ANÁLISE: Thermaltake WATER2.0 Pro

ANÁLISE: Thermaltake WATER2.0 Pro

Recebemos para anÁlise na redação o Thermaltake Water2.0 Pro, um water cooler intermediÁrio compatível com processadores Intel e AMD. Projetado para equipar CPUs de alto desempenho, o dissipador possui uma base de cobre que promete acelerar a condução do calor. Todo o processo de refrigeração pretende ser silencioso, com o design do radiador e das bombas que prometem ser "ultra eficientes".



{break::Especificações técnicas e características}Abaixo detalhes técnicos e características do cooler:

Especificações gerais


Na tabela abaixo, uma comparação entre os coolers Performer, Pro e Extreme, da Thermaltake, com a tecnologia Water2.0.


{break::O que é um Water Cooler?}

- Continua após a publicidade -

Um Water Cooler se resume a um sistema de refrigeração líquida, que utiliza a Água para resfriar os componentes do computador, ao contrÁrio dos coolers convencionais, que utilizam o próprio ar, como um ventilador, para a mesma função. A Água tem uma taxa de transferência de calor de cerca de 24 vezes maior que o ar, portanto, um water cooler se torna mais eficiente. Um refrigerador à Água gera menos ruído, jÁ que as bombas e fans trabalham a rotações baixas. Ele aumenta a vida útil dos componentes, jÁ que irão trabalhar a temperaturas mais baixas, e aumenta também a velocidade do computador.



Como funciona?

O fluido, que é a Água misturada com um aditivo, é impulsionado por uma bomba para um bloco metÁlico de cobre que fica sobre o componente que gera calor. Com a Água circulando pelo block, ocorre a troca de calor entre o fluido e essa base de cobre, refrigerando o chip. O fluido quente retorna para o radiador, onde é refrigerado novamente e volta para o block, passando pelo reservatório (que é opcional em um Water Cooler) e pela bomba, fechando um ciclo contínuo.


Água no computador? E se queimar tudo?
A probabilidade é muito pequena. Os Water Coolers são projetados para evitar que a mínima gota vaze e destrua a placa-mãe ou os outros componentes. E caso isso ocorra - lembrando sempre que o risco é praticamente zero -, o fluido utilizado (Água 100% pura + aditivo) não conduz eletricidade, eliminando o perigo de um curto-circuito.

{break::Fotos}Abaixo, uma série de fotos do cooler, que tem excelente acabamento e é bastante semelhante ao H80 da Corsair.

Como podemos ver, uma vez que não hÁ FAN sobre o block em cima do processador, não hÁ limitação com pentes de memória - como demonstraremos adiante.

- Continua após a publicidade -

{break::Instalação}Fizemos a instalação do WATER2.0 Pro sobre uma plataforma Intel LGA 2011 com um processador Core i7 3960X. 

Sobre essa plataforma, a instalação é bem simples. Basta selecionar a "presilha" referente a esse socket, prender os parafusos fixadores com o block jÁ encaixado na presilha, e pronto. Assim como grande parte dos water coolers sobre essa plataforma, a instalação foi facilitada. Isso porque a Intel desenvolveu o novo sistema de fixação, que não precisa de base pela parte inferior da mainboard - a maior dificuldade de instalação em outros sockets, tanto Intel quanto AMD.

Um ponto a se destacar também é que a Thermaltake criou um encaixe para a "arandela" que faz a fixação ao block. Tanto no H80 como o RST2011 essa "arandela" fica solta, e toda vez que vamos mexer nesses coolers, ela sai do lugar. Este é um detalhe simples de resolver e que faz toda a diferença para quem manuseia bastante o cooler, seja removendo e reinstalando ou fazendo a instalação de vÁrios componentes para alguém que trabalhe com montagem de mÁquinas.

- Continua após a publicidade -

Nas fotos abaixo podemos ver que, em uma mainboard com 8 slots de memória, o cooler não gera nenhuma limitação com kits de memória, seja em tamanho (leia-se altura) ou em quantidade, como com 8 pentes.

Caso o usuÁrio faça a instalação sobre socket Intel LGA1155, 1156, 775 ou sobre sockets AMD, serÁ necessÁrio instalar uma base pela parte de trÁs da mainboard, responsÁvel pela fixação do block que fica sobre o processador.

{break::Testes}Para os testes, usamos a plataforma Intel LGA 2011 com mainboard ASUS Rampage IV Extreme e processador Intel Core i7 3960X. Um dos modelos TOP da Intel para desktop.

Para os comparativos, utilizamos diversos coolers jÁ analisados sobre a plataforma LGA 2011, Cooler Master TPC 812Cooler Master X6 EliteCorsair Hydro Series H80Intel RTS2011LC, Cooler Master Hyper 212 EVO, Noctua NH-D14 SE2011 e Thermaltake Frio OCK.

Começaremos pelo teste com o Core i7 3960X em modo stock, ou seja, com seu clock 3.3GHz padrão. O Turbo Boost foi desativado.

Os testes estão na seguinte sequência: IDLE (sistema em modo ocioso), 3DMark 11 e wPrime, sendo este último o mais exigente porque gera stress test em todos os núcleos do processador. 

IDLE (ocioso)
Começamos pelo teste em modo ocioso, com o sistema operacional em espera sem estar executando nenhuma tarefa onerosa para o processador.

O WATER2.0 apresentou uma performance dentro dos padrões, apenas um grau acima do H80, outro water cooler, em modo Performance.

3DMark 11
Quando exigimos um pouco mais do processador com o 3DMark 11, o WATER2.0 mostrou a que veio, e se manteve três graus abaixo do H80. Na verdade, o cooler obteve a melhor performance entre todos os testados.

wPrime
Finalmente no teste que exige 100% da capacidade do processador, o cooler repetiu o bom desempenho, superando todos os demais e ficando um grau abaixo do H80 em modo performance.

{break::Overclock}Colocamos o Core i7 3960X trabalhando a 4.7GHz, clock alto se levarmos em conta que o clock padrão desse processador é 3.3GHz - ou seja, aumento de 42%.

IDLE (ocioso)
Empata com grande parte dos demais modelos. Desempenho esperado, considerando que o sistema não estÁ trabalhando.

3DMark 11
Aqui o WATER2.0 realmente se destaca dos demais e consegue ficar oito graus abaixo do H80 em modo Performance.

wPrime
Novamente, o Water Cooler da Thermaltake faz bonito e se mantém muito superior aos demais, com seis graus a menos que o H80 em modo Performance.

{break::Conclusão}O WATER2.0 Pro se saiu muito bem nos testes, apresentando, na grande maioria dos casos, temperaturas inferiores a todos os demais. Sua superioridade fica mais evidente quanto mais exigimos do sistema, e ele se destaca de verdade durante o overclock do processador.

Mesmo quando comparado ao H80 da Corsair ou ao RST2011, ambos também Water Coolers, o WATER2.0 PRO mostra-se mais eficiente e capaz de manter o processador em baixas temperaturas mesmo quando estiver com o clock consideravelmente acima do padrão, como no caso do Core i7 3960X que colocamos trabalhando a 4.7GHz.

Um ponto a favor neste e na grande maioria dos Water Coolers é que, devido ao conceito de ter um block que ocupa uma Área pouco maior do que o processador na mainboard, não gera nenhuma limitação com kits de memória. É uma vantagem sobre vÁrios modelos de air coolers que limitam a instalação de uma série de modelos de memórias.

Seu preço em cenÁrio nacional fica entre R$ 350 e R$ 400, valor alto mas dentro do esperado por se tratar de um Water Cooler. Para efeito de comparação, o Corsair H80, bastante semelhante ao WATER2.0 Pro, estÁ custando cerca de R$ 60 a menos na Kabum.

Também destacamos que a linha WATER2.0 é composta de três modelos: além do PRO, temos o PERFORMANCE (modelo mais simples da série com apenas um FAN) e o EXTREME (modelo top com radiador estendido com duplo FAN um ao lado do outro).

O cooler que apresentou o melhor desempenho entre todos os modelos que jÁ passaram pelo Adrenaline

PRÓS
Excelente acabamento
Suporte a praticamente todos os sockets do mercado
Muito eficiente
Silencioso
Sem limitações com memórias
CONTRAS
Custo alto, média de R$ 400 no Brasil
Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.