Publicidade

Placas de vídeo Intel Arc devem ter uma nova geração a cada ano

Série de GPUs Druid chegaria até 2025, trazendo promessa de competição no segmento high-end

26/11/2021 às 12:25 por Igor Pankiewicz
Reportar erro
Publicidade

25/11/2021 às 15:40
Notícia

DLSS da NVIDIA agora está disponível para Proton 6.3-8 no Linux

Valve também confirmou suporte para 24 novos jogos no Proton

O lançamento de novas gerações de placas de vídeo a cada ano era praticamente uma regra no mercado de GPUs, tanto para a NVIDIA quanto para a AMD. O ritmo de novidades passou por uma desaceleração recente, por conta da pandemia da COVID-19, que impactou diretamente a cadeia de produção dos componentes. 

Publicidade

Ainda assim, tudo indica que a Intel seguirá a rota clássica com a sua série Intel Arc de GPUs, com uma nova geração por ano pelo menos até 2025. 

Quem corrobora essa informação é Bryce, advogado de comunidade da Intel Arc. Em uma resposta a uma brincadeira no Twitter, que dizia "2025: RTX 6090 Super consumindo 800 W", ele afirmou que "se tudo correr bem, isso será quando a Intel ARC Druid será lançada", apontando a placa como uma alternativa no segmento high-end.

Vale lembrar que a série Intel Arc de placas de vídeo foi anunciada em um roadmap com 4 gerações: Alchemist, Battlemage, Celestial e Druid, contudo sem apontar datas a partir da segunda geração. 

A primeira geração (Alchemist) tem lançamento previsto para o primeiro trimestre de 2022 - possivelmente chegando já na CES, com alguns anúncios limitados a modelos de notebooks, seguidos pelos lançamentos das versões Desktop a partir de fevereiro ou março, como noticiamos aqui no Adrenaline

Publicidade

Para 2023, seria a vez da série Battlemage, que utilizará a arquitetura gráfica Xe2 HPG. A geração de 2024 seria a Intel Arc Celestial, com arquitetura Xe3 HPG. Já a versão Druid, em 2025, será uma grande mudança de chip, trazendo uma nova arquitetura Xe Next. 

O que vem depois do Druida?

Ainda é cedo para prever o que acontecerá no mercado de GPUs até o ano de 2026. Há grandes desafios pelo caminho, como cripto mineração, escassez de componentes e a escalada dos preços, que parece não ter fim. 

Por isso, a entrada da nova concorrente Intel no segmento pode trazer investimentos importantes em novas fábricas para a produção de chips, além de uma maior competitividade, algo que, como via de regra, favorece os consumidores. 

A Intel já parece estar dando seus primeiros passos no que diz respeito ao projeto das suas futuras GPUs. No Twitter, a empresa faz até teasers, perguntando qual deve ser o nome da geração E, deixando clara a sua intenção em continuar com a mesma nomenclatura ainda pelos próximos anos. 

{conteudo_central::72124}

Fonte: Twitter/Bryce_GfxDriverGuru
Publicidade
Assuntos
Games Hardware Intel Notícias Nvidia PC Games
Tags
intel placas de vídeo nvidia amd
CLIQUE PARA COMENTÁRIOS

CONTEÚDOS RELACIONADOS

Radeon RX 6500 XT em PCIe 3.0: vai DAR RUIM no gameplay?

Benchmark vazado mostra GeForce RTX 3050 com desempenho bem próximo a GTX 1660 Ti

NVIDIA aumenta preços das GPUs GeForce RTX 30 na Europa

Vendas de dispositivos AR e VR dobrou nos Estados Unidos em 2021

NVIDIA GeForce GT 1010 aparece em benchmark depois de um ano de lançamento

Publicidade