ANÁLISE: Huawei U8150 Ideos

ANÁLISE: Huawei U8150 Ideos

Mesmo com um processo de popularização, ter um smartphone ainda estÁ longe de ser algo barato. As opções, na maioria, estão acima da casa dos mil reais. É neste contexto que surge o Ideos, um "celular inteligente" que tenta tornar mais acessível esta tecnologia, com um preço mais em conta.


O Ideos é um dos primeiros da Huawei a carregar diretamente o nome da marca (ainda que discretamente, jÁ que você só vai ver seu símbolo na bateria). A empresa jÁ produziu outros aparelhos, normalmente comercializados sobre o nome de grandes operadoras americanas.

Assim, a Huawei é conhecida no mercado brasileiro muito mais por outros dispositivos, como modems e roteadores, do que por produzir aparelhos celulares. Porém, ela faz parte de um grupo de empresas que vem mostrando um crescimento expressivo, a maioria concentrada na Ásia, e vem conquistando mercado em relação às cinco primeiras marcas em vendas (Nokia, LG, Samsung, Apple e RIM), com um crescimento de 28% em relação ao ano passado.

A marca anunciou a entrada no mercado brasileiro com o Ideos, juntamente com o tablet S7. O smartphone é discreto, tanto em tamanho quanto em hardware. Porém, um detalhe pode transformÁ-lo em um "pequeno notÁvel": o sistema Android 2.2 instalado. A Huawei não divulgou ainda a data de lançamento, nem o preço oficial, mas com custo de 149 euros no exterior, é de se esperar um preço bastante competitivo. Mais detalhes no restante da review.

{break::Especificações}JÁ ao ver a lista das especificações técnicas do aparelho, é possível notar que o Ideos não é um smartphone com um hardware potente. Nada fora do esperado, jÁ que busca um preço de comercialização "mais amigÁvel". Entre os pontos negativos, estÁ a touchscreen pequena e de baixa resolução, assim como uma câmera sem flash.

O aparelho possui boa conectividade, um possível fruto da experiência da marca em outros aparelhos com conexão móvel, incluindo Wi-Fi, 3G e Bluetooth.

Especificações técnicas:

Tela TFT touchscreen capacitiva, 256 mil cores
Tamanho 240 x 320 pixels, 2.8 polegadas
CPU
Qualcomm MSM 7225 528 MHz processor
OS Android OS, v2.2 (Froyo)
Câmera 3.15 MP, 2048x1536 pixels
USB microUSB v2.0
Infravermelho Não
GPS Sim
Acelerômetro   Sim
Sensor de proximidade Sim
Áudio conexão aúdio de 3.5 mm, caixa de som
Memória 256 MB RAM, 512 MB ROM
Suporte a cartão Sim, formato microSD até 32GB
WLAN Wi-Fi 802.11 b/g/n
Bluetooth v2.1 com A2DP

- Continua após a publicidade -

{break::Testando no cotidiano}Usar o Ideos traz uma grata surpresa nos primeiros minutos. Apesar de seu custo ser mais baixo, o celular apresenta respostas rÁpidas, graças a dois elementos: o sistema Android puro (sem as "perfumarias" que outras marcas adicionam ao sistema, como transições elaboradas entre as telas ou apps adicionais) e uma tela capacitiva com boa resposta

Um sistema Android instalado no aparelho significa uma sincronização praticamente invísivel e instantânea com todos os serviços da Google como o Gmail e Maps, tudo embarcado no sistema do celular, e todas as demais possibilidades que podem ser baixadas (diversas de graça) no Android Market. Com a versão 2.2, também inclui recursos como as buscas por voz (inclusive em português brasileiro) e o Navigator, serviços desenvolvidos para esta versão. Nos testes que fizemos em alguns sites (inclusive no do Adrenaline) o animações em Flash não rodaram, mesmo sendo uma das novidades desta versão do SO, possivelmente resultado do hardware mais fraco do Ideos.

Não possuir alterações no sistema operacional também pode significar atualizações para novas versões do Android com maior velocidade, diferente de outros sistemas adaptados que rodam em aparelhos de outras marcas. A Huawei jÁ prometeu ser rÁpida nos upgrades para versões mais recentes, falta ver se na prÁtica isso irÁ ocorrer.

A tela pequena, com 2,8 polegadas e resolução de 320x240 pixels, não impressiona, mas não chega ao ponto de comprometer o uso do sistema. O teclado ficou bastante comprimido, especialmente quando o celular é usado na vertical, mas é uma surpresa notar que seu desempenho não chega a ser tão ruim, considerando o quanto a tela é compacta. Tudo graças a uma boa resposta da tela capacitiva. E com o recurso do acelerômetro, basta girar o celular e a digitação melhora um pouco. Outro ponto interessante é que o teclado também vibra a cada tecla acionada, incrementando a resposta durante a digitação.

A tela não é multi-touch, o que não surpreende jÁ que seu tamanho tornaria o uso deste recurso difícil de qualquer maneira. O acesso aos multimídias é intuitivo, especialmente a nova organização do player de música do Froyo. JÁ nas fotos, o programa que organiza as imagens faz somente o bÁsico. Nada que represente um problema grande, jÁ que basta baixar um dos milhares de apps do Android Market disponíveis na internet para contornar o problema.

{break::Design}JÁ existe um estereótipo sobre a qualidade e o design de modelos chineses, aqueles apelidados de "Xing Ling". Felizmente, o Huawei não seguiu o estilo, e possui um visual apresentÁvel. Não chega a ter um design top de linha ao estilo de vÁrios smartphones com custo superior, mas o Ideos é bem desenhado, com bordas arredondadas e confortÁvel ao uso.

- Continua após a publicidade -

   
   
  
 

Os botões não chegam a ser ruins para uso, porém faltou um botão dedicado para fotografia ou quem sabe algum para músicas. Nas laterias somente hÁ dois botões para ajuste de volume, e o botão central em forma de círculo não é nem muito confortÁvel para uso, nem um primor estético.

O corpo em plÁstico dÁ um certo visual de fragilidade, mas no uso não chega a passar insegurança. Uma vantagem do aparelho é sua leveza, com aproximadamente 100 gramas, sendo quase imperceptível no bolso por conta de seu peso e formas arredondadas. A parte traseira possui quatro opções de cores: amarelo, azul, rosa e preto. Estas vÁrias opções são um ponto positivo, indo dos mais chamativos até o discreto preto, e podendo agradar diversos públicos.

{break::Vídeos e fotos}Para alcançar o preço competitivo, alguns recursos são bastante limitados no aparelho. De todos, a câmera é provavelmente o que mostra isso com mais clareza. Com 3.2 megapixels, as fotos são apenas razoÁveis, e a ausência de qualquer tipo de flash torna ainda mais difícil conseguir fotografias em condições de luz não favorÁveis.

 

- Continua após a publicidade -

Alguns poucos ajustes são possíveis, como balanço de branco e seleção de tipo de cena. Não hÁ um botão dedicado para as fotos, e o obturador é acionado por um botão na tela. Por conta do tamanho mais reduzido do aparelho, é um pouco desconfortÁvel bater fotos, ficando difícil manter a câmera firme.

 

{break::Conclusão}O Ideos é um celular que não decepciona quem quer ter um bom Android. A versão 2.2 jÁ vem nativa no aparelho e mantém os dois elementos indispensÁveis para se ter uma boa experiência com o sistema da Google: boa conectividade, com 3G e Wi-fi, e uma tela capacitiva de qualidade.

Nos outros elementos, o custo menor "cobra seus préstimos": a câmera é fraca, o hardware não é potente e a tela tem apenas 2.8 polegadas, o que pode tornar a navegação e outras atividades trabalhosas, além de não rodar o Angry Birds (uma baixa e tanto).

Para quem deseja ter as funcionalidades bÁsicas de um smartphone Android e entrar no mundo da "computação de bolso", o Ideos é uma boa opção. É preciso saber ainda o preço, jÁ cogitado como abaixo dos R$ 700. Caso venha muito acima, surgem concorrentes como Xperia X10 Mini por R$ 899, e o Motorola Spice, por R$ 799, que parecem opções mais interessantes, apesar de possuírem versões anteriores do Android.


PRÓS
Android 2.2
Sem alterações no SO
Tela capacitiva de boa sensibilidade
Leve e compacto
CONTRAS
Câmera fraca
Tela pequena e de pouca resolução
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.