ANÁLISE: ASUS Maximus V Formula

ANÁLISE: ASUS Maximus V Formula

Demorou, mas finalmente a ASUS lançou suas placas-mãe com chipset Intel Z77 da série Republic of Gamers (ROG). Diferente de modelos anteriores, que mesmo com toda a qualidade jÁ esperada de produtos da ASUS, a linha de placas Z77 com selo ROG ficou mais "tempo no forno", dessa forma a empresa conseguiu trabalhar melhor a fim de entregar produtos em teoria melhor do que qualquer outro lançado anteriormente.

Vamos analisar o modelo Maximus V Formula, assim como as demais, com layout nas cores preto e vermelho, visual bastante imponente e clÁssico de todos os produtos que levam o selo ROG. Seu preço nos EUA atualmente é de $ 279 dólares, dentro do esperado por ser lançamento e pelo projeto consideravelmente acima da média como mostraremos no decorrer da review.

{break::O que é uma placa-mãe}A placa-mãe é o componente central de todo computador (e alguns outros dispositivos eletrônicos, como smartphones e tablets). Ela fornece as conexões elétricas através das quais os outros componentes se comunicam, unificando-os em um só sistema. É na placa-mãe que são ligados elementos chave como processador, placas de vídeo dedicadas e memórias. Além disso, modelos modernos oferecem suporte integrado a Áudio, controlador grÁfico (dispensando a existência de uma placa de vídeo para a funcionalidade bÁsica de um monitor), controlador de rede, USB 2.0 (com os 3.0 se tornando mais comuns) e algumas outras coisas.

Atualmente, podemos dizer que as placas-mãe são diferenciadas entre si por três características base: soquete, chipset e tamanho. O soquete é a "peça" feita para o encaixe e instalação do processador, que funciona como o cérebro de um computador. Os diferentes modelos de processadores exigem diferentes tipos de soquetes, e geralmente só funcionam com aqueles feito especificamente para eles. O chipset é o conjunto de circuitos integrados (chips) instalado na placa e também funciona apenas com determinadas famílias de processadores. Por controlar a comunicação entre processador e demais aparelhos externos, detém um papel crucial na performance do sistema, além das tecnologias disponíveis. O tamanho é a característica com menor importância, mas que define elementos fundamentais como suporte a múltiplas placas de vídeo. Além disso, pode impossibilitar a instalação em alguns gabinetes, no caso de placas maiores.

Por se tratar de uma peça tão central e que envolve tanta troca de energia constante, as placas-mãe modernas apresentam encaixe para cooler sobre o processador e fornecedores de energia para fans adicionais, além de poder contar com dissipadores de calor integrados à sua própria estrutura. Algumas placas também contam com sensores de temperatura para detectar o calor, possibilitando o controle da velocidade dos fans através da BIOS (um sistema de controle bÁsico do sistema).

- Continua após a publicidade -

{break::Chipset Intel série 7}

Antes de falar da placa-mãe, vamos falar um pouco dos chipsets de 7ª geração da Intel. Como normalmente ocorre, o lançamento de uma nova geração de processadores representa a chegada de uma nova linha de chipsets. Seja pela necessidade de uma nova pinagem, sejam pelas novas tecnologias embarcadas na CPU. E com o Ivy Bridge não é diferente.

Apesar de ser retro compatível com as atuais placas mães LGA-1155 (via atualização de BIOS/Firmware), a Intel disponibilizou um novo chipset – série 7, de forma a suportar algumas de suas novidades, como é caso do PCI Express 3.0, do USB 3.0 e do Smart Response Technology.

Ao todo são 6 modelos de chipsets: Z77, Z75, H77, Q77, Q75 e B75. De forma simples, enquanto que as 3 primeiras linhas são voltados para os usuÁrios domésticos, as 3 restantes são especialmente desenhadas para o mercado corporativo.

Em relação às opções domésticas, se antes a linha H se diferenciava da Z pelo fato da primeira trazer saída para o vídeo integrado, o mesmo jÁ não vale para a atual série 7, uma vez que ambas contam com o suporte ao IGP do IVB. Assim, a diferença estÁ no suporte ao overclock.

As placas mães da linha Z foram projetadas para tirar todo o potencial de OC dos novos processadores – em especial as CPUs com sufixo K. JÁ nas Hs, o overclock não é permitido.

HÁ ainda outra diferenciação entre os chipsets. São os numerais 75 e 77. Assim, todas as placas mães equipadas com um chipset com número 77 indica que esta traz suporte para o recurso Smart Response Technology (SRT), que em outras palavras, utiliza um SSD como caching para acelerar o desempenho do sistema. Atualmente apenas as mobos com o chipset Z68 suportam tal recurso.

A nova linha Intel série 7 possui um total de 14 portas USB, sendo 4 do padrão 3.0. Por sua vez, a CPU por si só suporta o PCI Express 3.0 de 16 linhas, nas seguintes configurações: 1x16, 2x8 ou 1x8 + 2x4. Vale mencionar que a configuração x4 de um PCIe 3.0 equivale a largura de banda de um PCIe 2.0 x8, desde, claro, que a placa em questão consiga tirar proveito do PCI Express 3.0.

- Continua após a publicidade -

Ao suportar a geração 3 do PCIe, a Intel dobra a taxa de transferência em relação ao PCIe Gen 2 (passando de 16GB/s para 32GB/s – nas placas acessórias, o ganho saiu de 500MB/s para 1GB/s por pista/linha), evitando assim qualquer possibilidade de gargalo no trÁfego dos dados. Trata-se de algo fundamental para as recém-lançadas Radeons 7000 e GeForces da série 600. Em relação as memórias, os chipsets da série 7 – assim como o próprio Ivy Bridge, é do tipo dual channel, ou seja, suportam DDR3 aos pares.

Conforme jÁ abordado no tópico sobre a arquitetura do IVB, a controladora estÁ mais flexível, suportando DDR3L (para portÁteis) em 1.35V e DDR3 em 1.5V.

No campo da melhoria na perda de corrente, o IVB dÁ um passo adiante, ao permitir o desligamento por completo da interface DDR3, nos casos em que não hÁ qualquer memória externa utilizada.

Em relação às frequências de operação, a Intel ampliou consideravelmente o poder de overclock, permitindo assim DDR3 em até 2800Mhz (contra 2133Mhz no SNB).

Se tratando do consumo de energia e dissipação térmica, por possuir um TDP mÁximo de 77W (50W a menos do que a versão top da linha Sandy Bridge-E e 18W a menos do que o Core i7 2600K/2700K, as complexidades nos projetos de alimentação (VRM) podem estar com os dias contados. Assim, deverÁ sair de cena placas mães com 24 fases de VRM, resultando assim no fim da necessidade de se encaixar dois conectores de 8 pinos de 12V à mobo. Talvez as soluções mais robustas baseadas no Ivy Bridge necessitem de um conector de 4 pinos de 12V.

- Continua após a publicidade -


Tecnologia Intel® Smart Response
Velocidade SSD com capacidade de HD

A Tecnologia Intel® Smart Response melhora a performance geral do sistema, usando um rÁpido SSD (mínimo necessÁrio disponível de 18.6 GB) instalado como uma cache para dados frequentemente acessados. Os principais benefícios incluem menores tempos de carregamento e espera e consumo de energia mais baixo através da eliminação do giro desnecessÁrio do hard drive. Esta tecnologia combina a performance SSD com a capacidade de um disco rígido, operando até seis vezes mais rÁpido que um sistema que só trabalha com hard drives.

Tecnologia Intel Smart Connect
Auto aplicação de atualização. Menos tempo de espera

Seu computador pode receber atualizações da web com novos conteúdos para aplicativos selecionados até mesmo quando o sistema estÁ em sleep mode. Isto significa menos tempo esperando que aplicativos atualizem e sincronizem com a nuvem, levando a uma experiência de computação mais efetiva.

Tecnologia Intel® Rapid Start
Ativação instantânea da mÁquina no Sleep Mode

Permite que seu computador volte à atividade em segundos quando em sleep mode. Economizando sua memória de sistema para o SSD designado, esta tecnologia fornece ao seu computador um tempo de resposta mais rÁpido, mantendo baixo o consumo de energia.

{break::Especificações}Confira os componentes e conectores da Maximus V Formula:

Abaixo, todas as especificações da mainboard:

CPU
Intel® Socket 1155 for 3rd/2nd Generation Core™ i7/Core™ i5/Core™ i3/Pentium®/Celeron® Processors
Supports Intel® 22 nm CPU
Supports Intel® 32 nm CPU
Supports Intel® Turbo Boost Technology 2.0
* The Intel® Turbo Boost Technology 2.0 support depends on the CPU types.
* Refer to www.asus.com for CPU support list


Chipset
• Intel® Z77 Chipset

Memory
4 x DIMM, Max. 32GB, DDR3 2800(O.C.)/2666(O.C.)/2600(O.C.)/2400(O.C.)/2200(O.C.)/2133(O.C.)/1866(O.C.)/1600/1333/1066 MHz Non-ECC, Un-buffered Memory
Dual Channel Memory Architecture
Supports Intel® Extreme Memory Profile (XMP)
* Hyper DIMM support is subject to the physical characteristics of individual CPUs.
* Refer to www.asus.com or user manual for the Memory QVL (Qualified Vendors Lists).

Graphic
Integrated Graphics Processor
Multi-VGA output support : HDMI/DisplayPort ports
- Supports HDMI with max. resolution 1920 x 1200 @ 60 Hz
- Supports DisplayPort with max. resolution 2560 x 1600 @ 60 Hz
Supports Intel® HD Graphics, InTru™ 3D, Quick Sync Video, Clear Video HD Technology, Insider™

Multi-GPU Support
Supports NVIDIA® SLI™ Technology
Supports AMD 3-Way CrossFireX™ Technology
Supports AMD CrossFireX™ Technology
Supports LucidLogix® Virtu™ MVP Technology *1

Expansion Slots
3 x PCIe 3.0/2.0 x16 (x16 or dual x8 or x8/x4/x4) *2
1 x PCIe 2.0 x4
3 x PCIe 2.0 x1
1 x mini-PCIe 2.0 x1 *3

Storage
Intel® Z77 chipset :
2 x SATA 6Gb/s port(s), red
2 x SATA 3Gb/s port(s), black
1 x eSATA 3Gb/s port(s), red
1 x mini-SATA 3Gb/s port(s) , black
Support Raid 0, 1, 5, 10
Supports Intel® Smart Response Technology, Intel® Rapid Start Technology, Intel® Smart Connect Technology *4
ASMedia® PCIe SATA controller : *5
4 x SATA 6Gb/s port(s), red

LAN
Intel®, 1 x Gigabit LAN Controller(s)

Wireless Data Network
Wi-Fi 802.11 a/b/g/n
Supports dual band frequency 2.4/5 GHz

Bluetooth
Bluetooth V4.0
Bluetooth V3.0+HS

Audio
SupremeFX IV built-in 7.1-Channel High Definition Audio CODEC
- Output Signal-to-Noise Ratio (A-Weighted): 110 dB
- Output THD+N at 1kHz: 95 dB
- TI 6120A2 high fidelity headphone amplifier
- Supports : Jack-detection, Multi-streaming, Front Panel Jack-retasking
Audio Feature :
- SupremeFX Shielding™ Technology
- ELNA premium audio capacitors
- 1500 uF Audio Power Capacitor
- Blu-ray audio layer Content Protection
- DTS Ultra PC II
- DTS Connect
- Optical S/PDIF out port(s) at back panel

USB Ports
Intel® Z77 chipset :
4 x USB 3.0 port(s) (2 at back panel, blue, 2 at mid-board)
Intel® Z77 chipset :
8 x USB 2.0 port(s) (4 at back panel, black+white, 4 at mid-board)
ASMedia® USB 3.0 controller :
2 x USB 3.0 port(s) (2 at back panel, blue)

Overclocking Features
mPCIe Combo™ (mPCIe/mSATA combo card)
ROG Connect :
- RC Diagram
- RC Remote
- RC Poster
- GPU TweakIt
Extreme Engine Digi+ II :
- 8 -phase CPU power design + 4 -phase iGPU power design
- 2 -phase Memory power design
ROG Extreme OC kit :
- Slow Mode
- LN2 Mode
- EZ Plug
ProbeIt
UEFI BIOS features :
- ROG BIOS Print
- GPU.DIMM Post
GameFirst II
iROG
Extreme Tweaker
Loadline Calibration
USB BIOS Flashback
Overclocking Protection :
- ASUS C.P.R.(CPU Parameter Recall)

Special Features
ASUS TurboV EVO :
- CPU Level Up
ASUS EPU :
- EPU
ASUS Wi-Fi GO!
- Wi-Fi GO! Function: DLNA Media Hub, Smart Motion Control, Remote Desktop, Remote Keyboard & Mouse, File Transfer, Capture & Send
ASUS Exclusive Features :
- AI Suite II
- Ai Charger+
- USB Charger+
- USB 3.0 Boost
- Disk Unlocker
ASUS Quiet Thermal Solution :
- ASUS Fan Xpert 2
ASUS EZ DIY :
- ASUS O.C. Profile
- ASUS CrashFree BIOS 3
- ASUS EZ Flash 2
ASUS Q-Design :
- ASUS Q-Shield
- ASUS Q-Code
- ASUS Q-LED (CPU, DRAM, VGA, Boot Device LED)
- ASUS Q-Slot
- ASUS Q-DIMM
- ASUS Q-Connector

Back I/O Ports
1 x DisplayPort
1 x HDMI
1 x eSATA 3Gb/s
1 x LAN (RJ45) port(s)
4 x USB 3.0
4 x USB 2.0
1 x Optical S/PDIF out
1 x Optical S/PDIF in
5 x Audio jack(s)
1 x Clear CMOS button(s)
1 x ROG Connect On/ Off switch(es)

Internal I/O Ports
1 x USB 3.0 connector(s) support(s) additional 2 USB 3.0 port(s)
2 x USB 2.0 connector(s) support(s) additional 4 USB 2.0 port(s)
6 x SATA 6Gb/s connector(s)
2 x SATA 3Gb/s connector(s)
2 x CPU Fan connector(s) (4 -pin)
3 x Chassis Fan connector(s) (4 -pin)
3 x Optional Fan connector(s) (4 -pin)
1 x S/PDIF out header(s)
1 x 24-pin EATX Power connector(s)
1 x 8-pin ATX 12V Power connector(s)
1 x 4-pin ATX 12V Power connector(s)
1 x Front panel audio connector(s) (AAFP)
1 x System panel(s)
1 x Slow Mode switch(es)
8 x ProbeIt Measurement Points
3 x Thermal sensor connector(s)
1 x LN2 Mode header(s)
1 x EZ Plug connector(s) (4-pin Molex power connector)
1 x Power-on button(s)
1 x Reset button(s)
1 x Go Button(s)
1 x mPCIe Combo header(s)

Accessories
User's manual
I/O Shield
2 x SATA 3Gb/s cable(s)
4 x SATA 6Gb/s cable(s)
1 x SLI bridge(s)
1 x Q-connector(s) (2 in 1)
1 x ROG Connect cable(s)
1 x 12 in 1 ROG Cable Label(s)
1 x mPCIe Combo card(s) with dual band WiFi 802.11 a/b/g/n module + Bluetooth v4.0/3.0+HS module
1 x 2-in-1 RF Cable(s)
2 x Wi-Fi Ring Moving Antenna(s)

BIOS
64Mb UEFI AMI BIOS, PnP, DMI2.0, WfM2.0, SM BIOS 2.5, ACPI2.0a Multi-Language BIOS

Manageability
WfM2.0, DMI2.0, WOL by PME, PXE

Support Disk
Drivers
Kaspersky Anti-Virus
DAEMON Tools Pro Standard
GameFirst II
ROG CPU-Z
Mem TweakIt
ASUS AI Suite II
ASUS WebStorage
ASUS Utilities

Form Factor
Extended ATX Form Factor
12 inch x 10.1 inch ( 30.5 cm x 25.7 cm ) 

Note
*1: LucidLogix Virtu MVP supports Windows 7 operating systems.
*2-1: PCIe 3.0 speed is supported by Intel® 3rd generation Ivy Bridge Core™ Processors.
*2-2: x8/x4/x4 mode is supported by Intel® 3rd generation Ivy Bridge Core™ Processors.
*3-1: The mPCIe 2.0 x1 slot is located on mPCIe Combo™ expansion card.
*3-2: The mini-PCIe slot is pre-installed with an Wi-Fi/Bluetooth module.
*4: Supports on Intel® Core™ processor family with Windows® 7 operating systems.
*5: These SATA ports are for data hard drives only.

{break::Tecnologias by ASUS}

Solução Fusion Thermo

O ROG Fusion Thermo é mais do que um cooler VRM. Ele combina resfriamento 100% por Água, com tubulação de níquel galvanizado. Escolhendo entre resfriamento por Água-ar ou ar-Água, o sistema Fusion Thermo oferece o desempenho mÁximo a baixas temperaturas.


ESD Guards
O chip anti-estÁtica exclusivo da ASUS, um design de proteção de circuito, e o escudo I/O oferecem proteção quatro vezes melhor contra descargas eletroestÁticas (ESD, no original), para aumentar o tempo de vida dos componentes.



Novo DIGI+ Power Control

O novo Controle inclui múltiplos controladores digitais de voltagem, permitindo modulação e sintonização precisa para a CPU, iGPU e DRAM, causando maior eficiência, estabilidade e melhor performance. Com o Intel VRD (voltage regulator down) 12.5, a potência da CPU pode ser diminuída pela metade, criando um PC mais silencioso e refrigerado, visando melhor controle para maior economia de energia.

UEFI BIOS

Esta tecnologia oferece o primeiro BIOS grÁfico controlado por mouse desenhado com modos selecionÁveis e suporte nativo para hard drives de mais de 2.2 TB. UsuÁrios também podem arrastar e largar as prioridades de boot com o exclusivo modo EZ, enquanto o Modo Avançado (Advanced Mode) oferece configurações mais complexas.

- Hotkey no F12 para snapshot da BIOS
- Atalho no F3 para informações mais acessadas
- Informação ASUS DRAM SPD (Serial Presence Detect), detectando DIMMs defeituosos e ajudando em situações difíceis de post.

USB BIOS Flashback

Uma atualização baseada em hardware verdadeiramente revolucionÁria. USB BIOS Flashback oferece o modo mais conveniente jÁ inventado de atualizar o BIOS. Ele permite que usuÁrios instalem novas versões do UEFI BIOS, mesmo sem o uso de hardwares como uma CPU ou DRAM instalados na placa-mãe. Apenas plugue um pen drive contendo o arquivo BIOS e aperte o botão BIOS Flashback por três segundos com a fonte de energia conectada. O UEFI BIOS então irÁ automaticamente atualizar sem a necessidade de mais interferências. Com seu novo e complementar aplicativo para Windows, os usuÁrios podem regularmente verificar se existem novas atualizações para o UEFI BIOS e baixar o mais recente BIOS automaticamente.

USB 3.0 Boost

A nova tecnologia ASUS USB 3.0 Boost suporta UASP (USB Attached SCSI Protocol), o mais recente padrão USB 3.0.Com a tecnologia USB 3.0 Boost, a velocidade de transmissão de um aparelho USB é aumentada para 170%, adicionando à jÁ impressionante velocidade de transferência do USB 3.0. O software da ASUS automaticamente acelera as velocidades de dados para periféricos compatíveis com USB 3.0 sem a necessidade de qualquer interferência do usuÁrio.

LucidLogix Virtu MVP

LucidLogix Virtu MVP apresenta a Tecnologia HyperFormance, que melhora o desempenho de sua placa de vídeo dedicada em até 60% além da performance original através do teste do 3DMark Vantage. Desenvolvida para processadores grÁficos Intel e PCs com Windows 7, combina o desempenho de placas de vídeo dedicadas com a rÁpida computação de uma GPU integrada. Além disso, com o recém-desenvolvido Virtual Sync, os usuÁrios podem aproveitar uma experiência em games mais suave ao eliminar os screen tearings. LucidLogic Virtu MVP também pode dinamicamente atribuir tarefas à melhor fonte grÁfica disponível, baseado em poder, performance e carregamento do sistema. Isto dÁ aos usuÁrios a possibilidade de desfrutar de uma conversão de vídeo três vezes mais rÁpida com a tecnologia Intel Quick Sync Video enquanto mantendo uma renderização 3D e uma performance no game de alta qualidade, fornecida tanto por placas de vídeo NVIDIA e AMD. Quando a placa de vídeo dedicada não for necessÁria, o consumo de energia cai automaticamente para próximo de zero, tornando o sistema mais amigÁvel ao meio ambiente.

PCIe 3.0 Ready
PCI Express 3.0 é a mais recente tecnologia PCI Express, com melhorados esquemas de codificação que oferecem o dobro da performance da atual PCIe 2.0. A largura de banda de um link 16x atinge um mÁximo de 32 GB/s, duas vezes os 16 GB/s da atual geração (em modo 16x).

Suporte a Multi-GPU SLI e Multi-GPU CrossFireX
A placa-mãe oferece ao usuÁrio a opção multi-GPU tanto para SLI™ ou CrossFireX. A placa-mãe apresenta a mais poderosa plataforma Intel Z77 para otimizar a localização PCIe em configurações de múltiplas GPUs.

A empresa criou um vídeo para demonstrar as principais tecnologias da placa, confiram abaixo:

{break::Softwares by ASUS}

Wi-Fi GO!

Wi-Fi GO! permite a criação de hubs DLNA para transferência de conteúdo via streaming do computador diretamente para televisões, consoles e dispositivos que possuam suporte para essa tecnologia. O proprietÁrio dessa placa também pode usar um tablet ou smartphone como segundo monitor, permitindo até mesmo que um zoom seja aplicado sobre a tela extra. Também é possível operar o computador à distância (VNC) e configurar gestos que fazem uso do acelerador do smartphone, permitindo que o aparelho se transforme em uma espécie de wiimote. Dessa forma, é possível trocar de música ou passar para o próximo arquivo de vídeo com o movimento do celular.

Recursos de mouse e teclado do computador também podem ser utilizados pelos dispositivos móveis e, como se não bastasse, é possível usar o PC como um roteador, transformando-o em um ponto de acesso de rede Wi-Fi. Tudo isso, mais uma vez, aliado a softwares grÁficos que exigem apenas um clique do mouse para serem ativados.

A transferência de arquivos via rede wireless também fica mais fÁcil. Basta clicar com o botão direito sobre ao arquivo desejado e, a partir do menu de contexto, escolher a opção Wi-Fi GO! para enviÁ-lo diretamente para outro dispositivo.

Wi-Fi Engine

A tecnologia é um gerenciador gratuito de rede sem fio através dos modos cliente e AP, que permite compartilhar sua rede através da placa wireless.



USB Charger

O software permite carregar carregar seu dispositivo através da porta USB com mais velocidade, entregando maior carga de energia.



FanExpert

O software traz a flexibilidade térmica e a capacidade de resposta para níveis ainda não alcançados. O modo de ajuste automÁtico da ventoinha analisa as ventoinhas individualmente para detectar as suas propriedades térmicas através da detecção automÁtica da velocidade.

A variação da velocidade da ventoinha pode ser ajustada automÁtica ou manualmente, atingindo um equilíbrio entre refrigeração e ruído. O Fan Xpert 2 também inclui um modo de RPM fixo para utilizadores que desejem reduzir os níveis de ruído para aproximadamente 0dB, com os controladores de velocidade da ventoinha muito precisos que reagem ao sistema atual de carregamento para uma resposta mais precisa.

GameFirst

Ativando o programa Game First II, é possível gerir e moldar o trÁfego da rede para eliminar a latência da rede interna, algo considerado crítico por jogadores. Os usuÁrios podem ouvir música on-line, fazer downloads ou uploads de ficheiros e conversar via chats na internet sem sacrificar os tempos de ping necessÁrios para dominar os seus oponentes.

{break::Fotos, BIOS}Analisar as placas da ASUS da série ROG é muito bom porque elas tem um toque a mais do que a grande maioria dos modelos, com a Maximus V Formula não é diferente. A placa é linda, com diversas características visuais diferenciadas. Podemos destacar o suporte a water cooler nos dissipadores e os leds vermelhos que caracterizam a placa, desde o logo Republic os Gamers e SupremeFX, até um filete que faz um caminho pela, gerando um visual bem maneiro quando o ambiente estÁ escuro, ideal para um gabinete com lateral acrílica transparente.

Lógico que ela vai muito além disso, botões de power, reset, go button(overclock), debug led, uma série de conectores para FANs, conectores de energia extra, tudo que um usuÁrio entusiasta deseja para montar uma mÁquina TOP com processador socket LGA 1155.

Outro grande destaque dessa placa estÁ no suporte a Bluetooth e Wireless através de um conector que é fixado no painel traseiro, sendo que as antenas possuem imã para "fixa-los" ao gabinete, como é possível ver abaixo nas fotos.

Por enquanto foi a placa-mãe mais linda e imponente que jÁ passou aqui para a plataforma Intel LGA 1155, sonho de consumo pra muita gente.

Confiram abaixo nas fotos em detalhes o que acabamos de destacar: 


BIOS
Comprovadamente a ASUS estÁ entre as três melhores empresas quando o assunto é BIOS, sempre sendo uma das pioneiras quando se trata de novas funcionalidades e funções avançadas.

A Maximus V Formula traz uma série de opções para usuÁrios avançados, sendo uma das melhores opções do mercado para quem deseja overclockar o sistema.

Abaixo uma série de screens da BIOS mostrando algumas características disponíveis dentro dela.


{break::MÁquinas/Softwares utilizados}Abaixo algumas fotos do sistema com a mainboard analisada, algumas fotos mostrando como a placa fica com o ambiente escuro, em seguida os sistemas utilizados nos comparativos.

MÁquinas utilizadas nos testes:
- Intel Core i7 3770K + ASUS Maximus V Formula
- Intel Core i7 3770K + ASUS P8Z68-V Pro
- Intel Core i7 3770K + ASUS Sabertooth Z77
- Intel Core i7 3770K + ECS Z77H2-AX Black Extreme Golden
- Intel Core i7 3770K + GIGABYTE GA-Z77X-UD5 TH
- Intel Core i7 3770K + GIGABYTE GA-Z77X-UD5H WIFI
- Intel Core i7 3770K + MSI Z77A-GD65
- Intel Core i7 3770K + MSI Z77A-GD80

- Placa de vídeo: Integrada - HD Graphics 4000 (Core i7 3770K)
- Memórias: 8 GB G.Skill ARES @ 1600MHz (2x4GB)
- HD: Seagate ST31000528AS 1TB SATA II 7200RPM
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 64 Bits com Updates
- Intel INF 9.3.0.1019
- Intel HD Graphics Drivers 15.26.5.2656
- Intel HD Graphics Drivers 15.26.12.2761 (, ASUS Maximus V Formula, Z77A-GD80, GA-Z77X-UD5H WiFi / GA-Z77X-UP5 TH)

Aplicativos/Games:
- Sandra Lite 2012
- CineBENCH 11.5
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- Adobe Photoshop CS5
- wPrime 2.09
- 3DMark 11
- Aliens vs Predator (DX11)
- Crysis 2 (DX11)
- Far Cry 2 (DX10)

OBS.: Não fizemos testes da tecnologia Virtu MVP devido a ela ser bastante questionada no que diz respeito aos resultados de desempenho, jÁ que traz ganho "mentiroso" devido seu algoritmo.

{break::CPU-Z e GPU-Z}Antes de começarmos com os testes, nas imagens abaixo, que são screens do CPU-Z e GPU-Z, vemos alguns detalhes da mainboard, processador e demais características do sistema utilizado.

Vale destacar aqui que desativamos o Turbo Boost para deixar o processador com seu clock padrão.



Antes de começar os testes, vamos destacar novamente o que sempre falamos em reviews de placas-mãe. Praticamente qualquer modelo utilizando o mesmo chipset terÁ a mesma performance em situação normal, sem que envolva overclock, desde que todos os sistemas utilizem os mesmos hardwares. O que vai mudar de uma placa-mãe para outra serÁ quando se trata de overclock e dos diferenciais que a marca adiciona a esses modelos, como acabamento, tecnologias extras etc. 

{break::Sandra 2012}SiSoftware Sandra 2012
Com o teste de processamento aritmético do Sandra, podemos ver o que estarÁ em todos os demais testes: Empate técnico entre as placas. Com exceção exatamente para a UP5 TH, que consegue resultado cerca de 7% inferior às demais.

Com o teste de memória observamos um novo empate técnico entre praticamente todas.

{break::CineBench, x264 FullHD}CineBENCH 11.5
Aqui ainda podemos notar um padrão que se manterÁ na maioria dos benchmarks dos modelos testados: variações não superiores a 3% entre todas as placas. Aqui a Maximus V conseguiu o melhor desempenho, 1% acima da GA-Z77X-UD5H.

x264 Full HD Benchmark
Neste teste, que consiste na conversão de vídeo em FULL HD (1080p), as diferenças praticamente desaparecem, com exceção da placa da ECS, que fica insignificantes 0,4% atrÁs das demais placas e da Maximus V, 0,4% acima.

{break::Photoshop CS5, wPrime, 3DMark 11}Photoshop CS5
Aplicando o filtro Extrude, no Photoshop CS5, voltamos a ver mais variações nos desempenhos das placas, e a Maximus V se destaca, com desempenho 3,47% mais rÁpido que a GA-Z77X-UD5H WIFI e 6,61% que a Z77A-GD65.

wPrime
Novo equilíbrio entre os modelos testados, com insignificantes 0,86% separando a placa com melhor performance, a Maximus V, da mais lenta.

3DMark 11
Em nosso último "teste sintético", vemos novamente o equilíbrio entre todos os modelos de nosso comparativo, com apenas a UD5H WIFI se destacando, com performance superior em mais de 3% em relação à Maximus V e demais placas.

{break::AvP, Crysis 2, Far Cry 2}Fizemos testes com 3 games no estilo FPS: Aliens vs Predator, Crysis 2 e Far Cry 2. Começamos por "Aliens vs Predator", que traz o suporte ao DX11 e que foi muito bem recebido por público e crítica. Vale destacar que em todas as mainboards utilizamos a GPU integrada no processador Core i7 3770K.

Aliens vs Predator
A Maximus V fica pouco menos de 2% atrÁs da GA-Z77X-UD5H e cerca de 0,5% acima da Z77A-GD80. No entanto, a diferença prÁtica de FPS é muito pequena (não chega a 3) para ficar evidente durante o jogo.

Crysis 2
Talvez o melhor game do mercado no quesito grÁfico. Assim como com o "Aliens vs Predator", rodamos o game em DX11 na resolução de 1280x1024, mas agora, ao invés de baixa, em alta qualidade.

Resultados nos mostram como é possível jÁ encarar alguns games apenas com a GPU integrada dentro do processador, e que as mainboards testadas influenciaram pouco nos resultados. A Maximus V deixa a Z77A-GD80 conseguir o empate, ficando 2,5% abaixo da GA-Z77X-UD5H WIFI.

Far Cry 2
Abaixo, nos testes com o game "Far Cry 2", novo empate técnico entre as demais placas, além da UD5H WIFI, que mantém a liderança e uma superioridade de 3% na média. Mesmo assim, sua vantagem fica a pouco mais de um frame por segundo, o que não faria grande diferença prÁtica. A Maximus V fica novamente na segunda posição, 2% abaixo da primeira colocada e 0,75% acima da GD80.

{break::Overclock}Como todo mundo espera, quando falamos em um processador TOP da Intel que leva o selo "K" - que indica um produto desbloqueado -, não poderíamos deixar de criar boas expectativas sobre o comportamento do Core i7 3770K quando overclockado.

Mas para conseguir resultados bons, os hardwares da mÁquina, em especial a placa-mãe, precisam caminhar ao lado do processador, a Maximus V Formula estÁ entre as melhores opções do mercado para essa situação, oferecendo ao usuÁrio, seja ele leigo ou avançado, possibilidades de dar um belo upgrade no desempenho com overclock do sistema.

Overclockamos a mÁquina de duas formas, uma colocando o processador trabalhando em 4.8GHz, algo que apenas as placas da MSI tinham conseguido em nossos testes, logicamente que estamos considerando chegar a um clock e se manter estÁvel, sendo que muitos outros modelos poderiam dar boot a 4.8GHz ou até mais, mas não conseguem se manter estÁvel em testes. Além do overclock manual do 3770K para 4.8GHz, também fizemos o overclock do sistema através do perfil mais alto do aplicativo TurboV EVO da ASUS, um dos vÁrios que faz parte do ASUS Suite II.

O aplicativo além de overclockar o processador para 4.6GHz, também overclocka as memórias, que pularam de 1600MHz para  1866MHz, consequentemente também overclockou as memórias do vídeo integrado, jÁ que essas utilizam as memórias do sistema.

Nos testes a seguir veremos que em algumas situações, onde o processador é mais exigido, o clock de 4.8GHz vai sobressair sobre os demais, como com o aplicativo wPrime, jÁ em outros testes como rodando um game, o overclock do sistema através do perfil das empresas vai se comportar melhor, porque além do processador as memórias e o vídeo integrado são overclockados, dessa forma por tais aplicações utilizarem bastante o vídeo vão conseguir melhores resultados do que apenas overclockando o processador, mesmo que esse com clock mais alto.

Primeiro vamos as telas do aplicativo TurboV EVO da ASUS, utilizado para overclockar o sistema sem entrar na BIOS. Colocamos tudo que era possível no mÁximo, sem interferir em opções de voltagem. Confiram abaixo as telas do aplicativo:

Mais abaixo a tela do CPU-Z com o overclock manual do Core i7 3770K para 4.8GHz, feito pela BIOS da placa mãe. Aumentamos a voltagem do CPU para 1.4v para o processador estabilizar em todos os testes.


{image}{image}

{break::Overclock: CineBENCH, PS CS5, wPrime}CineBENCH 11.5
Começamos os testes pelo software que mede desempenho do sistema quando renderizando uma imagem.

A Maximus V, com seu perfil programado, consegue um aumento de 29%, o que a deixa pouco mais de 1% atrÁs da UD5H WIFI. No overclock manual, no entanto, consegue ganho de 34%, ficando atrÁs apenas das placas da MSI, com uma diferença que não chega a 0,5%.

Photoshop CS5
Tanto o perfil programado quando o overclock manual deixam a placa com a performance mais rÁpida entre todas as testadas, com uma diferença maior do que 2%. O aumento em relação ao clock base foi de até 25%.

wPrime
Por fim, no teste do wPrime, a Maximus V com overclock manualconsegue empate técnico com as duas MSI e a ASUS Sabertooth Z77, se distanciando das demais por mais de 1%. No perfil programado, no entanto, ela fica na última posição.

{break::Overclock: 3DMark11, AvP, Crysis 2}Também fizemos testes nos quais o GPU é mais exigido do que o CPU. Na verdade testamos os sistemas com overclock rodando o 3DMark 11, Aliens vs Predator e Crysis 2 em resolução 1024x768, mas destacamos que nos overclocks com perfis pré-programados na BIOS da ASUS e da MSI o overclock foi feito também no GPU, jÁ nos overclocks de 4.7GHz e 4.8GHz manuais, o overclock foi feito apenas no processador. Não fizemos testes em games com os overclockes manuais no processador. Para esse tipo de testes, podem conferir a review do Core i7 3770K.

3DMark11
A Maximus V, no overclock manual, consegue ganho de apenas 0,13%, amargando nas últimas colocações (entre as overclockadas fica na frente apenas da Golden, da ECS, que consegue ficar atrÁs da Maximus V em clock base). Com o perfil programado, que overclocka também memórias e placa de vídeo, a placa ganha 6,15%, conseguindo uma posição intermediÁria.


Aliens vs Predator
Ganho de 7,41% no perfil programado deixa a Maximus V em posição intermediÁria, e o overclock manual não melhora em nada a performance da placa.

Crysis 2
O perfil programado garante um ganho de mais de 10%, deixando a placa apenas 8% atrÁs da GD65 com OC Genie, líder entre as testadas. Novamente, o ganho com overclock manual é mínimo, não passando de 0,5%.

{break::Conclusão}Uma das melhores placas-mãe Z77 que jÁ passaram por aqui. Dentre os modelos que analisamos, e foram vÁrios, a Maximus V Formula estÁ entre as três melhores com certeza. A decisão de esperar para lançar um produto com planejamento melhor do que seria no lançamento dos chipsets série 7, foi bastante acertada. Com esse tempo a mais a ASUS conseguiu ter um produto com qualidade final excelente.

No nosso caso, como analisamos a placa um pouco depois do seu lançamento, jÁ fizemos os testes com uma BIOS mais madura, dessa forma tivemos bons resultados com overclock, colocando um Core i7 3770K trabalhando em 4.8GHz estÁvel. Como o overclock é um dos diferenciais desse modelo, não esperÁvamos algo inferior a isso para uma placa com um projeto como a Maximus V Formula.

Acabamento e visual estão entre os destaques da placa, na verdade ela se parece com vÁrios outros modelos com selo ROG, desenvolvida com componentes nas cores preto e vermelho. Algumas tecnologias como o suporte a water cooler nos dissipadores podem tornar o sistema ainda mais atrativo para quem deseja um algo a mais do sistema.

Em se tratando de tecnologias, a placa usufrui da vasta gama de aplicativos da ASUS, o destaque fica por conta do TurboV EVO e do DIGI+ Power Control, ambos voltados a overclock do sistema,  mas também temos o WiFi Engine e o WiFi GO, que tiram proveito do suporte a Wireless da placa, dando ao usuÁrio opção de tornar o PC um centro de mídia, possibilitando compartilhar arquivos dos mais variados formatos, em especial multimídia, ou mesmo dar ao usuÁrio opção de controlar o PC remotamente através do smartphone. Todos esses software e vÁrios outros estão presentes no ASUS AI Suite II, suite obrigatória para quem compra uma placa-mãe ASUS.

O preço da placa nos EUA(newegg) é de $279,99 dólares, bastante alto se levarmos em conta que é possível comprar um modelo concorrente com Thunderbolt e tecnologias semelhantes por menos de $250 dólares, mas como destacamos durante a review, é o preço que se paga por um produto tão diferenciado. A ASUS ainda lançou o modelo Maximus V Formula THUDNERFX, desenvolvida para quem precisa de qualidade de Áudio ainda melhor do que o modelo analisado oferece(outro diferencial da Maximus V Formula), esse modelo custa $359,99 dólares.

Assuntos
Tags
  • Redator: César Massaki Teshima Soto

    César Massaki Teshima Soto

    Graduando de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, ganhou um Mega Drive aos 5 anos, mas nunca conseguiu fazer final em Sonic 2. Navegava pelas salas de bate papo nos tempos da internet discada e até hoje procura o disquete perdido com seu jogo salvo do América-MG no Elifoot 98.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.