ANÁLISE: Novas screenshots de Demigod

ANÁLISE: Novas screenshots de Demigod

Conhecida por criar aplicativos de Benchmark para VGA's, a Futuremark lançou um novo jogo para PC, baseado na consagrada jogabilidade "Tower Defense", que virou moda ultimamente.

O game se chama Unstoppable Gorg, e o objetivo é proteger o que estÁ no centro do cenÁrio, seja um planeta, seja um satélite grande e até uma nave-mãe. Agradecemos a Futuremark pelo envio de uma cópia deste game que estÁ sendo lançado hoje, para realizarmos a anÁlise aqui no site.


Jogabilidade viciante

O jogo possui vÁrios satélites pequenos que são colocados nos locais fixos em volta do objeto principal a ser protegido. O jogador escolhe os tais satélites antes de cada partida. No início existem poucos, mas ao final de cada partida, dependendo da performance do jogador, outros são desbloqueados além de upgrades em cada um deles.

Existe todo tipo de satélite, de Solar Generator que coleta raios solares e transformam em dinheiro, até Research Lab que é usado para destravar upgrades, além de Vulcan que é um turret. Têm ainda bombas elétricas, lança-missel, satélite de reparo automÁtico, radar, dentre outros. No total são 18 satélites.

A jogabilidade funciona da seguinte maneira: hÁ alguns círculos em volta do que tem que ser protegido, em forma de um tipo de grid. Mas eles não são estÁticos. Pode-se girar segurando com o mouse o quanto quiser, portanto é bom pensar bem onde por cada satélite, seja de armamento, de defesa ou de recolhimento de recursos.

Além dos círculos, no início aparece apenas um único caminho por onde os ET's vão atacar, portanto é bastante fÁcil. Conforme vai avançando, novos caminhos vão aparecendo, e depois começam a aparecer mais de um simultaneamente.

O início parece bem fÁcil, mas depois da oitava fase a coisa começa a complicar e fatalmente vai ser necessÁrio repeti-la, porque qualquer satélite colocado no local errado pode ser fatal. Embora eles possam ser vendidos a qualquer momento, até poder construir outro, pode ser tarde demais.

Pelas fotos o jogo parece ser complicado, mas vendo vídeos e/ou jogando, ele se torna relativamente fÁcil e viciante a ponto de não querer parar mais.

{break::Visual Sci-fi anos 50 que contagia}

Visual Sci-fi anos 50 contagia

O visual do game em sí é simplório, mas de qualidade, principalmente pelos efeitos especiais e pelo background do cenÁrio, que as vezes impressiona.

Mas o que mais chama atenção em Unstoppable Gorg é o fato de o jogo usar e abusar da atmosfera dos filmes de ficção científica dos anos 50! Quem é fã desse tipo de filme, vai se esbaldar com o visual retro e, principalmente pela "mÁ qualidade" dos vídeos que intercalam as fases do game.

Porque coloquei entre aspas a "mÁ qualidade"? Simples: o jogo se propõe a ser fiel aos filmes antigos, e para isso reproduz todo o visual desses filmes trash, incluindo cenÁrios mal feitos, atores vestidos de ET's de papelão e de metal, cabos segurando as naves, atores e atrizes reais mas com atuação duvidosa e exagerada, narração sempre sensacionalista, e isso tudo em preto e branco. A qualidade é tão "ruim", que torna o clima impecÁvel, transportando o jogador pra década de 50! Realmente incrível.

O trabalho da Futuremark foi tão bom que fica difícil diferenciar os vídeos do jogo das cenas reais dos filmes da época. O fato que o clima proposto por ela é digno de nota 10.

- Continua após a publicidade -

{break::Teremim é o destaque no Áudio}

Teremim é o destaque no Áudio

Não hÁ muito que dizer sobre o Áudio de Unstoppable Gorg. No geral, ele reproduz com fidelidade o clima dos anos 50, seja na música, nos efeitos e até nos vídeos jÁ citados anteriormente.

O destaque fica pelo uso do Teremim, instrumento usado para criar o som característico de filmes espaciais nas décadas de 50 e 60, como, por exemplo, "O Dia em que a Terra Parou", que foi um marco para a indústria do cinema.

Esse instrumento foi criado em 1919 por um russo chamado Lev Sergeivitch Termen e pode ser considerado o primeiro instrumento musical eletrônico. Ele é vendido até hoje em vÁrios formatos, e particularmente é um dos que mais gosto. Para quem não conhece, segue um vídeo gravado em 1953 onde mostra uma versão bem antiga do instrumento e uma foto dele em uma versão mais atual:


{break::Bom, bonito e barato}

Bom, bonito e barato

Apesar de simples, Unstoppable Gorg é um ótimo jogo para se passar o tempo. Além do modo principal que conta uma pequena história de invasão alienígena, o jogo possui ainda Challenges que são desabilitados de acordo com a performance do jogador, além de um modo Arcade.

O jogo é altamente recomendado, principalmente por ser barato, custando apenas US$ 9,90 no Steam.

- Continua após a publicidade -


Assuntos
Tags
  • Redator: João Paulo Losada

    João Paulo Losada

    Gamer por natureza, JP Losada, ou simplesmente DJLosada como é conhecido por toda a comunidade gamer, é um grande conhecedor de games em geral. Eventualmente analisa lançamentos e comenta sobre os sucessos e decepções relacionadas aos games que chegam ao mercado através do portal Adrenaline. Jé escreveu para revistas de games, artigos para produtoras, além de ter citações em seu nome em caixas de jogos de PC lançados no Brasil. Possui parceria com algumas produtoras, principalmente de corrida

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.