ANÁLISE: Thermaltake Slim X3

ANÁLISE: Thermaltake Slim X3

Lembram da review que fizemos do gabinete Element Q da Thermaltake? Bom, aquele gabinete tem como principal destaque o fato de ser bastante compacto, suportando apenas mainboards padrão Mini-ITX.

Na review do gabinete, montamos um sistema baseado em uma mainboard Gigabyte GA-H55N-USB3 e um processador Intel Core i5 655K de 3.2GHz (dual core). Constatamos que o cooler padrão dos processadores socket LGA 1156 fica encostado na fonte do gabinete (veja imagem abaixo), dificultando não apenas a dissipação de calor, mas forçando as peças internamente.

Para resolver esse problema e mesmo oferecer uma solução mais compacta as plataformas socket LGA 775, 1156 e também 1155, a Thermaltake lançou o cooler Slim X3, que iremos analisar hoje.

Thermaltake Slim X3
Como destacamos na introdução, a Thermaltake desenvolveu o cooler Slim X3 como opção para quem possui um gabinete compacto e precisa do menor espaço interno possível para as peças do sistema, além de ser a melhor opção para se utilizar com o gabinete Element Q desenvolvido pela própria empresa.

Como podemos ver abaixo, entre seus destaques temos a altura, apenas 3,6 centímetros, bem abaixo dos 5 centímetros do cooler BOX da Intel para processadores socket 1156/1155.

Outro ponto favorÁvel na comparação com o cooler BOX são seus 2 heatpipes, que ajudam bastante a dissipar o calor gerado pelo processador.

Abaixo as principais características do Slim X3:

- Continua após a publicidade -

Compatibilidade
- Socket LGA 775
- Socket LGA 1156
- Socket LGA 1155

* Suporta qualquer CPU com TDP de 75W

Dimensões do Dissipador
- 92(C) x 99(L) x 36(A) mm

Material do Dissipador
- Base e aletas de alumínio

Heatpipe
- 2 heatpípes

Dimensões do Ventilador
- 80 x 15 mm

Velocidade do Ventilador
- 1.200 ~ 2.400 RPM

Nível de Ruído
- 20 ~ 26.9 dBA

Fluxo de Ar MÁximo
- 10.814 ~ 22.35 CFM

Pressão de Ar MÁxima
- 0.458 ~ 1.93 mmH2O

Conector de Alimentação
- 4 Pinos (PWM)

Tensão
- 12 V

Vida Útil
- 30,000 horas

Peso
- 180 g

{break::Fotos}Dando sequência na review, abaixo temos uma série de fotos do cooler.

{break::Instalação}Montamos o Slim X3 em uma plataforma Intel LGA 1156 com processador Core i5 655K e gabinete Element Q, também desenvolvido pela Thermaltake, que analisamos em outubro de 2010. O gabinete é ideal para testar o cooler, jÁ que é muito compacto e colocarÁ em prova seu desempenho.

Começamos pela instalação, que é muito simples e rÁpida, gerando até uma dúvida do porquê de alguns coolers serem tão complexos de se montar, se existe casos como esse que se destacam justamente pela facilidade, sem que pra isso comprometa o modo como o cooler é preso e, por consequência, seu desempenho.

Nas fotos abaixo podemos ver as presilhas de fixação sendo presas a base do cooler, processo muito simples e o único que envolve "encaixe" de peças, depois é fixar na mainboard.

- Continua após a publicidade -

Após o processo descrito acima, passamos a pasta termica sobre o processador e, para facilitar a montagem, colocamos o cooler de cabeça para baixo com os parafusos que encaixam na mainboard para cima, viramos a mainboard também de cabeça para baixo e fizemos o encaixe, depois é só parafusar e pronto. Cooler instalado, bastando conectar o cabo de energia do FAN. Simples não?

Abaixo temos algumas fotos do cooler jÁ encaixado na mainboard e com o sistema montado, mostrando bem o espaço reduzido dentro do gabinete.


{break::Testes}Fizemos teste de temperatura em três situações diferentes, modo ocioso, rodando um vídeo em 720p e rodando um game. Vale destacar que o sistema não possui uma placa de vídeo add-on, foi utilizado o vídeo integrado do Core i5 655K.

Modo Ocioso
Começamos pela temperatura do processador com o sistema em modo ocioso, que teve um ganho de nada menos que 7º, considerado muito bom.

{benchmark::1465}

- Continua após a publicidade -

Vídeo em 720p
Rodando um vídeo em HD o resultado é ainda melhor, o Slim X3 da Thermaltake consegue ficar 9º abaixo do cooler BOX, com a temperatura mÁxima chegando a 44º.

{benchmark::1466}

Tom Clancy's HAWK
Para finalizar, no teste mais exigente que fizemos o ganho também foi muito bom, jÁ que o Slim X3 ficou 6º graus abaixo do cooler BOX, atingindo a temperatura mÁxima de 53º.

{benchmark::1467}

{break::Conclusão}Com o mercado de computadores compactos crescendo cada vez mais, coolers como o Slim X3 da Thermaltake devem ganhar espaço, para isso precisam focar no tamanho e desempenho, características fundamentais para esse tipo de produto.

O SlimX3 consegue um ganho considerÁvel sobre um cooler BOX, primeiro por ser mais compacto na altura, diferencial muito importante e servindo como ótima opção para diversos gabinetes, não apenas o modelo utilizado nos testes.

Outro ponto importantíssimo quando se trata de um cooler é seu desempenho prÁtico, que foi muito bom na comparação com um cooler BOX, jÁ que o Slim X3 consegue baixar a temperatura consideravelmente em todos os casos. Muito desse bom resultado deve-se ao fato dele possuir dois heatpipes, que ajudam bastante na dissipação do calor interno do cooler.

Seu acabamento é muito bom, e nem por isso tem um preço fora da realidade, na casa de R$ 60 reais, ainda mais se levarmos em conta que pode ser utilizado com qualquer gabinete e não especificamente em um modelo compacto.

Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.