ANÁLISE: Asus RT-N56U Black Diamond

ANÁLISE: Asus RT-N56U Black Diamond

Roteadores jÁ são, hÁ muito tempo, aparelhos bastante populares. Basta fazer uma busca, dentro de um apartamento, para ver redes de cinco ou seis vizinho ao alcance de seu aparelho. O número de dispositivos móveis capazes de se conectar via Wi-Fi também tornam estes dispositivos uma boa opção.

Neste mercado, o Asus RT-N56U Black Diamond é um roteador diferenciado, com mais recursos que a maioria dos disponíveis no mercado, como compartilhar um dispositivo entre os computadores da rede, capacidade de dividir a conexão em duas bandas, e controle de forma prÁtica do que trafega na rede.

Mais detalhes, no restante da review.

{break::Design e fotos}O primeiro ponto que chama a atenção no RT-N56U é o visual. Não agride nenhum senso estético deixÁ-lo na sala, graças ao acabamento no estilo "peça de decoração". O aparelho não possui antenas externas, e os leds do painel frontal têm um sutil acabamento em forma de estrela (segundo a fabricante, a inspiração do design foi em "um céu estrelado").

Outros pontos forte são tamanho e peso, sendo uma parelho bastante fino e leve, podendo ser usado na vertical, encaixando uma base, ou na horizontal. De pontos negativos, fica um inevitÁvel:  os cabos de conexão, saindo pela lateral, estragam um pouco da estética do conjunto, especialmente quando ele estÁ instalado "em pé".

 
  
  
  

- Continua após a publicidade -

{break::Especificações técnicas}O RT-N56U suporta os principais protocolos de conexão, encriptação e segurança. Uma vantagem do aparelho, em relação à maioria disponível no mercado, é o funcionamento em duas frequências diferentes: em 2.4 GHz e 5.0 GHz.

Outro recurso incomum é a existência de duas entradas USB 2.0, que tornam possível compartilhar dispositivos na rede, como uma impressora ou um HD externo.

Portas de rede
1 WAN, 4 LAN 10/100/1000
Antenas

2 internas de 2.4 GHz com ganho de 3.8 dBi e 3 internas para 5 GHz com ganho de 5.1 dBi
Memória
8 MB flash e 128 MB RAM
USB 2 portas USB 2.0
Tamanho 172 x 145 x 60 mm
Peso 330g
Frequência de             operação
2.4 GHz e 5 GHz simultaneamente

Taxa de
transferência

802.11n: até 300 Mbps
802.11a/g: até 54 Mbps
802.11b: até 11 Mbps

Encriptação


64/128-bit WEP WPA-PSK,
WPA2-PSK, WPA-Enterprise
WPA2-Enterprise, WPS (Wi-Fi protected setup)

Administração



Monitor de qualidade de trÁfego e de serviço
Servidor DHCP (até 253 endereços IP)
Administração via browser
Firmware upgrade
Protocolos de rede

IP AutomÁtico, IP estÁtico, PPPoE (suporte a MPPE), PPTP, L2TP
Segurança


Firewall:NAT e SPI
Logging: dropped packet, security event, syslog
Filtering: port, IP packet, URL keyword, MAC address

{break::Funcionalidades}Como jÁ destacamos, um dos pontos fortes do RT-N56U é um suporte a diversas tecnologias. Ao configurar o roteador, jÁ notamos uma diferença em relação à maioria dos roteadores: existem duas frequências de banda, 2.4 GHz e 5 GHz, que podem ser configuradas individualmente. Assim dÁ para ter redes diferenciadas, com uma sem senha para uso geral, operando em 2.4GHz, e uma protegida com senha do sistema WAP2, por exemplo, operando com mais desempenho em 5 GHz. Também podemos destinar a banda de 5GHz para usos mais intensos, como vídeos por streaming, enquanto na outra frequência ficam atividades "mais leves".

Outro recurso incomum são as duas portas USB 2.0, para conectar dispositivos que serão compartilhados por toda a rede. Ao conectar um pen drive, por exemplo, ele passa a estar disponível para todos os computadores conectados à rede, com permissões de leitura/escrita. Uma funcionalidade importante para quem deseja uma central para backup, acessÁvel a partir de todos os dispositivos da casa.

O uso é simples, sendo que o acesso é feito da mesma forma que qualquer pasta compartilhada na rede, por um computador. Não foi necessÁria nenhuma configuração, bastando "espetar" o pen drive para ele aparecer disponível na rede, para todos os computadores conectados. Funciona da mesma forma com outros aparelhos, como uma impressora. Até mesmo uma série de modelos de multifuncionais possuem suporte ao roteador.

- Continua após a publicidade -

Um ponto interessante do Asus RT-N56U é sua interface de administração, feita através do navegador, praticamente um padrão da indústria hoje. Ainda pode acontecer um "estranhamento" por parte de um usuÁrio não habituado mas, no geral, as telas de configurações são bastante "amigÁveis", com vÁrias imagens e explicações dos recursos, algo bem acessível mesmo para uma pessoa com pouca experiência na configuração deste tipo de aparelho. Também tem uma espécie de  "clip do word", ou seja, um personagem carismÁtico (ou não) que ajuda mostrando como fazer as configurações ou avisando onde existem falhas.


{break::Conectividade}Entre os destaques do Black Diamond, além do design, conexões USB e o sistema de duas frequências, estÁ um conjunto de tecnologias que buscam aumentar a performance de operação das conexões, melhorando o trÁfego dos dados pela rede local. Uma delas é o Gigabit Ethernet, banda de trÁfego para a conexão local com taxas de 1000 Mbps, algo bastante acima da média dos roteadores, que nos modelos mais simples se limitam a faixa entre 200 e 500 Mbps.

O roteador também possui um hardware capaz de otimizar a circulação dos dados, operando com até 300 mil seções de dados simultaneamente, algo que chega a ser 20x superior ao fluxo que a maioria dos demais aparelhos suportam. Isto evita "gargalos" caso muita informação trafegue na rede ao mesmo tempo. Outro recurso para administrar o fluxo de dados é o QoS (Quality of Service), que em caso de uso demasiado da banda de internet, dÁ prioridade a algumas atividades, como jogos ou streaming de vídeo, em detrimento de outras como navegação ou downloads. Como em vÁrios outros aspectos, a configuração deste recursos é simples, com bastante apoio visual da interface.

Outro recurso bastante útil para otimizar o funcionamento da rede é um direcionamento inteligente do sinal wireless do roteador. Ao invés de propagar o sinal em todas as direções, com a mesma potência, o RT-N56U concentra o sinal na direção onde hÁ aparelhos conectados, possibilitando um aumento de qualidade no sinal, sem aumentar o consumo ou a potência do aparelho.

{break::Conclusão} O Asus RT-N56U traz diferenciais que o tornam um roteador de alto nível, com diversas tecnologias que maximizam a eficiência do trÁfego da rede local. Outros recursos adicionais, como as portas USB e a interface bem organizada, tornam seu uso versÁtil e possibilitam a administração da rede de forma competente. Tudo isto embalado pelo seu design, definitivamente acima da média dos visuais quadrados, sem graça e cheios de antenas presentes na maioria dos roteadores.

O problema chega na hora de pagar a conta: R$ 499 é um custo bastante acima dos roteadores mais acessíveis, que podem ser adquiridos por valor quase 3x menores. Ele pode até incrementar o desempenho da rede local, mas como a maioria dos conteúdos são acessados pela internet, a limitação principal é a banda de internet, algo que o Black Diamond não irÁ modificar.

- Continua após a publicidade -

Nos testes, o roteador se saiu acima da média de todos os aparelhos, em qualidade de sinal, velocidade de transmissão dos dados e na facilidade de configuração. Mas este gerenciamento avançado da rede não trarÁ grande impacto no funcionamento da internet, exceto em casos de um fluxo muito grande de informação dentro da rede local, caso de locais com muitos computadores e dispositivos conectados simultaneamente.

Esta não é a realidade da maioria daqueles que desejam um aparelho para suas casas. A possibilidade de conectar aparelhos USB diretamente no roteador é interessante, mas hÁ aparelhos com este recurso e mais acessíveis, apesar de limitados, normalmente, a apenas uma porta.

É um modelo interessante, muito bonito e com a maioria das tecnologias mais avançadas, porém, é preciso ponderar se todos seus recursos são necessÁrios, jÁ que o preço é salgado.


PRÓS
Parece uma peça de decoração
Tecnologias avançadas de administração do fluxo da rede
Conexões de alta velocidade
Interface de configuração amigÁvel
Duas portas USB 2.0
CONTRAS
Muito caro
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.