano e a Maximus V Extreme estÁ entre as melhores com certeza. Traz o acabamento jÁ clÁssico da linha, isso quer dizer layout nas cores preto e vermelho, e design bastante imponente, visando agradar ao público gamer. Ela lembra a Rampage IV Extreme: as duas são placas top para processadores socket LGA 2011, inclusive pelo tamanho de ambas.

Como outros modelos da empresa, a placa traz direto no seu PCB botões de power, reset, go button (overclock), debug led, uma série de conectores para FANs, conectores de energia extra, Subzero Sense, oito portas SATA e uma eSATA, tudo que um usuÁrio entusiasta ou overclocker deseja para montar uma mÁquina top com processador socket LGA 1155.

A placa ainda tem suporte a Bluetooth e Wireless através de um conector que é fixado no painel traseiro, sendo que as antenas possuem ímã para fixÁ-los ao gabinete, como é possível ver abaixo nas fotos. Mas se diferencia da M5F por trazer também conexão Thunderbolt, além de suportar mais placas de vídeo trabalhando juntas, quatro no total.

IMPORTANTE: A placa vem com os slots PCI-Express desativados (quatro no total), sendo necessÁrio alterar os seletores desejados para ON no canto superior direito, abaixo do botão de reset. 

Confiram abaixo nas fotos em detalhes o que acabamos de destacar: 

Na foto do meio que estÁ logo a seguir, podemos ver o seletor para ativar/desativar os slots PCI-Express da placa-mãe. O modelo que recebemos veio com todos os slots desativados, dessa forma caso o usuÁrio conecte uma placa de vídeo, ela não funcionarÁ até ativar o seletor específico, que deve ser feito com o sistema desligado.

Tiramos algumas fotos comparando a ASUS Maximus V Extreme com a  GIGABYTE Z77X-UP7, placa-mãe top de linha da GIGABYTE com foto em usuÁrios overclockers. Confiram abaixo:

{break::BIOS}Como sempre destacamos em anÁlises de placas-mãe da ASUS, comprovadamente a empresa estÁ entre as três melhores quando o assunto é BIOS. É sempre uma das pioneiras quando se trata de novas funcionalidades e funções avançadas, além de fornecer atualizações constantes para realizar correções e melhorias.

A Maximus V Extreme traz uma série de opções avançadas para usuÁrios que procuram tirar maior proveito do sistema, sendo uma das melhores opções do mercado para quem deseja overclockar o sistema, assim como a Maximus V Formula.

Abaixo, uma série de screens da BIOS mostrando algumas características disponíveis dentro dela.

{break::MÁquinas/Softwares utilizados}Abaixo seguem fotos do sistema com a mainboard analisada. Em seguida, detalhamos os sistemas utilizados nos comparativos.

Também tiramos algumas fotos da tela mostrando o OC Key em ação, no desktop do Windows e também rodando o game Crysis 2. Confiram abaixo: 

MÁquinas utilizadas nos testes:
- Intel Core i7 3770K + ASUS Maximus V Extreme
- Intel Core i7 3770K + GIGABYTE GA-Z77X-UP7

- Placa de vídeo: Integrada - HD Graphics 4000 (Core i7 3770K)
- Memórias: 8 GB G.Skill ARES @ 1600MHz (2x4GB)
- SSD: Corsair Force GT Series 240GB SATA3
- HD: WD Velociraptor 1GB SATA3 (VR333M)
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 64 Bits com Updates
- Intel INF 9.3.0.1021
- Intel HD Graphics Drivers 15.26.5.2761

Aplicativos/Games:
- MaxxMem 1.91
- CineBENCH 11.5
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- Adobe Photoshop CS5
- wPrime 2.09
- 3DMark 11
- Aliens vs Predator (DX11)
- Crysis 2 (DX11)

OBS.: Não fizemos testes da tecnologia Virtu MVP por ser bastante questionada no que diz respeito aos resultados de desempenho, jÁ que traz ganho "mentiroso" devido ao seu algoritmo.

{break::CPU-Z e GPU-Z}Antes de começarmos com os testes, nas imagens abaixo, que são screens do CPU-Z e GPU-Z, vemos alguns detalhes da mainboard, processador e demais características do sistema utilizado.



Antes de começar os testes, vamos destacar novamente o que sempre falamos em reviews de placas-mãe. Praticamente qualquer modelo utilizando o mesmo chipset terÁ a mesma performance em situação normal, sem que envolva overclock, desde que todos os sistemas utilizem os mesmos hardwares. O que vai mudar de uma placa-mãe para outra serÁ quando se trata de overclock e dos diferenciais que a marca adiciona a esses modelos, como acabamento, tecnologias extras etc. 

{break::CineBench, x264 FullHD, MaxxMem}CineBENCH 11.5
A Maximus V Extreme justifica sua existência ao conseguir desempenho quase 12% maior que o da GA-Z77X-UP7, outra placa considerada uma das melhores para overclock.

x264 Full HD Benchmark
Neste teste, que consiste na conversão de vídeo em FULL HD (1080p), a Extreme novamente mostra sua superioridade e adiciona 11% à performance da placa da GIGABYTE.

MaxxMem
No modo "copy" do MaxxMem, como vemos abaixo, a placa da ASUS ganha mais de 5% de desempenho sobre a GA-Z77X-UP7.

{break::Photoshop CS5, wPrime, 3DMark 11}Photoshop CS5
Aplicando o filtro Extrude, no Photoshop CS5, a Extreme volta a conseguir mais de 11% de vantagem sobre a placa da GIGABYTE.

wPrime
Repetindo o padrão visto até aqui, a placa da ASUS supera a rival por mais de 10%.

3DMark 11
Em nosso último "teste sintético", a GA-Z77X-UP7 consegue performance superior pela primeira vez, 5% sobre a Extreme.

{break::AvP, Crysis 2}Fizemos testes com dois games no estilo FPS: "Aliens vs Predator" e "Crysis 2" para ver o comportamento grÁfico das placas:

Aliens vs Predator
Nova vitória da placa da GIGABYTE, com acréscimo de pouco mais de 2% sobre a Maximus V Extreme.

Crysis 2
Empate técnico, jÁ que a diferença entre as duas não chega a 1%.

{break::Overclock, Testes CPU}Para o overclock do sistema, diferente da Maximus V Formula em que fizemos apenas OC manual, utilizamos também um perfil pré-programado da ASUS. O perfil se chama "GAMER" e coloca o processador Core i7 3770K trabalhando a nada menos que 4.8GHz, resultado que muitos modelos com chipset Z77 alcançam com muito suor, além da estabilidade comprometida, coisa que não acontece com a M5E.

Overclockar por perfil dÁ ao usuÁrio a garantia do modo ideal para a placa+processador em questão, jÁ que as configurações vêm da própria empresa que desenvolve a placa-mãe, e consequentemente foram amplamente testadas a fim de evitar problemas para o usuÁrio. Curiosamente, a ASUS colocou um clock bastante alto, mostrando toda sua expertise nesse quesito.

A explicação desse alto clock é simples O perfil setou "apenas" o primeiro core em 48x, diminuindo em um "ponto" a cada core, sendo 47x para o segundo, 46x para o terceiro e 45x para o quarto (veja na tela abaixo). Em um overclock manual, costumamos definir o multiplicador igual para todos os cores. No caso desse perfil da ASUS, por ter apenas o primeiro core a 48x, leia-se 4.8GHz, o mesmo tende a ter desempenho um pouco inferior a um overclock com todos os cores a 48x. Vale destacar também que um overclock com essas características, diminuindo os clocks para cada core, tende a ser mais fÁcil de estabilizar o sistema do que se setarmos todos os clock altos, além de consumir menos.

O lado negativo desse perfil específico adotado pela ASUS é que o sistema overclocka apenas o processador, e não GPU e memórias. O fato de overclockar apenas o processador é crucial para o desempenho baixo em algumas aplicações comparado ao overclock por perfil que fizesse alterações no clock das memórias e do GPU, mesmo que usando de clock do CPU mais baixo, 4.6GHz por exemplo. O overclock do sistema tende a ser melhor se vÁrios "hardwares" forem overclockado de forma moderada, do que o overclock de apenas um hardware, CPU, GPU ou memórias.

Abaixo duas telas da BIOS mostrando a configuração. Vamos ver agora como serÁ o comportamento em desempenho do sistema overclockado:

CineBENCH 11.5
A Extreme consegue um acréscimo de 14,43% sobre seu clock base quando overclockada via perfil e mais de 20% quando overclockada manualmente via BIOS. Como destacamos na pÁgina anterior, o overclock manual seta todos os cores em 48x ao contrÁrio do perfil.

Photoshop CS5
Com o Photoshop CS5 a diferença foi bem pequena entre os sistemas overclockados, em teoria porque o software não estÁ utilizando todos os cores, ao menos não nesse filtro.

wPrime
Com o wPrime no teste 1024M tivemos empate entre os overclocks manuais e o perfil levemente atrÁs, jÁ esperado sendo que o wPrime estressa todos os núcleos, como no OC por perfil alguns tem clocks mais baixos os mesmos não conseguem mesmo desempenho do oc com todos os núcleos em 48x.

{break::Overclock: Testes GPU}Também fizemos testes nos quais a GPU é mais exigida do que a CPU. Na verdade testamos os sistemas com overclock rodando o 3DMark 11, "Aliens vs Predator" e "Crysis 2", os games em resolução 1024x720.

3DMark11
Como clock da CPU não faz muita diferença no 3DMark 11, a frequência acima nas placas da GIGABYTE dÁ a ela resultados um pouco melhores, mesmo quando não estão com o processador overclockado, como vemos no grÁfico abaixo.


Aliens vs Predator
A situação se repete. Mesmo overclockada, a Maximus V Extreme não consegue superar a GA-Z77X-UP com clock base.

Crysis 2
Mais uma vez a Extreme chega perto, mas não consegue superar a placa da GIGABYTE em seu clock normal, assim como demais testes de vídeo, devido à placa da GB ter a frequência um pouco acima do padrão. Mas como é possível notar nos grÁficos, a diferença é quase nula.

{break::Conclusão}Como destacamos desde a introdução, produtos da linha Republic of Gamers da ASUS estão entre os melhores do mundo e com a placa-mãe Maximus V Extreme não é diferente. Na verdade, ela pode ser considerada uma das melhores mainboards que levam esse selo por todos seus diferenciais, especialmente tecnológicos.

A mainboard traz suporte a praticamente todas as tecnologias disponíveis no mercado, desde conexões WiFi e Bluetooth à recente Thunderbolt, que começou a ganhar espaço justamente em placas-mãe com chipset Intel de sétima geração. O suporte a quatro placas de vídeo em Crossfire ou SLI e um projeto bastante diferenciado para overclockers fecham os diferenciais da placa. PCI-Express 3.0, USB 3.0, Sata II / 6GB/s e outras tecnologias jÁ padrões de placas LGA 1155 com chipset Z77 também fazem parte desse modelo, logicamente.

Quanto ao desempenho, ela se comportou muito bem em todas as situações, inclusive em overclock. Para fazer testes um pouco diferentes, usamos um perfil pre-programado pela ASUS de overclock chamado "GAMER", disponível dentro das opções da BIOS. Quando ativamos esse perfil, a surpresa foi que o Core i7 3770K foi overclockado para 4.8GHz, clock que pode ser difícil de chegar dependendo o sistema, especialmente porque não tivemos nenhum problema de estabilidade. Alguns modelos da GIGABYTE e ECS por exemplo, não conseguiram estabilizar esse clock em reviews que fizemos. Mas vale destacar que o overclock por perfil não conseguiu superar o overclock manual e o motivo é simples: no perfil, a ASUS definiu 48x para o primeiro núcleo, 47x para o segundo, 46x para o terceiro e 45x para o quarto, overclockando apenas o CPU, sem mudanças nas memórias e clock do GPU. A GIGABYTE, por exemplo, tem um perfil em um software de overclock que aumenta o clock do CPU, GPU e memórias ao mesmo tempo, dessa forma surte efeito melhor em aplicações que façam mais uso do GPU e memórias.

Ela foi desenvolvida com componentes e tecnologias especiais para se comportar bem em overclocks extremos, um de seus diferenciais estÁ na tecnologia Subzero Sense, que dÁ ao overclocker a possibilidade de medir a temperatura mesmo quando usando nitrogênio líquido para o resfriamento do processador e mainboard. Outro destaque é o OC Key, acessório que mostra na tela diversas informações como voltagem e temperatura, tanto do CPU como da placa-mãe e mesmo da placa de vídeo. O destaque é que o sistema nem precisa estar estÁvel e funcionando, ou mesmo ligado para esses dados serem mostrados ao usuÁrio.

Uma das melhores placas do mundo socket Intel LGA 1155. Tem suporte a praticamente todas as tecnologias do mercado, de WiFi/Bluetooth a Thunderbolt e quatro placas de vídeo, e ainda se destaca em overclock extremo

PRÓS
Excelente acabamento com diferenciais da linha RoG;
Botões de acesso de power, reset, overclock e debug LED e controladores de voltagem direto no PCB da placa;
BIOS estÁvel, com ótimo layout e opções avançadas de overclock;
Acessório OC Key é bastante interessante para overclockers;
Ótimo comportamento em overclock com perfis pré-programados e tecnologias exclusivas como o Subzero Sense;
Suporte a Crossfire e SLI com quatro placas de vídeo;
A melhor suíte de aplicativos para mainboards;
Tecnologias de ponta, diversos diferenciais como WiFi, Bluetooth e Thunderbolt
CONTRAS
Praticamente nenhum ganho de desempenho sobre a geração passada de chipsets (ex.: Z68);
Uso do OC-Key restrito a placas de vídeo, jÁ que a mainboard não tem conexão DVI;
Sem conexão DVI para o vídeo integrado
Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.