ANÁLISE: D-link DCS-2121

ANÁLISE: D-link DCS-2121

Uma câmera de segurança que pode funcionar sem fio e ser acessada de qualquer lugar que tenha conexão com a internet através do seu número de ip. Além disso, pode gravar vídeo de maneira pré-programada e tirar fotos de um ambiente sempre que alguma coisa se mexa, através de um sensor de movimento. Essas são algumas das funcionalidades da D-link DCS 2121.

  
 

A DCS 2121 é o tipo de câmera de segurança ideal para quem quer colocar um sistema de segurança em uma pequena empresa ou comércio, ou até mesmo em casa, mas não quer gastar muito dinheiro com servidores, câmeras e instalação. Comparando-a com um sistema profissional, seu preço é acessível e ela pode ser instalada pelo próprio proprietÁrio, ou pelo suporte da D-link através de acesso remoto. Com ela podemos montar um sistema completo de segurança, jÁ que vÁrias podem ser ligadas ao mesmo servidor.

A D-link é uma empresa fundada em 1986 em Taiwan e é hoje uma das maiores companhias na Área de TI no mundo. Produz principalmente modems, roteadores wireless e produtos de segurança, como a própria DCS 2121.

{break::Requisitos de sistema}

As características da câmera são:
-Sensor CMOS 1280x1024 megapixels
-Recurso de captura de vídeo com luminosidade de até 0.5 lux (baixa)
-Interface DI/DO
-Streams MJPEG/MPEG-4 simultâneos para qualidade de imagem boa
-Wi-Fi protected setup
-Vídeo pode ser assistido ao vivo em computador ou celular
-Vídeo pode ser gravado em computador, NAS ou cartão de memória que vai na câmera

O que vem na caixa:
-D-Link DCS-2121 Megapixel Internet Camera;
-Cabo CAT 5 Ethernet;
-Adaptador de energia;
-Kit de montagem;
-Guia de instalação rÁpida;
-CD-ROM com Software e Documento do produto;


Requisitos mínimos do sistema:
-Cabo de rede (10/100 Fast Ethernet)
-Rede Wireless 802.11g (apenas para DCS-2121)

-Computador com:
-Processador 1.3 GHz ou superior;
-128MB de memória ou mais;
-Windows XP SP2 ou Vista;
-Internet Explorer 6 ou superior;

- Continua após a publicidade -

Multiplas câmeras exigem:
-Processador 2.4 GHz ou superior;
-512MB de memória ou mais;
-Placa de vídeo / chipset com 32 MB de RAM;
-Windows XP SP2 ou Vista;
- Internet Explorer 6 ou superior;

{break::Como instalar}

A montagem do hardware não é complicada e estÁ explicada passo-a-passo no manual de instruções. Basicamente, temos que encaixar as peças, ligar o cabo internet e o de energia e colocÁ-la no local desejado. A câmera é leve e sua haste de encaixe suporta parafusos, o que facilita que ela seja colocada em paredes ou no teto, como aconteceu aqui no Adrenaline.

Um dos pontos negativos da câmera é que ela só vem com cabo de energia 110v, o que pode causar problemas em alguns estados do país, onde a rede é 220v. Como a intenção é que a câmera possa ficar longe de um computador ou estabilizador, jÁ que ela é wireless e só depende do cabo de energia, a única opção é comprar outro cabo de energia com uma fonte que trabalhe nesta voltagem.

Para instalar o software, um CD acompanha a câmera. O CD também tem um manual de instalação, porém em inglês, para ter acesso ao manual em português é só entrar no site de suporte da da D-link fazer o download.

Para a câmera se tornar funcional, deve-se seguir dois passos na instalação. Primeiro instalar o software da DCS e em seguida os codecs para que seja possível reproduzir as tomadas de vídeo feitas pela câmera.


Após ser inserido na mídia, abrirÁ uma tela com o menu de instalação. Após isso o primeiro passo é clicar em "instalation wizard", para abrir o setup e seguir como qualquer outra instalação de programa.

- Continua após a publicidade -

O segundo passo é clicar em "ffdshow", os passos são os mesmos. Para finalmente executar o programa, vÁ em iniciar > programas > D-Link Setup Wizard SE. E a tela que irÁ abrir vai ser essa:

Wizard vai ajuda-lo nas configurações da câmera, como a criação de um login e uma senha, Search serve para localizar todas as câmeras que estão conectadas ao sistema e Link vai direciona-lo para a interface web em seu navegador. A partir daí, todas as configurações poderão ser feitas direto em seu browser.

{break::Configurações}

A partir daí sua câmera jÁ deve estar funcionando, mas por enquanto ainda com o cabo internet conectado. Como a principal funcionalidade dela é trabalhar sem fio, isso ainda precisa ser configurado, assim como outras funcionalidades que só podem ser ajustadas no browser. É nessa parte que tivemos alguns problemas na instalação aqui no Adrenaline e ela só pode ser feita através de assistência remota do suporte da D-link no Brasil. Na primeira ligação foram exatos dez minutos esperando na linha "com um belo fundo musical", até nos cansarmos e desligarmos o telefone. Na segunda ligação tivemos bem menos problemas. Logo fomos atendidos e o suporte explicou que a pessoa responsÁvel não estava disponível no momento, mas que retornariam a ligação, o que aconteceu no dia seguinte, quando através de assistência remota o funcionÁrio do suporte configurou a câmera para nós. Tirando a primeira ligação quando não fomos bem atendidos, o suporte da D-link Brasil foi bem eficiente.

Antes de começar a falar sobre as configurações, vale lembrar que usando o Mozilla Firefox e o Google Chrome tivemos alguns problemas, pois algumas opções podem não aparecer, então recomendamos que seja utilizado o Internet Explorer para que tudo ocorra como o esperado. 

Quando abre a imagem da câmera através do ip no navegador, logo aparece um menu na parte superior. A primeira tela é com o vídeo ao vivo.

- Continua após a publicidade -

Maintenance vai ser útil assim que a DCS 2121 for instalada, jÁ que recentemente foi lançado um novo firmware para ela. Após baixar o novo firmware no site de suporte da D-link, no menu esquerdo, clique em firmware upgrade, só selecionar o arquivo e instalar. 

Algumas das funcionalidades que aparecem logo que a câmera é aberta, na parte inferior da imagem, são:

Snapshot que serve para que uma imagem seja capturada,  Recording é usado para gravar o vídeo da imagem da câmera e Start/Stop Audio, para ligar ou desligar o microfone embutido na câmera.

{break::Funcionalidades}

As principais funcionalidades da câmera são: trabalhar de maneira wireless, poder gravar vídeos, poder filmar com pouquíssima luminosidade e sensor de movimento para capturar fotos e vídeos sem qualquer comando pré-programado. Vamos explicar cada uma delas para vocês.

Wireless: Apesar da pequena dificuldade em instalar a câmera e fazê-la trabalhar sem fios, essa é uma das principais funcionalidades dela. Se tratando de uma câmera de segurança, é importante essa mobilidade, para que ela possa ser instalada em qualquer lugar, contanto que haja uma fonte de alimentação de energia. Sem duvida é o grande atrativo da câmera, junto com a possibilidade de funcionar com pouca luminosidade.

Gravar vídeos: A câmera pode gravar vídeos tanto em cartão SD que vai no slot dela própria quanto em um servidor Samba. Além disso, pode escolher vÁrios tipos de eventos para gravar. A DCS 2121 possibilita que seja gravado somente quando um evento acontecer, como, por exemplo, quando a câmera detectar um movimento, ou em horÁrios específicos do dia. O usuÁrio pode, inclusive, escolher o dia da semana que quer que a câmera comece a gravar.

O detector de movimentos é muito interessante. O usuÁrio pode escolher qual Área da filmagem quer que o movimento seja detectado e, inclusive, a sensibilidade do sensor. Trabalhamos com a sensibilidade em 100% e ele detectou inclusive as oscilações de luz do local, enquanto com 50% ele detectou bem movimentos humanos. Tudo foi gravado em um cartão SD que estava na câmera. Ela permite ainda que se configure uma conta de e-mail para receber notificações cada vez que detectar algum movimento e estiver gravando. É possível também determinar a Área em que serÁ feita verificação, na imagem abaixo é delimitada pelo quadriculado em vermelho.

Filmar com pouca luminosidade: Outro ponto positivo da DCS 2121 é a possibilidade de filmar com baixíssima luminosidade. Ela pode gravar imagens identificÁveis com até 0.5 lux, o que é ótimo, mesmo comparando com sistemas completos de vigilância eletrônica, que muitas vezes não tem resolução boa mesmo gravando em ambientes com boa luz.

Capturar fotos: A DCS 2121 pode ser pré-programada para tirar fotografias em determinados horÁrios ou quando detectar algum movimento. Essas fotografias podem tanto ser gravadas em um servidor como ser enviadas para o seu e-mail. Muito útil, principalmente se você tem acesso fÁcil à sua conta, para saber se hÁ movimento no lugar onde a câmera se encontra.


{break::Conclusão}

Embora seja uma boa câmera, a DCS 2121 tem alguns contras que podem pesar. Ela é de fÁcil instalação e uso, porém seu valor ainda é um pouco salgado se comparado com algumas concorrentes. Pesa contra também o mau atendimento na primeira ligação para o suporte da D-link, mas esse fato foi compensado com a total atenção disponibilizada nas outras ligações, inclusive instalando através de assistência remota.

O sensor de movimento é um ponto bem positivo, jÁ que ele se mostrou eficiente até para a detecção de oscilações de luz. Além disso, ele permite que a câmera não precise ficar gravando 24h por dia e ocupando um servidor sozinho, jÁ que um cartão de 8GB parece ser suficiente para que as imagens sejam gravadas, com sobra.

 
 

Ela se mostrou eficiente para filmagem com pouca luz, deixando claro, por exemplo, um rosto filmado em um ambiente com pouca iluminação. O que pesa contra, nesse caso, é que ela só pode ser usada em algum lugar fechado, jÁ que não é resistente à chuva ou vento. Nesse aspecto, ela é muito parecida com uma webcam. Talvez para ser uma câmera de segurança completa, a DCS 2121 deveria ser mais robusta e poder trabalhar externamente.

 

PRÓS
Sensor de movimento
Wireless
Filma com pouca luz
Boa qualidade de imagem
FÁcil instalação
CONTRAS
Preço salgado
Não pode ser usada em lugares abertos
Cabo de energia que acompanha é curto e só trabalha em 110v
Assuntos
Tags
  • Redator: Gian Kojikovski

    Gian Kojikovski

    Peixe fora d'água, Gian Kojikovski demorou em entrar no mundo da tecnologia. Ganhou seu primeiro computador aos 11 anos mas só foi descobrir como usá-lo aos 13. Desde então, gastou tardes e madrugadas entre os clássicos The Sims e GTA II. É estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina e tem interesse em pesquisas na área de smartphones.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.