ANÁLISE: Gigabyte 890GPA-UD3H

ANÁLISE: Gigabyte 890GPA-UD3H

HÁ alguns dias, publicamos a review da A890GXM-A Black Series da ECS, um bom modelo de placa mãe baseada no chipset AMD 890GX, que tem entre suas principais características o fato de vir com vídeo integrado.

Recebemos outra placa mãe para review utilizando esse mesmo chipset, agora o modelo 890GPA-UD3H da Gigabyte, que tem como principal diferença sobre o modelo da ECS o fato de vir com conexões USB 3.0.

Agora uma pergunta que muitos se fazem: existe diferença, na prÁtica, entre modelos de mesmo chipset, mas de marcas diferentes ou mesmo de mesma marca, mas com diferentes características? Iremos responder essa dúvida com essa review.

Gigabyte 890GPA-UD3H
A placa mãe 890GPA-UD3H da Gigabyte é um modelo muito atrativo que utiliza o chipset AMD 890GX. Entre suas principais características, vem com vídeo integrado baseado no chip Radeon HD 4290, com suporte a DirectX 10.1 e diversas opções de conexão, entre elas DVI e HDMI, muito bom para HTPC. Outra característica muito importante desse modelo, mesmo que ainda pouco utilizÁvel, é que ele vem com conexões USB 3.0 e, apesar de ainda não termos muitos "aparelhos/acessórios" baseados nessa conexão, as portas USB podem carregar aparelhos que as portas USB 2.0 não conseguiam - como um iPad por exemplo.

Principais características:
- Suporte a processadores socket AM3 Phenom II de 140w
- Suporte a memórias DDR3
- Tecnologia Hybrid Crossfire
- Vídeo integrado baseado no chip Radeon HD 4290 com suporte a DirectX 10.1
- 4 Conexões de vídeo diferentes (D-sub(VGA), HDMI, DVI e Display port)
- Áudio de alta definição de 7.1 canais
- Suporte a SATA 6GB/s
- Suporte a USB 3.0
- Tecnologia para carregar aparelhos USB com o PC desligado


{break::AMD 890GX}

{template::1}

{break::Fotos}Abaixo uma série de fotos da placa mãe. O acabamento como podem ver é de primeira, alias, todos as mainboards da Gigabyte para segmento TOP se destacam por isso. Senti a falta de botões de power e reset na própria placa, mas como poucos utilizam sistemas abertos, não faz grande diferença.

BIOS
Diferente da BIOS da placa A890GXM-A da ECS, que utiliza esse mesmo chipset, a BIOS da 890GPA-UD3H da Gigabyte possui controles mais avançados, tornando-se uma opção melhor para quem deseja ter maior controle, principalmente para usuÁrios que queiram overclockar o sistema.

{break::MÁquinas/Softwares utilizados}Fizemos testes com Winrar, SiSoftware Sandra 2010, CineBench, 3DMark Vantage e com o game "Tom Clancy´s H.A.W.X", que possui suporte a DirectX 10.1.

Nessa review não fizemos os testes de Hybrid Crossfire, mas caso queira detalhes a respeito, basta ver a review da placa A890GXM-A, jÁ que ambas possuem resultados semelhantes na prÁtica, como poderão acompanhar a seguir, sendo que colocamos as duas lado a lado nos testes.

MÁquinas utilizadas nos testes:
- Processador AMD Phenom II X4 965 BE @ 3.4 GHz
- Memórias 4 GB DDR3-1600MHz G.Skill Trident
- HD 1TB Sata2 Wester Digital
- Fonte XFX 850W

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 64 Bits com Updates
- ATI Catalyst 10.4

Aplicativos/Games:
- WinRAR 3.93
- Sandra Lite 2010c (16.41)
- CineBENCH 11.5
- Tom Clancy´s H.A.W.X

CPU-Z e GPU-Z
Confira abaixo telas do CPU-Z e GPU-Z, mostrando algumas das principais características da placa e sistema.


{break::Winrar, Sandra, CineBench}WinRAR
Como vemos abaixo, temos um teste mostrando o que acontece em modelos de placa que utilizem "chips" semelhantes: empate técnico.

Os 25 pontos não representam diferença alguma na prÁtica. Esse resultado deve se repetir nos testes a seguir.

{benchmark::683}

SiSoftware Sandra 2010
Mudamos o aplicativo de testes. Mas como era de se esperar, não temos mudanças nos resultados. Só não podemos afirmar que os resultados são idênticos, porque os números mostram uma pequena diferença (mas imperceptível na prÁtica).

{benchmark::684}

CineBENCH 11.5
Com o teste de renderização de imagem pelo processador, novamente um empate técnico, ambos os modelos ficam colados.

{benchmark::685}

{break::3DMark Vantage, H.A.W.X}3DMark Vantage
Aqui temos um "porém". Como vemos abaixo, novamente os resultados apresentam um empate técnico. Mas isso só aconteceu porque alteramos uma opção padrão da mainboard da ECS, que colocava um número menor de memória para o vídeo. Consequentemente, tínhamos uma pequena mudança na prÁtica, pouco notada, mas existia. Assim que colocamos a placa no mesmo padrão de memória disponível para o vídeo, os resultados, como nos demais testes, ficaram praticamente iguais.

{benchmark::686}

"Tom Clancy´s H.A.W.X"
Muda o teste, mas não os resultados. Como vemos abaixo com o game "H.A.W.X" temos novamente o que vimos nos outros testes.

{benchmark::687}

{break::Overclock}Diferente da placa mãe da ECS, esse modelo da Gigabyte estÁ melhor preparada para trabalhar quando o sistema estÁ overclockado, dando mais estabilidade ao sistema.

Colocamos o Phenom II 965 BE de 3.4GHz trabalhando a 4GHz sem nenhum problema na placa mãe da Gigabyte. Abaixo, a tela principal do CPU-Z e alguns testes comparando o sistema em stock e overclockado:


CineBENCH 11.5
Com o processador trabalhando a 4GHz, a melhora em cima do CineBench foi de cerca de 15%. Resultado muito bom, mostrando que softwares desse tipo estão entre os que conseguem melhores benefícios com sistemas overclockados, jÁ que o tempo de trabalho é reduzido de forma considerÁvel.

{benchmark::688}

3DMark Vantage
Com o 3DMark Vantage não temos nenhuma surpresa: a diferença é praticamente imperceptível. Afinal, esse teste utiliza mais processamento grÁfico e, no caso, o overclock foi feito em cima do processador.

{benchmark::689}

{break::Conclusão}Como destacamos na review, o modelo 890GPA-UD3H da Gigabyte estÁ entre as melhores opções do mercado com o chipset AMD 890GX, que vai agradar desde os usuÁrios mais leigos aos mais exigentes em overclock.

Seu acabamento é impecÁvel, como demais modelos TOP da Gigabyte, e é um dos grandes diferenciais desse modelo sobre outros modelos mais comuns, como sobre a A890GXM-A Black Series que testamos a dias atrÁs.

O fato de vir com conexão USB 3.0 também é um grande diferencial desse modelo sobre o da ECS, sendo que provavelmente teremos uma avalanche de produtos com suporte a essa conexão daqui por diante - e a placa jÁ estÁ preparada. Um outro detalhe interessante é o fato das conexões USB 3.0 carregarem aparelhos como iPad com o PC desligado. Vale destacar que outras mainboards possuem essa função, mas são limitadas a aparelhos que consomem pouca energia, em aparelhos mais "exigentes" como um iPad é possível apenas através de conexões USB 3.0.

Outro detalhe que frisamos é o fato desse modelo dar ao usuÁrio mais opções de controle na BIOS, que agradarÁ mais usuÁrios que procuram overclockar o sistema, sem contar que os componentes utilizados serem de primeira linha, que acabam "aguentando" situações mais complexas, como os overclocks mais altos.

Quanto ao preço, em cenÁrio internacional a Gigabyte 890GPA-UD3H estÁ custando na casa de U$ 139 dólares, enquanto o modelo ECS A890GXM-A estÁ custando U$ 119 dólares. Para alguns a diferença é pequena, para outros não, até porque ambas alcançam os mesmos resultados em desempenho, tirando o fato do modelo da Gigabyte ser mais indicada aos interessados em overclock, e por ter a conexão USB 3.0, que tende a ganhar muitos "aparelhos" daqui por diante.

PRÓS
CONTRAS
Tags
amd
  • Redator: Redação

    Redação

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.