ANÁLISE: Gigabyte GA-H55N-USB3 (Mini-ITX)

ANÁLISE: Gigabyte GA-H55N-USB3 (Mini-ITX)

Com o mercado de produtos compactos crescendo a passos largos, um novo formato de mainboards vem ganhando espaço: o tamanho Mini-ITX, também conhecido por 17x17, números de sua medida em centímetros.

Algumas empresas estão lançando placas-mãe no padrão Mini-ITX com bastante regularidade, com por exemplo a Zotac, que estÁ entre as pioneiras e a que mais aposta nesse segmento. Entre os motivos da empresa, estÁ o fato dela lançar media centers jÁ montados (com processador, memória, hd, drive dvd/bd etc) bastando os demais "acessórios" como mouse, teclado e monitor/TV para funcionar.

Abaixo temos uma imagem comparando o formato Mini-ITX com o Micro-ATX e o Standart-ATX, os dois principais formatos de mainboards quando falamos em computadores desktop.


Neste segmento, a Gigabyte é uma das marcas mais conceituadas, e nada melhor que um produto de quem mais conhece do assunto. Recebemos para review a placa GA-H55N-USB3, baseada no socket LGA 1156 com formato Mini-ITX, opção para quem deseja montar um HTPC (Home Theather Personal Computer) sem deixar de lado o fator qualidade, além da possibilidade de montar uma "mÁquina" consideravelmente forte. 

{break::Os recursos da GA-H55N0-USB3}Como destacamos na introdução, a Gigabyte GA-H55N-USB3 é uma placa-mãe para quem quer montar um computador compacto, sem abrir mão do desempenho. No padrão Mini-ITX, medindo 17 cm x 17 cm, ela suporta processadores Intel® Core™ i7, Core™ i5 e Core™ i3, além de overclock do GPU em até 13% via BIOS. Possui duas entradas para memórias DDR3, com limite de 8 GB. A conectividade do vídeo é ampla, com portas HDMI, VGA e DVI, além de portas USB 3.0 o que garante 3x mais energia para o periférico, e taxas de transferência de até 5Gbps.

Vale destacar que para utilizar o vídeo integrado, o processador utilizado precisa ser compatível.

Entre as principais características da placa temos:

  • Ultra Durable 3 - Com camadas de cobre na composição, diminui o desperdício de energia e aumenta a durabilidade
  • Smart 6 - Tecnologia que combina 6 softwares para melhor administração e configuração da placa
  • Dynamic Energy Saver 2
  • Suporte à processadores Intel® Core™ i7/ Core™ i5/ Core™ i3 LGA 1156
  • Dois slots para memórias DDR3
  • Saídas de vídeo HDMI, VGA e DVI (requer processador compatível)
  • 6 entradas de Áudio
  • Placa de rede onboard Realtek ALC889

{break::Especificações}Abaixo as especificações completas da placa, com suporte as mesmas tecnologias de modelos Micro-ATX e Standart-ATX da Gigabyte. O destaque fica pelo slot PCI-Express 16X, possibilitando ao usuÁrios utilizar uma placa de vídeo add-on para dar mais "poder" ao sistema.

- Continua após a publicidade -

CPU
   1. Suporte aos processadores sockey LGA 1156: Intel® Core™ i7, Core™ i5 e Core™ i3
   2. L3 cache varies with CPU

Chipset
   1. Intel® H55 Express Chipset

Memória
   1. 2 x 1.5V DDR3 DIMM sockets supporting up to 8 GB of system memory
   2. Dual channel memory architecture
   3. Support for DDR3 1666 (O.C.)/1333/1066/800 MHz memory modules
   4. Support for non-ECC memory modules
   5. Support for Extreme Memory Profile (XMP) memory modules

GrÁfico Onboard - Integrated in the Chipset:
   1. 1 x D-Sub port
   2. 1 x DVI-D port
   3. 1 x HDMI port

Áudio
   1. Realtek ALC892 codec
   2. High Definition Audio
   3. 2/4/5.1/7.1-channel
   4. Support for S/PDIF Out

LAN
   1. 1 x Realtek RTL8111E chip (10/100/1000 Mbit)

Slots de Expansão
   1. 1 x PCI Express x16 slot, running at x16 (The PCIEX16 slot conforms to PCI Express 2.0 standard.)

Interface de Armazenamento
   Chipset:
   1. 4 x SATA 3Gb/s connectors supporting up to 4 SATA 3Gb/s devices
   2. 1 x eSATA 3Gb/s connector on the back panel supporting up to 1 SATA 3Gb/s device

USB
   Integrated in the Chipset
   1. Up to 8 USB 2.0/1.1 ports (4 on the back panel, 4 via the USB brackets connected to the internal USB headers)

NEC D720200F1 chip:
   1. Up to 2 USB 3.0/2.0 ports on the back panel

* USB 3.0

Conectores Internos I/O
   1. 1 x 24-pin ATX main power connector Connectors
   2. 1 x 4-pin ATX 12V power connector
   3. 4 x SATA 3Gb/s connectors
   4. 1 x CPU fan header
   5. 1 x system fan header
   6. 1 x front panel header
   7. 1 x front panel audio header
   8. 1 x S/PDIF Out header
   9. 2 x USB 2.0/1.1 headers
  10. 1 x debug card header
  11. 1 x chassis intrusion header
  12. 1 x clearing CMOS jumper

Conectores Painel Traseiro
   1. 1 x PS/2 keyboard/mouse port Connectors
   2. 1 x D-Sub port
   3. 1 x DVI-D port
   4. 1 x optical S/PDIF Out connector
   5. 1 x HDMI port
   6. 4 x USB 2.0/1.1 ports
   7. 2 x USB 3.0/2.0 ports
   8. 1 x eSATA 3Gb/s connector
   9. 1 x RJ-45 port
  10. 6 x audio jacks (Center/Subwoofer Speaker Out/Rear Speaker Out/ Side Speaker Out/Line In/Line Out/Microphone)

Controlador I/O
   1. iTE IT8720 chip

Monitoramento H/W
   1. System voltage detection
   2. CPU/System temperature detection
   3. CPU/System fan speed detection
   4. CPU fan speed control

BIOS
   1. 2 x 64 Mbit flash
   2. Use of licensed AWARD BIOS
   3. Support for DualBIOS™
   4. PnP 1.0a, DMI 2.0, SM BIOS 2.4, ACPI 1.0b

Características Exclusivas
   1. Support for @BIOS
   2. Support for Q-Flash
   3. Support for Xpress BIOS Rescue
   4. Support for Download Center
   5. Support for Xpress Install
   6. Support for Xpress Recovery2
   7. Support for EasyTune (Note 6)
   8. Support for Dynamic Energy Saver™ 2
   9. Support for Smart 6™
  10. Support for Auto Green
  11. Support for ON/OFF Charge
  12. Support for Q-Share

Pacote de Software
   1. Norton Internet Security (OEM version)

Sistema Operacional
   1. Support for Microsoft® Windows 7/Vista/XP

Form Factor
   1. Mini-ITX Form Factor; 17.0cm x 17.0cm

{break::Fotos}Nas fotos a seguir podemos ver bem o tamanho da placa, numa comparação com um smartphone, um CD e com alguns hardwares e acessórios.

- Continua após a publicidade -

BIOS
Nas imagens abaixo podemos ver que apesar da placa não ter opções muito avançadas para overclock, possui as principais opções, inclusive perfis jÁ pré-configurados facilitando a vida de quem quiser dar um "up" no seu sistema.

{break::MÁquinas/Softwares utilizados}A princípio não iriamos fazer testes comparativos, afinal a placa é destinada a um público totalmente diferente de modelos Standart-ATX e Micro-ATX, mas acabamos que colocando alguns testes da ECS P55H-AK, que analisamos recentemente, dando noção de como se comporta a placa/chipset GA-H55N-USB3 quando comparada a um modelo com características bem diferentes como é o caso da placa da ECS.

Abaixo temos uma foto com as placas lado a lado.

- Continua após a publicidade -

MÁquinas utilizadas nos testes:
- Processadores Intel Core i5 655K @ 3.2GHz
- Mainboards Gigabyte GA-H55N-USB3 e ECS P55H-AK
- Memórias 4 GB DDR3-1600MHz G.Skill Trident
- HD 1TB Sata2 Wester Digital
- Fonte XFX 850W Black Edition
- Placa de vídeo XFX Radeon HD 5670

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 64 Bits com Updates
- Intel INF 9.1.2.1007
- ATI Catalyst 10.9

Aplicativos/Games:
- WinRAR 3.93
- Sandra Lite 2010 (16.67)
- CineBENCH 11.5
- x264 HD Benchmark 3.19
- wPrime 2.03
- 3DMark Vantage
- F.E.A.R.
- StarCraft II

CPU-Z e GPU-Z
Abaixo, algumas telas do CPU-Z e a tela principal do GPU-Z, nas quais podemos ver alguns detalhes da mainboard e dos demais hardwares do sistema utilizado.


{break::Winrar, Sandra}WinRAR
Começamos os testes com o WinRAR, e jÁ vemos que o tamanho não impacta em nada na performance da placa, afinal o desempenho dela foi superior a P55H-AK, mesmo que por pouco, como jÁ era de se esperar.

{benchmark::1011}

SiSoftware Sandra 2010
Com os testes do Sandra as placas ficam "coladas", e podemos dizer que praticamente não existe diferença entre o desempenho delas.

{benchmark::1012}

{break::CineBench, x264 HD, wPrime}Agora temos três testes bem interessantes, o CineBench que faz renderização de imagem, o x264 HD que faz uma conversão de vídeo em alta qualidade, e o wPrime que gera stress test do processador.

Como podemos ver abaixo, em todos os testes praticamente não existe diferença, mostrando que o usuÁrio não deve comprar uma placa-mãe visando mais performance apenas por ela ter um determinado chipset ou marca.

{benchmark::1013}

{benchmark::1014}

{benchmark::1015}

{break::F.E.A.R., StarCraft II}Como destacado nas especificações, a GA-H55N-USB3, assim como diversas outras placas para socket LGA 1156, vem com vídeo integrado. Para isso, é necessÁrio um processador da linha Intel Core i3 ou i5, jÁ que os modelos Core i7 não trazem esta tecnologia.

Fizemos alguns testes para ver o comportamento do vídeo rodando games, inclusive fizemos um comparativo com uma placa de vídeo Radeon HD 5670, cientes de que esta não é a melhor solução comparativa, mas com a ideia de mostrar a diferença que existe em um vídeo integrado e uma placa add-on que custa na casa de U$ 100 dólares, mesmo preço da mainboard GA-H55N-USB3.

Como vemos abaixo, deu para rodar o game F.E.A.R. na resolução de 1024x768 e qualidade medium com média de FPS superior a 30, mostrando que apesar da limitação, é possível jogar alguns games. Agora reparem no desempenho do game com mesmas configurações, mas com uma Radeon HD 5670, é outra "realidade". Mesmo placas add-on mais simples, como uma 5450, fariam score acima de 100 FPS.

{benchmark::1016}

StarCraft II
Fizemos também testes de desempenho com o StarCraft II, um dos games mais vendidos do ano.

Reparem que é possível rodar o game em qualidade LOW sem problemas com o vídeo integrado. Lógico que usuÁrios mais exigentes podem não gostar muito, mas se o que vale mesmo é a jogabilidade, o vídeo integrado da placa vai quebrar o galho.

Como era de se esperar, a 5670 fica bem acima, inclusive com score semelhante em ambas as resoluções, como se tivesse atingido o limite do processamento.

{benchmark::1017}

{break::OC: Winrar, CineBench}Não poderiamos deixar de fazer um overclock no processador, apesar de não ser uma característica muito importante para esse tipo de produto, por mais que o overclock hoje seja algo comum, inclusive com a inclusão de mecanismos prontos para o overclock numa boa parte dos produtos.

A Gigabyte tem entre sua lista de softwares proprietÁrio o Easy Tune 6 que, dentre suas funcionalidades, trabalha em conjunto com a BIOS da placa-mãe acionando perfis pré-configurados de overclock. Utilizamos o perfil "3"(ver imagens abaixo), opção com o clock mais alto, passando de 3.2GHz para 3.84GHz, o que não é uma mudança drÁstica, mas que é feito de um modo simples e prÁtico, tornando overclock possível mesmo para pessoas com pouco conhecimento.

Vale destacar que é possível fazer overclock manual, inclusive utilizando o próprio Easy Tune 6 como podemos ver nas imagens acima, dessa forma alcançar resultados mais altos não apenas no clock, mas no desempenho final.

WinRAR
Como podemos ver abaixo, o resultado alcançado com o WinRAR foi de pouco menos de 10%.

{benchmark::1018}

CineBENCH 11.5
JÁ com o CineBench o resultado foi melhor, alcançando quase 20% de ganho com o sistema overclockado, um resultado que podemos classificar como "nada mal".

{benchmark::1019}

{break::Conclusão}Sou um amante de sistemas compactos. Uma pena que ainda estamos longe de ter soluções compactas que consigam chegar perto de soluções intermediÁrias quando falamos em games, mais precisamente vídeo. Afinal, teriamos PC-Consoles fazendo tudo que um PC faz, mas com possibilidade de rodar games em alta qualidade, perfeito para ter ao lado de uma TV, logicamente com o bom acabamento que esse tipo de aparelho necessita para ter seu espaço em uma sala, e não gabinetes gigantes e barulhentos.

A placa GA-H55N-USB3 é uma ótima solução para quem deseja montar um sistema compacto e com alto poder de desempenho, afinal suporta até processadores Core i7 da série 800 (além de Core i3 e i5), como possui um slot PCI Express 16x pode virar uma verdadeira mÁquina gamer, bastando o gabinete suportar vídeo add-on. Em nosso caso, montamos ela em cima do Thermaltake Element Q, um dos gabinetes mais interessantes do mercado quando falamos de mainboards Mini-ITX.

Além do suporte aos processadores socket LGA 1156, outros destaques estão relacionados as tecnologias da placa, como USB 3.0 e Áudio de 8 canais. A placa fica devendo apenas conexões sata 6GB para se equiparar a mainboards Micro e Standart-ATX. Vimos também que usuÁrios mais exigentes podem se aventurar em overclock, sempre destacando que ao montar ela em um gabinete compacto, o fator aquecimento pode ser um problema.

Em relação ao preço, poderia ser um pouco mais barata, mas por ter suporte as mesmas tecnologias encontradas em mainboards padrão Micro e Standart-ATX, tem sentido custar algo próximo delas, afinal o custo desse tipo de produto estÁ mais relacionado ao que oferece e no projeto em sí, do que no custo gasto nos componentes. É possível comprar a mainboard e mais um Core i5 650 de 3.2GHz por cerca de U$ 250 dólares, valor razoÁvel para a base de um HTPC muito bom.

 

PRÓS
Perfeita para utilizar em um HTPC
O que existe de melhor em formato Mini-ITX (17x17cm)
Acabamento diferenciado powered by Gigabyte
Slot PCI Express 16x
USB 3.0, Áudio de 8 canais
Suporte as mesmas tecnologias encontradas em placas Micro/Standart-ATX da Gigabyte
CONTRAS
Faltou suporte a rede Wireless
Sem Conexões Sata 6GB/s
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.