ANÁLISE: Sentey Cyclone GS-7000

ANÁLISE: Sentey Cyclone GS-7000

No primeiro semestre de 2011, quando recebemos da Sentey o gabinete Arvina GS-6400, chegamos à conclusão que ele era um bom produto custo benefício. Não tinha o mesmo acabamento que modelos TOP de empresas como Cooler Master, Corsair e Thermaltake, mas pelo preço cobrado, era uma boa opção.

Agora recebemos para review da empresa o modelo Cyclone GS-7000, gabinete TOP de linha que busca conquistar usuÁrios que procuram um produto com bastante espaço interno, com design imponente, e que tenha suporte ao que existe de mais avançado em tecnologias para gabinetes, vamos ver se ele possui essas características no decorrer da review.

Cyclone GS-7000
O GS-7000 é consideravelmente diferente do GS-6400 que analisamos ano passado. De início, o novo gabinete tem acabamento bastante superior, possui entrada USB 3.0 frontal, cases de HD removíveis, sendo também maior e mais pesado.

Seu visual também ficou mais imponente, graças a uma de suas laterais, que traz dois enormes FANs de 23cm com LED na cor azul, isso mesmo, eu não coloquei dados errados, juntos os dois FANs quase chegam a 50cm.

Informações técnicas:

  • Tipo de Gabinete: Full Tower
  • Material: Aço Japonês SECC 1mm
  • Material da Frente: PlÁstico
  • Cor exterior: Preto Fosco
  • Cor interna: Preto
  • Painel Lateral: Cooler Duplo
  • Placas-mãe suportadas: E-ATX, Full ATX, ATX, Micro ATX
  • Fixação da placa-mãe: Parafusos de metal
  • Baias de 5.25: 4
  • Baias Ext. de 3.5": 1
  • Baias Int. de 3.5": 6 (4 delas com cases de remoção fÁcil/rÁpidas)
  • Baias de 2.5": 2x 2.5"SSD, HDD Drive Bays
  • Slots de expansão: 7
  • Portas E/S: 1x USB 3.0, 2x USB 2.0, e-SATA,
  • Portas Audio/Mic: HD Audio, Mic
  • Parafusos manuais: Sim
  • Cooler Lateral: 2x 230mm LED Azul Silent Fans (24dBA)
  • Cooler Frontal: 2x120mm LED Azul Silent Fans (19dBA)
  • Cooler Trasero: 1x120mm Fan
  • Cooler Superior: 2x 230mm Silent Fans (24dBA)
  • Cooler Lateral derecho: 1x120mm super slim fan for CPU
  • Suporte para Water cooling: Suporte para modelos com radiador de 360mm
  • Localização da fonte de energia: Inferior
  • Cabos Ocultos: Sim
  • Tamanho: 590mm (Profundidade) x 254mm (Largura) x 549mm (Altura, com "pés")
  • Peso líquido: 13kg
  • Peso bruto: 15kg
  • Fonte de energia inclusa: Não
  • Garantia: 1 ano

{break::Design, Acabamento}Pelas características, jÁ poderiamos esperar uma caixa bem grande e pesada, abaixo temos algumas fotos que comparam o tamanho, a maior que recebemos até hoje.

- Continua após a publicidade -

O acabamento e o material utilizado é consideravelmente melhor que o GS-6400, como destacamos. HÁ uma "tela" removível que retém poeira abaixo da fonte de energia e do FAN inferior, ele possui diversas saídas para os "tubos" de water cooling, ou mesmo para o cabo USB 3.0 que é conectado no back panel da mainboard, sendo assim, compatível com qualquer placa-mãe com conexão USB 3.0. Além da porta USB 3.0, o gabinete ainda traz na parte frontal duas portas USB 2.0, conexão de Áudio/microfone e uma porta e-SATA.

Podemos reparar, também, que ele não possui dock para HD na parte superior, isso porque possui uma "porta" na parte frontal onde 4 HD´s podem ser removidos, jÁ que a Sentey utilizou uma tecnologia onde a conexão de energia e dados é feita internamente, e os HDs podem ser colocados em um case que são conectados ao sistema, uma forma funcional e prÁtica para quem precisa que seus HDs estejam sempre à mão, sem a necessidade de abrir a tampa lateral.

Na porta lateral esquerda vemos que foi colocado um espaço "saltado" dando suporte a dois FANs gigantes de 230mm, para dar acabamento, os mesmos vêm com LED na cor azul e a lateral ainda possui parte feita em acrílico transparente.

- Continua após a publicidade -

{break::Instalação}Como o GS-7000 é bem grande, não tem muito problema com espaço, ainda mais porque ele possui sistema para passar os cabos pela tampa lateral direita, dessa forma, evita gerar a famosa confusão interna clÁssica em modelos de gabinetes mais antigos ou genéricos, por outro lado, por ser bem grande e pesado, da um certo trabalho sempre que for necessÁrio mudar algo, seja uma peça ou mesmo alguma configuração interna, jÁ que o manuseio não é tão prÁtico.

 

Chave Philips só serÁ necessÁria para prender os parafusos que fixam a placa-mãe ao gabinete, o resto é tudo através de parafusos que podem ser fixados com a própria mão, facilitando a instalação, assim como uma futura manutenção.


Os HDs são um caso a parte, o sistema adotado é excelente, jÁ que a conexão de energia e dados é feita internamente, mesmo sem nenhum HD "conectado", depois, basta abrir a porta frontal e encaixar o HD em um dos cases. É possível colocar 4 unidades nesse método, seja em formato 3.5´ ou 2.5´, jÁ que ele traz também adaptadores que fazem a conversão de tamanho.

Reparem abaixo no sistema que montamos usando uma 5770, olhem o espaço extra que fica disponível, dÁ para colocar facilmente uma 6990 ou uma 5900 e ainda sobrarÁ espaço, diferente de alguns modelos onde uma VGA desse porte fica "colada" na estrutura "interna", ou pior, não entra.

- Continua após a publicidade -

Reparem que existem dois disjuntores responsÁveis pelo controle de 2 FANs na parte de trÁs do gabinete, com opção de "desligado", em rotação baixa ou alta.

{break::Testes de Temperatura interna}O sistema montado é baseado em um AMD Phenom II X6 1100T, mainboard Gigabyte GA-890GPA-UD3H e um Cooler Master V8, além de uma Radeon HD 5770 Single Slot da XFX.

Testes de temperatura
Com o sistema utilizando o clock padrão do processador, em modo ocioso, temos ótimo comportamento, com o CPU trabalhando em 27º graus, muito bom e dentro do que se espera de um sistema nas melhores condições possíveis de trabalho.

Quando rodamos o 3DMark 11, a temperatura sobe para 42º graus, novamente muito bom, mostrando a eficiência do GS-7000 nestas condições. 

Por fim, quando rodamos o wPrime e exigimos o mÁximo do processador, a temperatura ficou em 49º graus, excelente, mostrando que a temperatura interna é muito bem dissipada, entre os motivos, graça a seus 8 FANs.

{benchmark::2530}

Sistema Overclockado
Não poderíamos deixar de fazer testes com o Phenom II X6 1100T overclockado para sentir o comportamento do gabinete nestas condições, desta forma colocamos o processador trabalhando a 4.1GHz, 800MHz acima de seu clock padrão, de 3.3GHz. Fizemos os mesmos testes anteriores, e o resultado novamente foi muito bom, apesar das temperaturas mais altas, como jÁ era de se esperar.

{benchmark::2531}

A diferença das ventoinhas em modo HIGH para LOW ficou na média de 3º graus, logicamente com temperatura menor quando os FANs rodando em rotação mais alta, HIGH. 

Teste de temperatura da VGA
Fizemos alguns testes sobre a temperatura de uma VGA para saber da temperatura dela dentro do gabinete.

Abaixo podemos ver que assim como aconteceu com o processador, o GS-7000 deixa a placa de vídeo bem refrigerada, não era de se esperar menos, afinal, os dois FANs gigantes de 230cm, cada um, fazem um belo trabalho a favor da VGA por ficarem, não apenas sobre ela, mas por cima de todo o sistema que, de uma forma ou de outra, centraliza a principal Área de calor interna. 

OBS.: Essa mesma placa quando rodando em uma bancada ficou com temperatura de 46º em modo ocioso e 67º rodando o 3DMark Vantage, valores que mostram a boa eficiência do gabinete com a placa em uso contínuo. 

{benchmark::2532}

Ruído
Apesar da grande quantidade de FANs, o gabinete não gera tanto ruído, logicamente que vai fazer mais barulho do que modelos com 1 ou 2 FANs, mas como destacamos, fica em um padrão aceitÁvel pela quantidade de ventoinhas. Outro detalhe é que quando ativamos os disjuntores em modo HIGH(H), a mudança de barulho fica imperceptível na comparação com o modo LOW(L)

{break::Conclusão}Na comparação com o Arvina GS-6400, o gabinete Cyclone GS-7000 mostrou uma melhora considerÁvel em alguns pontos. Ambos são grandes e pesados, o GS-7000 lidera esses dois quesitos, mas agora traz conexão USB 3.0, baias de HD removíeis pela parte frontal e o melhor de tudo, com acabamento consideravelmente superior ao GS-6400. O material utilizado na parte externa não tem mais aquele estilo plÁstico espelhado como diversos outros modelos do mercado, tem uma cara de aço escovado, muito bonito, mostrando que a Sentey teve maior cuidado nessa característica. Ainda não dÁ para ser comparado a modelos de outras marcas de maior renome nesse mercado, mas ficou clara a evolução.

Se tratando de instalação e funcionalidades, vÁrios elogios: grande e espaçoso, sem necessidade de utilizar ferramentas, exceto a fixação da placa mãe. Por outro lado, por ser bem grande e desenvolvido, em parte, utilizando aço, fica pesado e difícil de se manusear em eventuais manutenções. Pior ainda quando o sistema estÁ todo montado, se o usuÁrio optar por hardwares entusiastas com uma placa de vídeo HIGH, fonte de alta capacidade e water cooler, é bom deixar uma empilhadeira "estacionada" perto do local onde ele estÁ para fazer o transporte. Não é muito diferente de outros gabinetes desse tamanho, mas é algo que realmente incomoda em determinadas situações, mas também não acredito que vai incomodar muito quem procura um produto deste porte.

Seu desempenho no quesito temperatura foi ótimo, eficiente e com ruído dentro de um padrão aceitÁvel, algo que fiquei curioso em saber como seria, visto os 8 FANs que acompanham o gabinete, inclusive os dois laterais de 23cm que não vemos com muito frequência, afinal, juntos eles chegam a quase 50cm, medida maior do que alguns gabinetes genéricos, tanto na altura como profundidade.

Seu preço ficou um pouco acima do que eu esperava, acho que por R$600 dÁ para encontrar modelos de marcas jÁ com maior destaque nesse mercado, acredito que o recomendado seria ficar ao menos entre R$ 100,00 e R$ 150,00 abaixo, mas por tudo que envolve um gabinete desse nível, inclusive tamanho e peso, é normal que o custo, para nós, brasileiros, fique nessa média. Fico imaginando quanto custarÁ o transporte da loja online até a casa do cliente, caso ele venha a ser adquirido por esse método de venda. Vale destacar que em algumas lojas não tão conhecidas da para encontrar ele custando R$ 500 ou até menos.

PRÓS
Ótimo acabamento;
Diversos tipos de conexões frontais, inclusive USB 3.0
HD´s removíveis sem necessidade de abrir o gabinete
Espaçoso e prÁtico para instalar hardwares;
Ótimo espaço interno para organizar cabos;
Acompanha 8 FAN´s, inclusive dois de 23cm;
CONTRAS
Grande e pesado
Poucas lojas vendem no Brasil
Preço poderia ser menor para se tornar mais atrativo
Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.