ANÁLISE: DiRT Showdown

ANÁLISE: DiRT Showdown

A Codemasters volta com um novo game da franquia DiRT. Desta vez ela deixou o rally totalmente de lado e focou em um jogo clÁssico que jÁ estava sumido hÁ anos: Destruction Derby.

O fato é que esse tipo de jogo onde o objetivo na maioria das vezes é destruir o adversÁrio fez muito sucesso no passado e é extremamente divertido. Apostando nisso, a empresa criou uma espécie de sub-franquia de DiRT, colocando nome de Showdown.

Nesta review você verÁ se a Codemasters acertou em dividir a franquia ou se ela apenas criou mais um caça-níquel, apenas maquiando o jogo anterior.

{break::Jogabilidade}Em alguns momentos, DiRT Showdown manteve a mesma jogabilidade do game anterior, principalmente em corridas normais, chamadas de Race-Off. JÁ em sua maioria, é extremamente arcade, mas divertida.

Existem diversos modos de jogo, alguns copiados do DiRT 3 como uma opção chamada Joyride que nada mais é do que a "famosa" Gymkhana onde tem 2 arenas enormes, as mesmas do DiRT 3, e que o jogador fica fazendo piruetas com os carros para completar missões e achar objetos escondidos.

JÁ o modo de jogo principal se chama Showdown Tour onde existem quatro níveis de dificuldade divididos por patrocinadores como, por exemplo, a ESPN que é a mais difícil.

Esse modo Tour possui três tipos de jogos: Racing, Demolition e Hoonigan, que é baseado no modo Gymkhana do DiRT 3. Existe ainda o Party, mas que é exclusivo para Multiplayer e que serÁ visto mais adiante na review.

{break::Jogabilidade #2}Cada tipo de jogo possui modos diferentes. o Racing se divide em Race-Off, Domination e Elimination. O Demolition se divide em Rampage, Knock Out, Hard Target e 8-Ball. JÁ o Hoonigan se resume em Trick Rush, Head 2 Head e Smash Hunter.

DiRT Showdown pode desagradar aqueles fãs que gostam de desafios em jogos, isso porque o game é o mais fÁcil de todos os jogos de corrida da Codemasters. É realmente muito fÁcil ganhar uma corrida ou desafio, até mesmo no nível mais alto. Tanto no teclado quanto no volante, a dificuldade é mínima. Isso perde um pouco a graça, mas por outro lado faz com que todos joguem até o final e não fiquem travados em uma determinada etapa.  Além disso, o jogo possui dezenas de carros de todo tipo, tanto de rally quanto de destruição, incluindo um Rabecão, e é fÁcil desabilitÁ-los.


A variação dos cenÁrios é um pouco maior se comparado com o DiRT 3, que era ridículo em quantidade de pistas. Mesmo assim DiRT Showdown é curto, podendo ser zerado em 4 ou 5 horas no mÁximo. E o grande motivo é justamente ser fÁcil demais pilotar os carros e ainda ter uma quantidade pequena de circuitos.

O lado "bom" é que o jogo não possui nenhuma opção para DLC, ou seja, é provÁvel que seja apenas esse mesmo, até porque DiRT 4, esse sim totalmente baseado em Rally, serÁ lançado em breve.

{break::GrÁfricos #1}A Codemasters continua usando a sua engine EGO e isso não é uma mÁ notícia, pelo contrÁrio. Se a empresa continuar sempre aprimorando a engine, os jogos futuros serão sempre melhores que os anteriores. Esse é o caso de DiRT Showdown.

Embora à primeira vista o game se pareça idêntico ao DiRT 3, na realidade estÁ bem acima tanto na otimização quanto na qualidade em geral. A iluminação estÁ mais detalhada, com dezenas de focos de luz simultâneos, o que gera um visual belíssimo principalmente à noite. Existe, inclusive, uma opção na configuração de grÁficos para desabilitar isso, caso a VGA não seja tão poderosa.

Além da melhora na questão da iluminação, os cenÁrios também melhoraram bastante. Todos são ultra-detalhados a ponto de absolutamente tudo ser em 3D e animado, sem aquela velha fórmula de colocar imagens fixas de fundo.


Por exemplo, no cenÁrio na Califórnia os detalhes são impressionantes, tanto na pista em si como na Área em volta da pista. Como é em um parque de diversões na beira do mar, a animação em volta é surpreendente a ponto de ter pessoas nos dois imensos transatlânticos, além de pessoas brincando pelo parque, aviões passando, pÁssaros voando, dentre vÁrias outras coisas que se movimentam pelo cenÁrio, como pode ser visto no vídeo abaixo.


{break::GrÁficos #2}A física de DiRT Showdown se sai melhor que nos outros games da série. Isso pelo fato da Codemasters ter adicionado centenas de barris e pneus pela pista, o que cria um visual bem bacana quando se colide com eles. Na verdade não sei o motivo de ter tantos obstÁculos na pista, inclusive no meio dela. Deve ser algum recado da Codemasters do tipo "olha só! Viu o que podemos fazer?".

Outra questão melhorada em relação ao visual é a texturização. Percebe-se que as texturas melhoraram bastante, ficando bem mais definidas e menos borradas. As fotos mostram bem isso, principalmente nos cenÁrios. É importante lembrar que a maioria dos veículos são veículos específicos para corridas de destruição, portanto as pinturas presentes neles são borradas de propósito para se criar um aspecto mais "dirt".


Algumas pessoas podem se queixar do fato de DiRT Showdown voltar a ter algumas corridas com um aspecto amarelado. Mas isso é perfeitamente aceitÁvel onde a poeira sobe e é destruição por todo lado, se passam em meio a desertos absurdamente ensolarados. JÁ outras corridas, longe da terra, esse amarelão some, deixando o visual mais limpo e definido.

{break::Áudio}DiRT Showdown segue a mesma linha dos games anteriores na parte de Áudio. O fato é que fica impossível julgar algo que jÁ se viu nos games anteriores, até porque é o mesmo som, mesma qualidade de Áudio e trilha sonora parecida sem muita música comercial.

Tudo continua muito bem feito, com qualidade cristalina no som dos carros e do clima proposto em cada tipo de corrida.


A diferença em relação aos games anteriores da franquia é a lista de músicas presentes no game. São 46 no total. Confira:

  • A Loss For Words - The Hammers Fall
  • Black Spiders - Cold Dead Hands
  • Blokhe4d - Hexagon
  • Blokhe4d - GHOST IN A CAN V1
  • Breakage - Fighting Fire (Loadstar Remix)
  • Byob - One Way Road
  • Camo & Krooked - Watch It Burn (Instrumental)
  • Canterbury - Ready Yet
  • Danny Byrd - Sweet Harmony
  • Dot Rotten - Are You Not Entertained
  • Eighteen Nightmares at the Lux - Mother of Girl
  • Equalizers - Wide Awake
  • Far Too Loud - Play it loud
  • Far Too Loud - We Want to Dance
  • Felguk - The Funky Drama (FTampa Mix)
  • Freestylers - Cracks (Ctrl-Z Remix)
  • Grand Magus - At Midnight they'll get wise
  • Kids in Glasshouses - Animals (Hadouken Remix)
  • Kudu - Let's Finish (Sinden Remix)
  • LostAlone - Do You Get What You Pray For
  • Lower Than Atlantis  - If The World Was To End
  • Malleefresh - Intuition (Darth & Vader Mix)
  • Max Raptor - The King Is Dead
  • Neelix - Disco Decay (Felguk Mix)
  • Nero - Me & You (Dirtyphonics Remix)
  • Nero - Innocence (Feed Me Remix)
  • Reckless Love - Speedin'
  • Rise Against - Help Is On the Way
  • Rise Against - Architects
  • Rival Sons - Get What's Coming
  • Rubicon Cross - Locked and Loaded Ruff V1
  • Scott Nixon - The March
  • Skryptcha - Runnin' Away
  • South Central - Japan
  • Stanton Warriors - Shoot Me Down
  • Templeton Pek - Signs
  • Templeton Pek - Call To Disarm
  • The Answer - Piece by Piece
  • The Parlor Mob - Into The Sun
  • The Qemists  - Take It Back featuring Enter Shikari
  • The Treatment - Departed
  • The Treatment - The Doctor
  • The Treatment - Shake The Mountain
  • Turbowolf - Rose for the Crows
  • We Are The Ocean - Trouble Is Temporary, Time is Tonic
  • Wolfgang Gartner - Illmerica (Radio Edit)

No geral, o Áudio de DiRT Showdown continua muito bom, assim como nos outros jogos da franquia. Mas ainda persiste uma opção que a Codemasters insiste em não usar em seus jogos: o suporte à som por Hardware.

Na época que estavam produzindo DiRT 3, a Codemasters emitiu uma nota oficial dizendo que não havia tempo para que pudessem implementar o som via Hardware, o que, sem dúvida, geraria mais qualidade e menos peso no jogo em si.

Mas e hoje, um ano depois? Qual o motivo de não implementarem som via Hardware? Praticamente todos os jogos usam som com esse suporte. Dos mais simples aos mais complexos. É difícil de aceitar que, atualmente, um jogo de sucesso não ofereça suporte à som por Hardware e insista em usar um sistema de terceiros, no caso o  Rapture 3D da Blue Ripple Sound.


{break::Multiplayer #1}O Multiplayer de DiRT Showdown é a maior novidade do game, sem sombra de dúvidas. Isso porque a Codemasters resolveu mudar completamente de sistema. Nos games anteriores era usado o robusto sistema da Live (Game for Windows Live), elogiadíssimo, fÁcil de acessar e bastante intuitivo no que diz respeito ao gerenciamento de convites e amigos. Agora a Codemasters usa o sistema do Steam vinculado ao seu novo serviço chamado de Racenet, que ainda estÁ em fase de aprimoramento e que mostra tudo que o jogador fez no game.


Como agora o jogo usa o sistema do Steam, ou seja, é Steamworks, tudo que for feito no jogo - mesmo em single player - pode ser enviado à algum amigo do Steam em forma de desafios. O seu amigo aceitando o desafio, ele corre e tenta bater seu recorde de tempo ou pontuação, caso consiga, ele pode reenviar a você para que bata o recorde dele. Vale lembrar que só podem ser enviados os desafios aos amigos que também tenham o jogo e que estejam cadastrados da Racenet.

Cada partida on-line pode ter até oito jogadores, mas o jogo também tem Multiplayer com tela dividida, que apesar de parecer um pouco confuso no início devido à quantidade de coisas na tela, no geral fica bastante divertido.


{break::Multiplayer #2}Os mesmos modos de jogo do single player estão presentes no Multiplayer, o que deixa o jogo bem mais divertido. Mas existe um modo exclusivo para o Multiplayer. Chamado Party, ele se divide em três tipos:

Smash & Grab - Corrida na qual uma equipe pega um objeto, e a outra precisa tomar esse objeto batendo nos carros adversÁrios. A equipe que ficar mais tempo com o objeto, vence.

Transporter - Um jogador precisa pegar uma bandeira e trazer pra sua base. Quem fizer isso mais vezes, vence.

Speed Skirmish - É baseado em tempo, onde vence quem fizer o percurso mais rapido possível, passando pelos checkpoints.

O sistema do Steam é, talvez, o melhor sistema Multiplayer para PC e também o mais seguro, "quase" à prova de cheats. A Codemasters saiu de um ótimo sistema (Live) e foi para um que é considerado o melhor. Nesse ponto ela acertou em cheio, porque as corridas são praticamente livres de Lags - dependendo da conexão do usuÁrio - e com respostas imediatas.

{break::Conclusão, Prós & Contras}A Codemasters dividiu a franquia depois de vÁrias reclamações por parte dos jogadores sobre o DiRT 3, que trazia pouco Rally e mais "firulas automobilísticas".
DiRT Showdown não foi feito para fãs de Rally, mas sim para pessoas que querem se divertir sem compromisso, tendo um game com visual espetacular, jogabilidade prazerosa e dezenas de modos de jogo. Além de um Multiplayer interessante.

Se você for fã de Rally e esperava um jogo de Rally, espere por DiRT 4, que serÁ focado somente no tipo, assim como os primórdios da franquia.

JÁ se você é desses que querem se divertir pra valer e gosta de um belo visual, DiRT Showdown foi feito pra você. É pura e simplesmente diversão, além de ser um ótimo jogo.



PRÓS
- Visual espetacular
- Muita variedade de modos de jogo
- Diverte bastante
- DÁ pra matar saudade do clÁssico Destruction Derby
- Multiplayer agora é via Steam
CONTRAS
- Áudio somente por software
- Pouca variação de cenÁrio
- Falta dificuldade na jogabilidade
- Relativamente curto para um jogo de corrida
- Jogar os modos de destruição com volante é literalmente impossível
Assuntos
Tags
  • Redator: João Paulo Losada

    João Paulo Losada

    Gamer por natureza, JP Losada, ou simplesmente DJLosada como é conhecido por toda a comunidade gamer, é um grande conhecedor de games em geral. Eventualmente analisa lançamentos e comenta sobre os sucessos e decepções relacionadas aos games que chegam ao mercado através do portal Adrenaline. Jé escreveu para revistas de games, artigos para produtoras, além de ter citações em seu nome em caixas de jogos de PC lançados no Brasil. Possui parceria com algumas produtoras, principalmente de corrida

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.