ANÁLISE: Edifier MP15

ANÁLISE: Edifier MP15

Calma, antes que você solte chamas pelos ouvidos, este nome não é nenhuma versão dos famosos mp3, mp4, mp5, mp ∞, with lazers, estamos falando apenas de uma pequena caixa de som, feita justamente para ser utilizada em conjunto com estes "mps infinitos".

Em tempos de portabilidade e aparelhos eletrônicos com cada vez mais espaços internos, nada melhor do que aproveitar a crescente aceleração no desenvolvimento de ambos para escutar suas músicas preferidas e com qualidade cada vez mais alta. Para isto, obviamente, você precisarÁ de um simples fone de ouvido.

Porém, quando sua necessidade passa de apenas curtir sua música, para compartilhÁ-la com seus amigos, criar um ambiente acústico, utilizar sons numa apresentação ou até ouvir suas músicas mais altas sem estourar seus tímpanos; os fones deixam de ser sua melhor opção. É para estas ocasiões que existem as famosas caixinhas de som.

Você deve estar pensando que caixinhas de som estão muito longe de dar qualidade o suficiente para tocar uma música minimamente alta para animar uma festa, mesmo que pequena, ou ter qualidade o suficiente para levar sons humanamente reconhecíveis a todas as pessoas numa sala em uma apresentação, por exemplo. E você tem razão, ou tinha.

Até pouco tempo atrÁs era realmente muito pouco prÁtico, por incrível que pareça, levar caixas de som para usos externos a seu computador. As razões variavam desde a voltagem delas (no início apenas 110 volts), a própria necessidade de estarem plugadas às tomadas, baixa qualidade de som, baixo volume e assim por diante.

Com o crescimento do mercado de players portÁteis como mp3, mp4, ipods, ipad, notebook, netbooks e etc, esta necessidade se tornou cada vez mais latente. E, para suprir esta demanda, as empresas especializadas começaram a dar mais atenção a estes produtos.

Assim, surgiu a MP15, uma caixinha de som portÁtil que promete modificar a ideia dos preconceituosos de que elas não dão conta do recado. Confira nas próximas pÁginas qual seu desempenho frente a essa difícil missão.


- Continua após a publicidade -

{break::Especificações}Acompanham o MP15 Portable Multimedia Speaker, o manual de instruções, certificado de garantia, case para transportar e dois cabos, um P2/P2 e outro USB/Mini-USB para a alimentação de energia do aparelho.

 Principais caracterísitcas:

  • Entrada para cartão SD
  • Bateria recarregÁvel via USB
  • Autonomia da bateria de 6 a 8 horas
  • Case para transporte

Especificações técnicas:

  • Potência de saída: RMS 2W  (1W RMS x 2 (THD = 10%, f = 1kHz)       
  • Relação Sinal/Ruído:> = 80dBA
  • Distorção: < 0,5%
  • Entradas: (Line in) P2 3,5mm / Entrada para cartão SD
  • Ajustes: Volume, Play, Pause, Avançar, Retroceder
  • Alto-falantes: 1 ½`` (40mm de diâmetro), blindados magneticamente, 6 ohms
  • Tamanho: 200 (L) × 60 (A) × 32,5 (P) mm
  • Peso: Aprox. 0,28 kg


{break::Design, acabamento e funcionalidade}Definitivamente a Edifier caprichou no visual deste multimedia speaker. O formato em peça única, horizontalmente comprida e fina, dÁ um estilo discreto e bonito, o que certamente não brigarÁ com a decoração de seu quarto, sala, escritório ou qualquer lugar que você precise utililzÁ-lo. O aparelho estÁ disponível nas versões branca e preta.

O acabamento não deixa nada a desejar, nenhum parafuso estÁ à vista, tudo estÁ em seu devido lugar e com certeza não temos aquela sensação - presente em alguns aparelhos -  de que algo estÁ prestes a pular. A Edifier, enquanto uma das maiores empresas do ramo, tendo conquistado jÁ em 2002 (6 anos após sua fundação) o título de maior produtora e vendedora de conjuntos de som da China, não poderia cometer este tipo de erro, mais um ponto.

- Continua após a publicidade -

Funcionalidade
Mesmo tendo apenas 2W de potência, a MP15 impressiona pelo volume que chega a alcançar, e principalmente pela qualidade do som que emite, não deixando, em todos os testes que fizemos nenhum tipo de distorção ou ruído. Com certeza bate de longe qualquer som de celular ou notebook, pelo menos os que não têm enfoque neste quesito.

Em comparação com duas outras caixas de som que fizemos aqui na Adrenaline, temos a Veho 360 Bluetooth Speaker com 2.2W e a Maxprint Vibration com incríveis 10 Watts de potência.

Como você deve ter percebido, este eletrônico portÁtil não possui qualquer tipo de visor, e como é compatível com cartões SD, é o LED que te dÁ o feedback das suas ações. Com o piscar da luz e com a variação das cores azul, verde e vermelha, você consegue saber  estÁ fazendo exatamente o que quer.

Claro que tudo isto é previamente ensinado no manual de instruções, com apenas uma ressalva: hÁ um erro presente na parte de trÁs da caixa. Ao ensinar a troca de cores do led uma das instruções indica que o LED fica azul em standby e verde em operação, o que na verdade é errado, jÁ que a luz azul apenas indica a utilização do cartão SD, enquanto a verde mostra que estÁ utilizando a entrada auxiliar. Nada demais.

Falando em cartão SD, esta é uma das grandes vantagens do MP15, jÁ que te dÁ a liberdade para inserir um cartão com as músicas que você quiser e colocar para tocÁ-las, sem necessidade alguma de qualquer fio, isso ainda levando em consideração a grande autonomia de bateria, que leva quase 8 horas para descarregar com um volume médio na reprodução, dÁ para assistir dois filmes tranquilamente, dura o tempo necerrÁrio para qualquer apresentação e quase todas as festinhas, até porque após oito horas de qualquer tipo de festa a última coisa que você vai estar prestando atenção é na bateria da caixinha de som.

Um ponto quase imperceptível mostrou outra vez a grande competência da Edifier, um pequeno detalhe conseguiu transformar um "que ruim, ela não fica em pé" para um "nossa, que boa ideia!". A razão para esta exclamação não é nada mais do queo fato de a portinha - onde hÁ a entrada para o cartão SD - fazer às vezes de sustentação para o aparelho. Genial! TÁ, nem tanto assim, mas que é inteligente e prÁtico, é.


Para te situar mais, um pouco os botões presentes na parte de cima do MP15 são: |<< passar a música para trÁs (segurando-o passa a pasta do cartão para trÁs), play/pause, >>| passar a música para frente (segurando-o passa a pasta do cartão para frente) , botões de volume (+ e -) e botão power (liga e desliga).



 {break::Fotos}Confira algumas fotos do MP15:

- Continua após a publicidade -









{break::Conclusão}Além de ser bonita, discreta, moderna e ter volume boa qualidade muito bons, traz a vantagem de ter entrada para cartão SD. Infelizmente sempre falta alguma coisa, neste caso faltou poder utilizar a entrada USB  também para tocar músicas ao invés de apenas carregar a bateria , um carregador  para tomadas convencionais, algum tipo de visor para orientação em meio às músicas e, por último, botões como repeat e shuffle, para poder usar melhor o cartão SD.

Se não fossem estas pequenas falhas, com certeza o MP15 teria o seu preço justificado, porém, com estes detalhes, pagar cerca de 130 reais em uma caixa de som portÁtil pode ficar meio salgado demais.



PRÓS
- Qualidade do som
- Volume consideravelmente bom
- Ideal para Mp3(∞) Players, Notebook, Netbook, Celular, iPods, iPads...
- Design bonito e discreto
- Compatível com cartões SD
CONTRAS
- Apenas 2 Watts
- Sem visor para acompanhar as músicas do cartão SD
- Faltou botões como repeat e shuffle
- Preço relativamente alto
- Incompatibilidade com dispositivos USB
- Faltou um alimentador que utilize tomadas convencionais
Assuntos
Tags
  • Redator: Pedro Lima

    Pedro Lima

    Graduando de Jornalismo e Ed. Física, Pedro cresceu jogando videogames e futebol. Dividiu sua infância e adolescência com master-system, super nintendo, 486, k6-2, playstations e outros eletrônicos. Com eles aprendeu, além de gostar de games, tecnologia e ciência, a idolatrar Homer Simpson e Jaiminho, do Chaves.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.