ANÁLISE: Artic Cooling Freezer 7 Pro Rev.2

ANÁLISE: Artic Cooling Freezer 7 Pro Rev.2

A Artic Cooling é uma empresa mundialmente reconhecida. Seus produtos são sempre voltados para a Área de tecnologia, desde mouses, teclados, headphones; até lanchas, navios e tanques de brinquedo, isso sem falar em um video game que custa 53 dólares. Porém, sua maior especialidade é diminuir ruídos de aparelhos e esfriÁ-los, assim como sugere seu nome.

Por esta razão, os produtos mais consagrados da empresa são coolers, para diversas plataformas.

Hoje analisaremos um cooler de preço médio, que promete resfriar o processador a níveis consideravelmente maiores que os padrões que acompanham os CPUs, além de reduzirem o ruído significativamente.

A proposta do Freezer 7 Pro Rev.2 não é ser um cooler top de linha, mas sim, alternativa acessível aos que querem desempenho com bom custo/benefício.

A seguir, confira a performance do cooler em nossa review.

{break::Especificações}Como dito anteriormente a Artic Cooling promete baixar os níveis de ruído e de temparatura de sua CPU a números consideravelmente menores que os coolers padrões que acompanham os processadores.

A promessa é que o Freezer 7 Pro Rev.2 baixe a temperatura de 64.3º para 52.6 º graus, e o ruído de 1.75 sone para 0.8 sone.

Abaixo estão as especificações do cooler:

Freezer 7 Pro Rev.2:

- Continua após a publicidade -
  • Heatsink: 104 L x 58 W 126.5 H (mm)
  • Fan: 92 mm
  • Fan Speed: 900-2500 RPM (controlado por PWM)
  • Air Flow: 45 CFM/77m³/h
  • Cooling Capacity 130 Watts
  • Bearing: Fluid Dynamic Bearing
  • Weight: 520g
  • Compatibilty: Intel Core I7, Core I5, Socket 775, AMD Socket AM3, AM2+, AM2, 979
Outro detalhe do Freezer 7 Pro Rev.2 é a facilidade na instalação, pois não necessita de uma base embaixo da placa mãe, apenas a padrão que vai em cima do processador. Mostraremos todo o processo mais a frente.

{break::Fotos}Abaixo uma série de fotos do cooler e acessórios que o acompanham. Também tiramos algumas fotos dele ao lado de um cooler BOX para processadores Socket 1156/1155.

{break::Instalação}A instalação é bastante simples e rÁpida, com necessidade apenas de uma chave philips. Seu conceito de "encaixe" na mainboard é muito semelhante ao cooler BOX, onde não hÁ necessidade de uma base pela parte do fundo da mainboard.

Montamos o Freezer 7 Pro Rev.2 em uma plataforma Sandy Bridge com uma mobo Asus P6Z68-V Pro, processador Core i7 2600K e 4GB Corsair Vengeance.

- Continua após a publicidade -

Como comentamos, a instalação é muito simples, basta selecionar a base para sockets Intel, fazer sua fixação e depois prender a base com hetsink por cima, que é feita através de 2 parafusos. O FAN é encaixado por último.

{break::Testes}Como destacamos na pÁgina anterior, o sistema utilizado é baseado em um Core i7 2600K (Sandy Bridge) de 3.4GHz e montado sobre a recém lançada plataforma Z68, mainboard Asus P8Z68-V Pro com 4GB de ram Corsair Vengeance e uma placa de vídeo XFX Radeon HD 5770. Também utilizamos os coolers Thermalright HR-02(que custa o dobro do Freezer Pro Rev.2) e um cooler BOX da Intel para os comparativos.

Os testes estão na seguinte sequência: IDLE (sistema em modo ocioso), "Crysis Warhead", 3DMark 11 e wPrime.

IDLE (ocioso)
Em modo ocioso a temperatura não varia muito, então ainda não dÁ pra ter uma ideia do comportamento do cooler, neste teste os resultados são praticamente iguais.

{benchmark::1926}

Crysis Warhead
Aqui jÁ começamos a ter uma noção de seu potencial, melhor que o padrão da Intel que acompanha o processador, e pior que o Thermalright HR-02. Vale ressaltar que o preço do Freezer 7 Rev.02 recomendado pelo fabricante é de U$ 39.75, enquanto o preço recomendado do Thermalright HR-02 é de U$79.00.

- Continua após a publicidade -

{benchmark::1927}

3DMark 11
DÁ pra perceber que o desempenho do cooler em questão vai ser útil para aqueles que querem um poder de resfriamento pouco melhor que o padrão, porém devem estar cientes que uma mÁquina com alta demanda de arrefecimento precisarÁ de um cooler mais potente, e mais caro.

{benchmark::1928}

wPrime
A média se mantém. Ainda é uma temperatura aceitÁvel, mas esteja atento para situações onde hÁ maior demanda, ou ambientes mais quentes. Frisamos que os testes foram feitos em um ambiente a 20º Celsius, com o sistema aberto.

{benchmark::1929}

{break::Overclock}Overclockamos o Core i7 2600K de 3.4 GHZ para 4.3GHz, resultando em um bom ganho de desempenho, mas como o Freezer 7 Pro Rev.2 se comporta quando o processador gera mais calor? Veremos isso nos próximos testes, inclusive com resultados nos mesmos testes dos demais coolers comparados.

IDLE (ocioso)
Note o arroba (@) nos resultados. Estes, assim identificados, mostram os resultados dos testes com o sistema em overclock. Percebe-se que o Freezer Pro 7 Rev.2 teve um desempenho até satisfatório, aumentando apenas 5 graus, porém, estamos em modo ocioso.

{benchmark::1930}

Crysis Warhead
Sinal amarelo. Se você pretende utilizar este cooler em condições parecidas com as do nosso teste, esteja sempre de olho na temperatura de seu computador. Com o sistema fechado, em temperatura mais altas e se posicionado em locais pouco arejados, provavelmente você terÁ um leve super aquecimento se for jogar Crysis. Neste caso recomendamos o cooler mais potente.

{benchmark::1931}

3DMark 11
À medida que a demanda vai aumentando, mais super aquecido vai ficar seu sistema, principalmente em overclock. Não é que os resultados do Freezer 7 Pro Rev.2 são ruins, é que estamos fazendo os testes que mais exigem do cooler para que você tenha segurança na utilização deles. Salientamos que este cooler é recomendado para usuÁrios menos hardcore, que não levarão a utilização do processamento a níveis de exigência como estes. Mas caso assim seja, tenha um sistema de refrigeração em seu gabinete mais potente.

{benchmark::1932}

wPrime
Por último os testes com o wPrime e overclockado, o sistema subiu 14º C em relação às mesmas condições sem overclock. Estes resultados são considerados perigosos para o bom funcionamento de seu computador. Nestas condições, um cooler como o  Thermalright HR-02 seria mais recomendado.

{benchmark::1933}

{break::Conclusão}Como visto nos testes, o Freezer 7 Pro Rev.2 (U$ 39.75) é recomendado a usuÁrios que possuem um sistema intermediÁrio ou que não queiram se aventurar em overclocks extremos. Claro, se comparado ao preço do Thermalright HR-02 (U$79.00) este cooler chega a ser metade do valor, por esta razão não se pode cobrar dele um desempenho semelhante ao cooler mais potente da Thermalright.

Não entenda os testes anteriores como desempenho ruim, apenas a proposta dos dois são diferentes. Ou seja, se você não tem um sistema com alta demanda de refrigeração, e busca um custo/benefício aceitÁvel, um destes é bem vindo. Porém, se sua ideia é ter um sistema overclockado para alto processamento, prefira um cooler mais apropriado.

De qualquer maneira, classificamos o poder de refrigeração do Freezer 7 Pro Rev.2 bom, principalmente por segurar melhor o sistema quando overclockado, evitando que o FAN entre numa rotação mais alta e gere maior ruído, aliÁs, esse é um de seus maiores atrativos, sendo que é mais silencioso que um cooler BOX, principalmente quando o sistema estÁ sendo bastante exigido.

PRÓS
Gera pouco ruído
Instalação simples e rÁpida
Boa alternativa para substituir um cooler BOX
Comporta bem overclock ponderado
CONTRAS
Não é indicado para overclock extremos
É consideravelmente maior se comparado a um cooler BOX
Assuntos
Tags
  • Redator: Pedro Lima

    Pedro Lima

    Graduando de Jornalismo e Ed. Física, Pedro cresceu jogando videogames e futebol. Dividiu sua infância e adolescência com master-system, super nintendo, 486, k6-2, playstations e outros eletrônicos. Com eles aprendeu, além de gostar de games, tecnologia e ciência, a idolatrar Homer Simpson e Jaiminho, do Chaves.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.