ANÁLISE: Airis Navigation 3D D430

ANÁLISE: Airis Navigation 3D D430

O navegador D430, da série Airis Navigation 3D, traz os benefícios dos GPS da marca, com atualizações semanais e mais de 1300 cidades brasileiras mapeadas, além de diversas outras nos 67 países que a empresa abrange, tudo livre de mensalidades. Também possui conteúdos com localização de radares e lombadas eletrônicas, programação cultural em locais variados, transmissor de rÁdio FM e outras funções.


Vídeo com o resumo das funcionalidades do D430

O diferencial do D430 em relação aos demais aparelhos GPS da Airis é o suporte à televisão digital e, como os demais aparelhos da série Navigation 3D, o recurso de visualizar as construções em três dimensões, à medida que avança pelo mapa. Nas próximas pÁginas, o estudo completo deste aparelho que promete não apenas ser um guia para as pessoas que se deslocam pelas cidades, mas também um pequeno centro de entretenimento para passageiros entediados.

{break::Especificações}

O Airis D430 possui uma tela de 4,3 polegadas, um pouco menor que as de 5 presentes na série D500, caixas de som embutidas e saída para fones. Vem com dupla função: ser um bom GPS e um centro de entretenimento para possíveis caroneiros entediados.






Especificações técnicas

- Continua após a publicidade -

Mapas: 1300 cidades brasileiras, 366 auditadas. Mais de 1 milhão de pontos de interesse, com 65 mil classificados pelo Guia da Semana;
Navegação: Instruções através de voz, visualização em 3D e 2D, modo noturno.
Sistema operacional: Windows CE 5.0
Processador: MTK MT3351 468 MHz
Memórias: ROM-2G; SDRAM (DDR2) de 128MB
Tela: Touch Screen 4,3" TFT 16:9 480 x 272
Bateria: Ion Lítio RecarregÁvel
Cartões: Compartimento para Cartões SD/MMC de até 8G.
Receptores: TV digital
Transmissores: RÁdio FM
Vídeos: Reproduz arquivos em formato: ASF, AVI, WMV, 3GP, MP4, FLV, BMP, JPG, PNG, TXT
Som: Alto-falante integrado / saída para fone de ouvido

{break::Instalação}Por recomendação do manual, a primeira carga do GPS deve ser feita através do carregador residencial. Bi-volt e no novo formato padrão para tomadas brasileiras, não demanda nenhuma preocupação maior, como arranjar um estabilizador ou um adaptador para ligar na tomada. Após esta primeira carga, as demais podem ser feitas através de uma porta USB ou de um carregador automotivo, ambos inclusos na caixa do produto.

Conectando através do cabo USB em um computador com o sistema Windows 7 32 bits, o dispositivo foi automaticamente identificado, e é possível acessar os 2 Gb de memória interna. O CD que acompanha o GPS possui o manual e alguns aplicativos, como um gerenciador de backups para a memória do aparelho. A maioria é de pouco uso jÁ que o principal objetivo de conectar o D430 é armazenar arquivos na memória interna do GPS ou copiar os arquivos ali presentes.

Para ligar ao carro, não hÁ muito segredo. O D 430 pode ser fixado em um braço plÁstico com uma ventosa, incluso na caixa, que serve para fixar o o GPS no para-brisas. Também possui uma base plÁstica com uma fita adesiva, para quem prefere posicionar o aparelho no painel do automóvel.

As atualizações são feitas através do site da Airis e é preciso baixar dois ou três programas para instalar os novos dados no GPS, dependendo do sistema operacional utilizado no PC. São inseridos novos dados semanalmente, e não é preciso pagar nada para baixar as atualizações.

{break::Entretenimento}Televisão digital

A televisão digital é um diferencial do GPS em relação a outros modelos da Airis. Com suporte à tecnologia digital, a qualidade de recepção não é ruim através da antena do D430, sendo preciso fazer uma varredura inicial para identificar os canais disponíveis. O receptor só aceita canais no padrão digital, ficando todos os da tecnologia analógica de fora. A imagem pode ser exibida em fullscreen, ou com todos os botões de configuração às laterais, e roda com qualidade suficiente para assistir aos programas de uma distância curta. Não é nada que impressione, sem grandes contrastes de cores ou muita definição. As caixas de som também têm potência suficiente para se acompanhar os programas da televisão, além de possuirem saídas para fone de ouvido. Inserindo um cartão de memória micro SD ou MMC, é possível gravar a programação, ou capturar snapshots.

- Continua após a publicidade -


Jogos

O Airis D430 possui seis jogos inclusos. Alguns clÁssicos como o Box Man, uma jogo idêntico ao famoso Box World, e dois jogos que dispensam apresentação: Snake e Tetris. A tela resistiva nem sempre facilita, mas é possível jogar. A qualidade não é algo surpreendente mas, assim como a televisão, podem ser uma boa saída para se ocupar, especialmente nos casos que não tenha nenhum outro recurso melhor para passar o tempo.




Multimídia

O GPS da Airis é capaz de abrir diversos formatos multimídia, como vídeos, imagens e texto. Nos vídeos, suporta formatos como ASF, WMV, AVI, MP4, 3GP e FLV. Também abre galeria de imagens nos formatos BMP, JPG e PNG. Em todos os casos, navegar pelos arquivos é um pouco confuso e a tela resistiva volta a incomodar, especialmente nos momentos em que precisamos usar a barra de rolagem à direita.

- Continua após a publicidade -

O leitor de e-book incluso é bastante limitado, abrindo somente arquivos no formato TXT. É possível ajustar as cores do texto, o tamanho e o tipo da fonte para tornar a leitura mais agradÁvel.

O aparelho também possui um player de música, que suporta os formatos MP3 e WAV. Abriu os programas com facilidade, e é capaz de rodar as músicas em segundo plano, porém fica devendo alguma forma de controlar as músicas enquanto outros aplicativos estão abertos, obrigando o usuÁrio a fechÁ-los e abrir novamente o player.

Durante a transmissão via sinal de rÁdio, a qualidade das músicas decepcionou. Foram tentadas vÁrias frequências, porém em todas o som saiu distorcido, especialmente nos tons mais graves. Foi difícil encontrar os níveis adequados do volume do rÁdio do carro e do D430, para dar uma maior qualidade de Áudio, e ainda assim o som foi somente aceitÁvel. Na transmissão das instruções do GPS para o rÁdio do carro o problema não aconteceu, sendo as falas nítidas.

{break::Navegação #1}Ao abrir o software de navegação, surgem quatro opções na tela: "Procurar Endereço", onde o usuÁrio pode digitar um local para qual deseja ir, "Histórico" e "Favoritos", com lugares jÁ visitados e os marcados, e o "Procurar POI", que localiza tipos especiais de estabelecimentos ao longo da rota. No sistema, estão cadastradas mais de 1300 cidades brasileiras, sendo 366 aptas para a navegação veicular, ou seja, com dados completos sobre as vias como o sentido do trÁfego.

Na busca por endereço, o usuÁrio digita o endereço e, na medida em que estÁ especificando o local, o teclado vai limitando as teclas aos nomes restantes nas bases de dados, agilizando o preenchimento dos endereços. Ao chegar a poucos resultados disponíveis, o sistema fecha o teclado e exibe os nomes das possíveis ruas que o usuÁrio busca. Assim que uma rua é encontrada, surgem as opções para defini-la como uma dos favoritos, e outra para "navegar até o endereço", com o GPS desenhando a rota do ponto onde se encontra até o destino selecionado.

Para o trajeto ao longo da rota, pode ser visto no tradicional modo 2D e em um modo 3D com, inclusive, modelos das construções em três dimensões sendo exibidos em centros urbanos maiores, além de mostrar aclives e declives ao longo do mapa. Também possui um modo noturno, alternando para cores mais escuras, para não atrapalhar na direção durante a noite. Na maior parte do tempo, o GPS foi bastante preciso nas indicações, falhando em alguns poucos momentos, como por exemplo, determinar em qual rua o carro estava, quando as vias eram muito próximas.



{break::Navegação #2}O D430 possui mais de um milhão pontos de interesse cadastrados, com um acervo de estabelecimentos como restaurantes, hotéis, shoppings, casas de show, farmÁcias, médicos, oficinas, postos de gasolina, bancos, serviços, etc. O sistema cataloga esses pontos com subdivisões, sendo possível fazer buscas mais específicas, como restaurantes de comida chinesa, por exemplo.O sistema pode buscar pelos mais próximos do ponto onde a pessoa se encontra, por aqueles na proximidade de alguma região, ou indicar os que vão demandar o menor desvio para serem alcançados, ao longo de um trajeto. O GPS também possui uma lista de radares, e o usuÁrio pode incluir novos radares ao mapa.


Atualizações semanais, informações do Guia da Semana e alertas sobre radares

Como em outros modelos da Airis, no D430 é possível ter acesso a conteúdos do site Guia da Semana, portal especializado em catalogar atrações diversas como shows, programação de cinema, restaurantes, bares, entre outros. Os conteúdos são atualizados semanalmente, e assim como as atualizações dos mapas das cidades, não apresentam custos adicionais. O D430 possui informações sobre as atrações nas cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Brasília, Fortaleza, Campinas e Recife.

{break::Conclusões}A navegação no D430 é precisa e direta, com o aparelho apresentando as instruções de forma clara. Encontrar alguns recursos demanda um pouco de prÁtica, mas o sistema em geral é intuitivo e, apesar da tela touchscreen resistiva, não é difícil utilizar o aparelho, graças a botões grandes e imagens ilustrando as funções. A televisão digital cumpre bem o seu papel, apresentando qualidade suficiente para acompanhar a programação sem maiores problemas.

Incorporando as informações do Guia da semana, com mais de 65 mil estabelecimentos cadastrados, além da base do próprio Airis, com mais de um milhão de pontos, o D430 se torna uma boa referência não apenas para indicar trajetos entre pontos, mas também como um guia portÁtil das atrações turísticas e de locais necessÁrios ao dia a dia.

O desempenho em algumas funções adicionais foi fraco. Os players de música e de vídeos são rudimentares, assim como os jogos que são bastante simples, e alguns até mesmo estranhos. Faltou qualidade na transmissão do Áudio via FM para o sistema de som do carro, distorcendo os sons das músicas, mesmo em volumes baixos. O D430 não serve substituir o aparelho de som dos automóveis, mas cumpre bem seu papel como um aparelho de navegação, e como uma televisão digital portÁtil.

 

PRÓS
Bom na navegação
TV digital com qualidade
CONTRAS
Player de música e transmissão por FM ruim
Touchscreen resistiva dificulta alguns comandos
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.