ANÁLISE: Asus Automobili Lamborghini Eee PC VX6

ANÁLISE: Asus Automobili Lamborghini Eee PC VX6

As marcas dão status e agregam valor aos produtos. Isto não é novidade para ninguém na realidade de um mercado capitalista-consumista. A novidade são como marcas, originÁrias de outros mercados, entram em novos segmentos agregando valor, e trazendo a fama e o conceito de qualidade, que possuíam em seus mercados originais.

Na Área da TI, um tipo de parceria curiosa vem ganhando cada vez mais espaço: aparelhos eletrônicos com o escudo de montadoras de carros de luxo. Este tipo de parceria jÁ é visível em produtos como smartphones e notebooks da Ferrari, produzidos pela Acer, e casos como o que iremos analisar, o netbook Asus Automobili Lamborghini Eee PC VX6, que une a linha de computadores compactos da Asus com o conceito de design arrojado e potência dos carros da marca Lamborghini.


Entre flashes com Lamborghinis, temos algumas imagens do XV6

Vejamos o que estÁ embaixo do "capô" do VX6 no restante da review.

{break::Especificações técnicas}O XV6 possui um hardware bastante potente para um netbook, com um GPU dedicada Nvidia ION 2 e um processador Intel Atom dual core. As demais configurações também não ficam atrÁs, com 320 GB no HDD e muita conectividade com Bluetooth 3.0 e portas USB 3.0 e 2.0.

Especificações

  • Sistema Operacional
    Genuine Windows® 7 Home Premium e Express Gate
  • Display   
    12.1" LED Backlight WXGA Screen HD(1366x768)
  • CPU
    Intel® Atom™ D525 (Dual Core; 1.8GHz) / NM10
  • GPU
    Nvidia ION 2 512MB com NVIDIA Optimus
  • Memória
    DDR3 2GB  (expansível até 4GB)
  • Rede sem fio
    WLAN 802.11b/g/n & b/g @2.4GHz, Bluetooth 3.0
  • Armazenamento
    320GB HDD (5400RPM)
  • Câmera
    1.3M Pixel
  • Audio
    Hi-Definition Audio CODEC
    Stereo Speakers
    High Quality Mic.
  • Input / Output
    1 x VGA
    1 x HDMI
    2 x USB 3.0, & 1 X USB 2.0
    1 x LAN RJ-45
    2 x Audio Jack (Headphone / Mic-in)
    1 x Leitor de cartão: MMC/SD(SDXC)
  • Baterias
    6-cell Li-ion Battery Pack
    6-Cell 2.6Ah (57.72Wh)
  • Dimensões
    297 (Largura) X 204 (Diâmetro) X 28.67(Altura)mm
  • Peso
    1.5Kg (com a bateria)
  • Cores
    Branco (disponível na cor preta fora do país)

{break::Fotos}Apesar de falarmos um pouco da aparência na seção Design, as fotos falam por si mesmas. É difícil que o visual do XV6 desagrade alguém.

 
  
  
  
  
  
  
  

{break::Design}Não é preciso muito esforço para imaginar de onde veio a inspiração para o design do XV6. A beleza dos carros da montadora italiana Lamborghini estão presentes no (lindo) netbook. Para ser mais específico, o design do Lamborghini Eee PC VX6 são baseadas no Murcielago LP640 Roadster.


Murcielago LP640 Roadster

- Continua após a publicidade -

Mas o desenho do XV6 tem outros méritos além do visual chamativo. O teclado é bastante confortÁvel, o que é um ponto importante para este tipo de dispositivo, que possuem um espaço bastante reduzido. O mesmo acontece com o touchpad multitoque, que possui uma Área suficientemente grande para realizar as ações que usam dois dedos, como movimentos de pinça.

 

A saída de ar principal estÁ localizada na lateral esquerda do XV6, mas hÁ outras ao longo da "carroceria" do Lamborghini, o que aumenta a refrigeração e também dão um visual mais arrojado ao aparelho, jÁ que naturalmente as linhas destas entradas de ar lembram muito as presentes no carro.


A principal saída de ar fica na lateral (seta vermelha) e hÁ duas outras entradas na parte dianteira (setas verdes)

Uma tampa na parte inferior dÁ acesso fÁcil aos slots de memória RAM. São dois slots, e no modelo que serÁ comercializado no Brasil virÁ com 2 GB de memória RAM DDR3. O XV6 suporta até 4 GB de RAM, o que possibilita um upgrade no hardware. Ficou faltando um acesso fÁcil também ao HDD, o que significa que, caso o usuÁrio queira substituir o que estÁ no aparelho, passarÁ por toda a dificuldade que qualquer notebook ou netbook traz para substituições quando não deixam a peça "a mostra".


Alguns detalhes valorizam bastante a aparência do Lamborghini, como o escudo da montadora em alto relevo na "tampa-capô" do netbook.  Quando ligado, o XV6 faz um som parecido com a partida do motor de uma Lamborghini, mas claro, não espere a mesma intensidade. Isto é um tanto chamativo (teria a metÁfora passado do ponto?), mesmo sabendo que o objetivo do netbook é chamar a atenção, fica um pouco exagerado. Felizmente, isto é totalmente ajustÁvel através de uma configuração na Bios, ao ligar o XV6. LÁ é possível ajustar o volume, ou desabilitar o "ronco do motor" ao ligar.

- Continua após a publicidade -

{break::Desempenho: Cotidiano}O hardware robusto do XV6 mostra seus efeitos com o uso cotidiano do aparelho. Funções bÁsicas como acessar a internet, editar textos e rodar aplicativos diversos transcorrem sem problemas, mesmo operando simultaneamente vÁrias destas funções. O uso do netbook em muitos momentos apresenta um desempenho semelhante ao de notebooks.

Existem dois modos de boot no XV6: o normal, que carrega o SO Windows 7, e um boot acelerado, o Express Gate, presente em outros produtos da Asus. Este sistema operacional é baseado no Splashtop, distribuição Linux famosa por seu boot extremamente rÁpido. A ideia por trÁs do Express Gate é possibilitar o acesso a funções bÁsicas do computador em poucos segundos, como navegar na internet, jogar jogos simples e visualizar fotos. O sistema é escolhido através de dois botões de power on, sendo que o da esquerda ativa o Express Gate e o da direita carrega o Windows 7.


Layout do Express Gate

Uma pena que o sitema operacional é bastante limitado, e é possível ver outros sistemas do Express Gate que conseguem rodar programas como Skype e outros serviços de mensagem instantânea, mas basta para acessar rapidamente a internet, com direito a Flash e Java operando, e jogar alguns games "apenas para passar o tempo".

A tela tem resolução (1366x768) e é confortÁvel com suas 12.1". Isso possibilita assistir vídeo em qualidade HD. A intensidade das cores e os contrastes não decepcionam, e a distorção da imagem, de acordo com o ângulo que é olhada, estÁ dentro do normal para este tipo de tela.

O Áudio usa a tecnologia "Ice power", e como muitos aspectos deste netbook, estÁ acima da média dos demais nesta categoria de computadores. Não espere alta definição, especialmente nas frequências mais graves, mas o desempenho do Áudio é bom, especialmente na intensidade.

- Continua após a publicidade -

Conectado via a porta HDMI, o netbook fez resolução de 1920x1080, adequada para rodar o FullHD. Na hora de rodar os vídeos, porém, o desempenho não foi como o esperado, e ficou quase impossível assistir por conta do baixa quantidade de frames por segundo. JÁ um vídeo em HD rodou lisinho, tornando o XV6 um bom "cinema móvel", jÁ que basta o cabo HDMI para transmitir vídeo e Áudio a um televisor em boa qualidade.

Testando vídeos em Flash, em nosso teste, do site YouTube, o resultado foi semelhante. Os vídeos em 1080p rodaram com baixo FPS, jÁ o vídeo em 720p rodou perfeitamente, mesmo no modo "tela cheia".

Um ponto que chama a atenção no XV6 é o baixo aquecimento do aparelho. Mesmo rodando aplicações mais pesadas, como jogos ou vídeos em alta resolução, o aparelho praticamente não aquece, sendo bastante confortÁvel para usar no colo.

{break::Desempenho:Games}Dentre os testes de desempenho, colocamos o XV6 para rodar dois games: "Starcraft II" e "F.E.A.R.". No primeiro teste, com o Starcraft,  rodamos o jogo na resolução de 1024x768 em modo de qualidade baixa(low).

Podemos ver abaixo nos testes que a média de FPS fica abaixo dos 30 recomendados para um bom gameplay, o que não torna impossível se jogar esse tipo de game, jÁ que o FPS não é tão importante quanto em um "game de tiro", principalmente se for um gameplay "for fun".

{benchmark::1511}

F.E.A.R.
Abaixo temos os scores do F.E.A.R., game baseado na API DirectX 9, com um desempenho muito melhor do que o apresentado pelo Starcraft II.

{benchmark::1512}

O teste foi realizado apenas em baixa qualidade, pois quando tentamos aumentar a qualidade para média(medium), surgiram artefatos na tela, comprometendo o teste.

Estes benchmarks foram realizados apenas como um teste sem grandes espectativas, pois não se espera um bom desempenho para jogos em netbooks. Apesar do hardware do Lamborghini XV6 não ser suficiente para tornÁ-lo uma plataforma de jogos, sem dúvida dÁ para arriscar alguns jogos de gerações anteriores, ou games em resoluções e qualidades mais baixas, apenas para diversão e sem cobrar qualidade grÁfica elevada.

Nos testes onde rodamos aplicações mais pesadas, como estes jogos, além do baixo aquecimento do aparelho, chamou a atenção a boa duração da bateria. Mesmo assistindo vídeos em HD, com o mÁximo de luminosidade da tela e som no volume mÁximo, a bateria durou por períodos aproximados de 5 horas, um bom desempenho considerando o hardware potente. O XV6 possui o recurso "Nvidia Optimus", que gerencia de forma eficiente o hardware para poupar energia, desativando a GPU quando não necessÁria, por exemplo.

{break::Conclusão}Com certeza a "alma" dos Lamborghinis estão no Asus Automobili Lamborghini Eee PC VX6, com um alto desempenho, que muitas vezes o aproximam de notebooks, e um design que chama a atenção. O netbook tem praticamente tudo que se possa querer neste tipo de aparelho, com alta conectividade através de portas USB 3.0 e Bluetooth 3.0, e com uma GPU capaz de operar em resolução de FullHD e uma saída HDMI.

Apesar do teclado no aparelho testado estar no padrão internacional, a Asus Brasil afirmou que os modelos que serão comercializados no país virão com o padrão brasileiro, um ponto importante para que a digitação seja confortÁvel. Entre as poucas faltas, um módulo 3G traria mais uma opção de conectividade.

O preço é o grande problema no XV6, o que não é necessariamente uma surpresa. Todo o design caprichado e um hardware de peso trazem seu custo, o que é normal neste tipo de aparelho. Modelos de netbooks como o Acer Ferrari One estão na casa dos R$ 2.000,00, e possui as especificações técnicas ligeiramente inferiores. Para os mais pragmÁticos, que só querem o hardware potente e dispensam o design rebuscado e glamuroso, podem preferir outros aparelhos da própia Asus, como o Eee PC 1215N, com um hardware praticamente idêntico ao do XV6, porém com preço mais acessível.


Disputas entre Ferraris e Lamborghinis não é algo apenas para as pistas

Mas ao final, vem a grande pergunta acerca de todo aparelho com custo elevado: vale a pena comprar? Para os entusiastas que querem um bom desempenho em um netbook, e também fazem questão de um design que os diferencie, vale a pena adquirir o Lamborghini. Tendo condições financeiras para bancar o investimento, pois o preço não é para a realidade de qualquer um.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.